Estudo de paradas não planejadas em uma máquina recravadeira para redução de perdas no processo/ Study of unplanned stops in a regrinding machine to reduce losses in the process

Adriana de Souza Guimarães, Flávio Cristiano da Nóbrega Guedes, Nilson José da Costa, Saulo de Moraes Garcia Júnior

Abstract


O presente trabalho teve como proposta a analisar as perdas de processo por paradas não planejadas em uma máquina recravadeira de latas em uma linha de produção de embalagens metálicas. Na busca pelo método mais adequado para abordar o problema, optou se pelo método DMAIC, devido a simplicidade e eficácia na estruturação e resolução dos problemas. Juntamente com a metodologia DMAIC, que utilizou como ferramentas complementares na análise e propostas de soluções, Gráficos de Tendência, Estratificação de paradas, Matriz de Priorização, Diagrama de Pareto, Método 5W1H e análise de cinco por quês. O alcance dos resultados só foram possíveis devido a contribuição das pessoas envolvidas no projeto, resultados estes que foram significativos tantos para os colaboradores envolvidos quanto ao processo e máquina aplicada. Com a implementação das melhorias propostas foi possível a redução de paradas não planejadas de 41,32 horas/mês para 5,60 horas/mês, impactando diretamente em uma redução de custos no processo de fabricação de latas, tendo como ganhos indiretos o melhor controle operacional dos processo envolvidos, padronização de atividades operacionais e uma redução significativa nas perdas de processo e nos ajustes realizados nas máquinas.


Keywords


Paradas não planejadas, DMAIC, perdas de processo.

References


ABEAÇO,2018. Como são produzidas as latas de aço. Disponível em < http://www.abeaco.org.br/latastexto.html> Acesso em 13/11/2018

AGUIAR, S. Integração das ferramentas da qualidade ao PDCA e ao programa Seis Sigma. Belo Horizonte: Editora DG, v.1, 2002

ALVAREZ, R. R. Desenvolvimento de uma análise comparativa de métodos de identificação, análise e solução de problemas. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado em Engenharia de Produção. 1996.

ALVES, P. S. Análise dos fatores de influência na escolha da embalagem para refrigerante. Caderno UniFOA. Abril, 2014.

ANDRADE, J. J. O. Estudo de caso da aplicação do indicador de eficiência global de equipamentos (OEE) para diagnóstico e melhoria de produtividade em uma linha de produção automotiva. ENEGEP. Salvador BA, BR. 2009.

BAUER, J.E.; DUFFY, G.L.;WESTCOTT,R.T. The Quality improvement handbook. EUA: ASQ, 2002.

BOHN, R. Stop fighting fires. v.78, p. 82-92. Boston: Harvard Business Review, 2000.

Bundchen C.; Lucini F. R; Werner, L. aplicação da metodologia seis sigma em uma empresa de distribuição de energia da região sul do Brasil ENEGEP Fortaleza, CE, Brasil, 2015.

CAMPOS, F. A. L. Uma investigação sobre a solução de problemas a partir da experiência sobre do CCQ: análise da teoria e da prática. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais. Dissertação de Mestrado em Engenharia de Produção. 2004.

CAMPOS, V. F. Controle da qualidade total (no estilo japonês). Belo Horizonte: Fundação Christiano Ottoni, Escola de Engenharia da UFMG, 1992.

CHRISTOPHER, M. Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. 4ª Ed. Cengage Learning. São Paulo: 2012.

CLETO, M.G. Gestão de projetos através do dmaic: um estudo de caso na indústria automotiva. ABEPRO. Universidade Federal do Paraná – PPGEP/UFPr. 2011.

DAL’CORTIVO, Z. Aplicação do controle estatístico de processo em sequências curtas de produção e análise estatística de processo através do planejamento econômico. Engenharia da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2005.

DEZORZI, M. Ferramentas da Qualidade aplicadas à gestão de recursos humanos: a transformação do profissional no RH em Parceiro Estratégico do Negócio. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2010.

FABRIS C. B. Aplicação das ferramentas da qualidade em um processo produtivo em uma indústria de ração. Medianeira, 2014.

FERREIRA, A. R.; Ferreira P. R. Implantação da metodologia seis sigma para melhoria de processo, utilizando o ciclo o DMAIC. ENEGEP. 2015.

FLEMMING, D. A. Seis sigma um estudo aplicado ao setor eletrônico. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado em Engenharia de Produção. 2003.

GALUCH, L. Modelo para implementação das ferramentas básicas do controle estatístico do processo-CEP em pequenas empresas manufatureiras. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

GARVIN, D. A. Construindo a organização que aprende. In Gestão do Conhecimento: On Knowledge Management. Série Harward Business Review Book. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

GHINATO, P. (1996) – Sistema Toyota de Produção – Mais do que simplesmente Just-In-Time. Editora da Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul.

