Sustentabilidade, ética e responsabilidade social nas organizações: uma reflexão teórica / Sustainability, ethics and social responsibility in organizations: a theoretical reflection

Lívia Ferreira Neves, Samuel Carvalho de Benedicto, Josias Jacintho Bittencourt, Daniella Ribeiro Pacobello

Abstract


Este ensaio teórico trata da relação entre sustentabilidade, ética e responsabilidade social no contexto empresarial. A sustentabilidade se tornou presente na história humana desde o momento em que houve a consciência de que os recursos naturais são finitos e que a exploração do homem era tão intensa que não respeitava a sua regeneração, resultando nos primeiros estudos sobre manejo florestal. Destas primeiras reflexões, o conceito teve evoluções e hoje é apresentado através da palavra sustentabilidade, sendo a sua importância ressaltada em eventos internacionais, que aproximaram dados científicos sobre crises ambientais com a comunidade em todas as suas esferas. Já as empresas são elementos fundamentais da comunidade, provedoras de empregos, impostos e impactos sociais e ambientais. Pela importância econômica que possuem, maior até que de alguns países, têm sido cobradas pelos diferentes stakeholders quanto ao seu comprometimento com a sustentabilidade, o que engloba também ações relacionadas ao comprometimento social, tendo a ética como princípio. Esta cobrança demanda que as empresas se posicionem e alinhem seu propósito econômico com o engajamento social. Caso contrário, correm sérios riscos de não se manterem ativas no mercado. Esta relação exige atenção para que não haja inversão de valores quanto a real obrigatoriedade de garantir o bem comum.


Keywords


Sustentabilidade, Ética Corporativa, Responsabilidade Social Corporativa.

References


ABRAMOVAY, R. Muito Além da Economia Verde. São Paulo: Abril, 2012.

AZIM, M. T. Responsabilidade social corporativa e comportamento do funcionário: Papel mediador do compromisso organizacional. Revista Brasileira de Gestao de Negocios, v. 18, n. 60, p. 207–225, 2016.

BARAIBAR-DIEZ, E.; LUNA SOTORRÍO, L. O efeito mediador da transparência na relação entre responsabilidade social corporativa e reputação corporativa. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 20, n. 1, p. 5–21, 2018.

BERKOWITZ, E. N. et al. Marketing. Rio de Janeiro: LTC, 2003.

BERTONCELLO, S. L. T.; JÚNIOR, J. C. A importância da Responsabilidade Social Corporativa como fator de diferenciação. Facom, v. 17, p. 70–76, 2007.

BM&FBOVESPA. Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). 2018. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2018.

BOFF, L. Sustentabilidade: O que é - O que não é. 4° ed. Petrópolis: Vozes, 2016.

CEBDS - Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável. Quem Somos. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2019.

ETHOS - Instituto Ethos. O Instituto. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2019.

EXAME. Guia EXAME de Sustentabilidade analisa empresas brasileiras. 2017. Disponível em: . Acesso em: 01 fev. 2019.

FORMENTINI, M. Responsabilidade social e marketing social – transformando conceitos e práticas. Desenvolvimento Em Questão, v. 2, n. 3, p. 179-189, 2004.

FRANCISCO, B. S. C.; SILVA FILHO, C. F.; FERRARI, V. E. Responsabilidade social: A experiência das firmas brasileiras de alimentos e bebidas. Brazilin Journal of Developmente, Curitiba, v. 6, n. 8, p. 62333-62346, ago. 2020.

FRIEDMAN, M. Does business have a social responsibility? Bank Administration, Apr. 1971.

GALBRAITH, J. K. A economia das fraudes inocentes. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

GALINDO, C. Quando as empresas são mais poderosas que os países. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 maio 2019.

GONÇALVES-DIAS, S. L. F.; TEODÓSIO, A. S. S.; BARBIERI, J. C. Desafios e perspectivas da sustentabilidade: caminhos e descaminhos na gestão empresarial. In: Encontro Internacional sobre Gestão Ambiental e Meio Ambiente, 9., São paulo, 2007. Anais..., São Paulo: Engema, 2007.

GVCES - Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas. Um Olhar Territorial para o Investimento Social Corporativo: Princípios e Diretrizes. São Paulo: GVces, 2018.

IISD - The International Institute For Sustainable Development. Sustainable Development Timeline. 2012. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2018.

JESUS, T. A.; SARMENTO, M.; DUARTE, M. Ética e Responsabilidade Social. Dos Algarves: A Multidisciplinary e-Journal, v. 29, n. 2017, p. 3–30, 2017.

LARUCCIA, M. M.; CATALDO, F. N. Ética e Responsabilidade Social nas Organizações. Pensamento & Realidade, v. 19, p. 59-74, 2006.

MATHIS, A. A.; MATHIS, A. Responsabilidade social corporativa e direitos humanos: discursos e realidades. Revista Katálysis, v. 15, n. 1, p. 131–140, 2012.

MIRANDA, G. R. O. Responsabilidade social em entidades de ensino no distrito federal. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 8, p. 55692-55831 ago. 2020.

MMA - Ministério do Meio Ambiente. Histórico Mundial. 2019. Disponível em: . Acesso em: 05 maio 2019.

OMETTO, M. P.; BULGACOV, S.; MAY, M. R. A Efetividade dos Estrategistas da Responsabilidade Social Empresarial. Organizações & Sociedade, v. 22, n. 74, p. 423–441, 2015.

ONU - Organização das Nações Unidas - Secretary-General Proposes Global Compact on Human Rights, Labour, Environment, in Address to World Economic Forum in Davos: Press Release. 1999. Disponível em: . Acesso em: 02 maio 2019.

ONU - Organização das Nações Unidas. Conheça a ONU. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2019a.

ONU - Organização das Nações Unidas. Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Disponível em:. Acesso em: 05 maio 2019b.

PACTO GLOBAL. A iniciativa. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2019a.

PACTO GLOBAL. No Brasil. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2019b.

PONTES, A. V. V. et al. A caracterização da ética empresarial como instrumento de estratégia de negócio. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 4, n. 2, p. 312-334, abr./jun. 2018.

RICO, E. D. M. A responsabilidade social empresarial e o estado: uma aliança para o desenvolvimento sustentável. São Paulo em Perspectiva, v. 18, n. 4, p. 73–82, 2004.

SCHROEDER, J. T.; SCHROEDER, I. Responsabilidade Social Corporativa: limites e possibilidades. RAE Eletrônica, v. 3, n. 1, p. 1–10, 2004.

SEN, A.; KLIKSBERG, B. As Pessoas Em Primeiro Lugar. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

UNCC - United Nations Climate Change. Process and meetings The Paris Agreement UNFCCC Nav Paris Agreement - Status of Ratification. 2019. Disponível em: . Acesso em: 05 maio 2019.

VASCONCELOS, S. S.; FILHO, M. A. N. Vantagem competitiva com a prática da responsabilidade social e sustentabilidade? Revista de Ciências Empresariais, v. 9, p. 201–218, 2008.

VEIGA, J. E. Para entender o desenvolvimento sustentável. 1. ed. São Paulo: Editora 34, 2015.

VIEIRA, G. Responsabilidade social e balanço social : prestação de contas à sociedade. Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 7, n. 19, p. 9–16, 2007.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-444

Refbacks

  • There are currently no refbacks.