O modelo tarifário de financiamento do transporte público e o volume de passageiros em São Paulo/ The fare model for financing public transportation and the volume of passengers in São Paulo

André Doca Prado

Abstract


Carvalho e Pereira (2011) alertam para as deficiências do modelo tarifário como principal forma de financiamento do transporte público. Tais autores articulam uma série de variáveis e afirmam que, especialmente em momentos de crise, quando não há crescimento da renda, o modelo tarifário poderia criar um ciclo vicioso, expulsando passageiros pagantes do sistema de ônibus e forçando um novo aumento tarifário, não em função de um aumento dos custos de tal sistema, mas da diminuição do número de passageiros que rateiem seu custo. Com a desaceleração econômica que se observa a partir de 2013, o presente estudo pretende fazer uma avaliação das variáveis mais importantes para a política tarifária do transporte público coletivo de passageiros para a cidade de São Paulo, entre 2000 e 2016, sob ótica de Carvalho e Pereira (2011).


Keywords


Transporte Público, Tarifa de Ônibus, Volume de passageiros, São Paulo.

References


BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades: São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2017.

______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor. Disponívelem:. Acesso em: 15 maio 2017.

______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Mensal de Emprego. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2017.

______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Contagem da População. Rio de Janeiro, 2007. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2017.

CARRUTHERS, Robin; DICK, Malise; SAURKAR, Anuja. “Affordability of public transport in developing countries”. Washington DC: World Bank Publications, Transport Papers TP3, Jan. 2005.

CARVALHO, Carlos Henrique Ribeiro de. “Nota técnica Nº9: O Uso da CIDE Para Custeio do Transporte Público Urbano (TPU)”. Brasília: IPEA, 2016. Disponível em: . Acesso em 17 maio 2017.

CARVALHO, Carlos Henrique Ribeiro de; PEREIRA, Rafael Henrique Moraes. “Texto para Discussão Nº 1595: Efeitos da variação da tarifa e da renda da população sobre a demanda de transporte público coletivo urbano no Brasil.” Brasília: IPEA, 2011. Disponível em: . Acesso em: 17 maio 2017.

__________. “Texto para Discussão Nº 1803: Gastos das Famílias Brasileiras com Transporte Urbano Público e Privado no Brasil: Uma Análise da POF 2003 e 2009.” Brasília: IPEA, 2012. Disponível em: . Acesso em: 17 maio 2017.

CARVALHO, Carlos Henrique Ribeiro de; GOMIDE, Alexandre; PEREIRA, Rafael Henrique Moraes; et al. “Nota Técnica Nº 2: Tarifação e financiamento do transporte público urbano.” Brasília, IPEA, 2013. Disponível em: . Acesso em: 17 maio 2017.

EMTA. European Metropolitan Transport Authority. Barometer – 2015. 11th edition. Madrid, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2017.

SÃO PAULO. Prefeitura Municipal. Secretaria Municipal de Mobilidade e Transporte. Passageiros Transportados. Disponível em: . Acesso em: 17 maio de 2017.

______. Lei nº 13.241 de 12 de dezembro de 2001. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2017.

______. Dados abertos. Detalhamento da Planilha Tarifária. Disponível em: . Acesso em: 14 maio de 2017.

______. Transportes São Paulo S.A. Relatório completo e detalhado do sistema de transporte público – RECEITAS E DESPESAS. Disponível em: . Acesso em: 14 maio de 2017.

______. Transportes São Paulo S.A. Tarifas. Disponível em: . Acesso em: 14 maio de 2017.

RIBEIRO, Giovani Espindola. Transporte Público Como Direito Social: regulação e financiamento do transporte por ônibus municipal em São Paulo de 1988 a 2015. Instituto de Economia. Campinas, IE/UNICAMP, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-474

Refbacks

  • There are currently no refbacks.