GHOSH, M.; SOBEK, D. Effective metaroutines for organizational problem solving. Mechanical and Industrial Engineerinr Department, Bozeman, 2002.

ISHIKAWA, K. Controle da qualidade total: a maneira japonesa. Rio de Janeiro: Campus,1993.

KAMADA, S. Como Operar um “Andon”. Disponível em: < http://www.lean.org.br/ comunidade/artigos/pdf/artigo_36.pdf > Acesso: 18 nov. 2015.

KANASHIRO, M. A. Análise do sistema de abastecimento das linhas de montagem de uma fábrica de eletrodomésticos / M.A. Kanashiro. – São Paulo, 2003. 106p.

LOBOS, J. Qualidade através das pessoas. São Paulo: J.Lobos, 1991.

MACHADO, L. G. Aplicação da metodologia PDCA: Etapa P (Plan) com suporte das ferramentas da qualidade. 48 f. Monografia (Título em Engenheiro de Produção), Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2007.

MEIRELES, M. Ferramentas administrativas para identificar, observar e analisar problemas nas organizações com foco no cliente. São Paulo: Arte e Ciência, 2001.

MOREIRA, D. A. Administração da Produção e Operações. 5 ed. São Paulo: Pioneira, 2000.

MPMA, 2015. How a three-piece welded food can is made. Disponível em < http://www.mpma.org.uk/pages/data/3piecedrinkscanlores.pdf> Acesso: 13/11/2018.

OHNO, T. O Sistema Toyota de Produção: Além da Produção em Larga Escala. Porto Alegre: Editora Bookman, 1997.

OLIVEIRA, M. A. F. Gerenciamento de riscos em processos de gestão de segurança da informação baseado no modelo DMAIC. ENEGEP.Salvador, BA, Brasil, 2009.

PALADY, P.; OLYAY, N. The status quo’s feilure in problem solving. v.35 n.8 Milwaukee: Quality Progress, 2002.

PIVA, A. C. Utilização do princípio 80/20 como fonte de vantagem competitiva.

Universidade do extremo sul catarinense – UNESC. 2006.P.26

REICHERT, C. Estudo e padronização dos processos de gestão das secretárias da pós-graduação lato sensu em uma instituição de ensino superior. Belo Horizonte 2011.

RENO G. W. S. Aplicação das ferramentas da qualidade para redução na quebra de prendedores de roupa em uma empresa de injeção de plásticos. Fortaleza, CE, Brasil, 2015.

RIANI, A. M. Estudo de Caso: O Lean Manufacturing Aplicado na Becton Dickinson [Minas Gerais] 2006 XLIV, 44 p. 29,7 cm (Faculdade de Engenharia, B.Sc.,Engenharia de Produção, 2006) Tese - Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF.

ROTONDARO, Roberto G. 2002. Seis Sigma - Estratégia Gerencial para a Melhoria de processos, Produtos e Serviços. São Paulo : Editora Atlas, 2002.

SCHROEDER, R. G., LINDERMAN, K., LIEDTKE, C., CHOO, A. S. Six sigma:

definition and underlying theory. Journal of Operations Management, v. 26, n. 4, p. 536-554, 2007.

SCHUMACHER, Alexandre José. Padronização de Processos Produtivos (gestão da Qualidade Total – TQC), a Busca pela Confiabilidade e Maior Competitividade no Mercado, e, seus Reflexos Sociais. UNIOEST/Campus de Toledo, 2000.

SEVEGNANI, G. Sistema de monitoramento de paradas de máquina em uma linha de usinagem - UM ESTUDO DE CASO. ENEGEP, 2010.

SILVA, F. F. ; Rainha, D. A.; Oliveira, O. J. Procedimentos para identificar produtos de alto faturamento e baixa lucratividade utilizando a metodologia seis sigma: uma ferramenta para a competitividade. Fortaleza, CE, Brasil, 2015.

SIMÕES, M. Q. M. Proposta para Desenvolvimento de Dispositivos de Prevenção Contra Falhas em Serviços. Porto Alegre, RS, Brasil, 2005.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da produção.

Segunda edição. São Paulo: Atlas, 2002.

SUZUKI, Tokutaro – TPM in Process industries. Portland, USA: Produtivity Press, 1994.

TERNER, G. L.K. Avaliação da aplicação dos métodos de análise e resolução de problemas em uma empresa metal – mecânica. Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção. Porto Alegre, RS. UFRS. 2008.

Webstaurantstore, 2015. Types of food cans and food can sizes guide. Disponível em Acesso: 13/11/2018.

WERKEMA, M. C. C. Criando Cultura Seis Segmas - Serie Seis Sigmas Volume 1 -– WerkeMestrado em ma Editora. 2004




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-453

Refbacks

  • There are currently no refbacks.