O estágio supervisionado no curso de licenciatura em educação do Campo/Ciências da Natureza, do CAFS/UFPI: formando professores reflexivos / The supervised internship in the course of licensing in education of the Field/Natural Sciences, of CAFS/UFPI: forming reflective teachers

Ágata Laisa Laremberg Alves Cavalcanti, Marcones Ferreira Costa, Antonia Dalva França -Carvalho

Abstract


O presente estudo objetiva compreender o Estágio Supervisionado como lócus de formação de professores reflexivos, do curso de Licenciatura em Educação do Campo/Ciências da Natureza (LEDOC/CAFS/UFPI), à luz dos relatos de experiência desenvolvidos pelos alunos estagiários. O estudo está pautado na perspectiva metodológica de Gil (2008); nas concepções sobre o Estágio Supervisionado (PIMENTA; LIMA, 2004; TARDIF, 2002), nos estudos sobre professor reflexivo (GHEDIN; OLIVEIRA; ALMEIDA, 2015), além das legislações e do Projeto Político Pedagógico do Curso. Os dados da pesquisa surgem da análise dos relatos de experiência apresentados pelos alunos nas disciplinas de Estágio Supervisionado II e IV, e revelam que os futuros professores realizam uma reflexão sobre sua prática no Estágio, identificando as dificuldades encontradas nesse momento, bem como as possíveis soluções. Os relatos de experiência expressam, ainda, que, através da pesquisa, há uma ressignificação de suas práticas desenvolvidas no estágio.


Keywords


Estágio Supervisionado, Ledoc. Professor Reflexivo, Relato de Experiência.

References


BRASIL. Resolução n. 2, de 01 de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Diário Oficial da União, Brasília, DF, de 2 de jul. 2015. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file. Acesso em: 22 nov. 2020.

BRASIL. Decreto-lei nº 7352, de 04 de novembro de 2010. Dispõe sobre a política de educação do campo e o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária - PRONERA. Disponível em: htt://portal.mec.gov.br/docman/marco-2012-pdf/10199-8-decreto-7352-de4-de-novembro-de-2010/file. Acesso em: 22 nov. 2020.

BRASIL. Lei n. 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o Estágio de estudantes. 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11 788.htm. Acesso em: 30 out. 2020.

CARVALHO, A. M. P. de. Os Estágios nos cursos de licenciatura. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

CAVALCANTI, A. L. L. A.; FRANÇA-CARVALHO, A. D. Sistematização e operacionalização do estágio supervisionado na formação de professores a distância da UFPI. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 5, n. 5, p. 3522-3536, maio, 2019. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/1514. Acesso em: 20 nov. 2020.

FELDKERCHER, N. O Estágio na Formação de Professores Presencial e a Distância: a experiência do Curso de Matemática da UFPel. 2011. 139f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. (Coleção leitura). Disponível em: http://www.apeoesp.org.br/sistema/ck/files/4%20Freire_P_%20Pedagogia%20da%20autonomia.pdf. Acesso em: 25 out. 2020.

GHEDIN, E.; OLIVEIRA, E. S. de; ALMEIDA, W. A. Estágio com pesquisa. São Paulo: Cortez, 2015.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

KRASILCHIK, M. Prática de Ensino de Biologia. 3. ed. São Paulo: Harbra, 1996.

MARCELO GARCÍA, C. Formação de professores: para uma mudança educativa. Tradução: Isabel Monteiro. Porto, (PT): Porto, 1999.

MARQUES, M. O. A formação do profissional da educação. Ijuí: UNIJUI, 2000.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. 4. ed. Petrópolis, (RJ): Vozes, 2012.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, S. G. (org.) Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez, 2002. p.15-34.

PIMENTA, S. G. Pedagogia, ciência da educação? São Paulo: Cortez, 1996.

PIMENTA, S. G. O Estágio na formação de professores: unidade teoria e prática. São Paulo: Cortez, 1995.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

SALES, J.O. C. B. Identidade e fazer docente: dois motivos que se cruzam. LIMA, M. S. L. (org.) Aprendiz da prática docente: a didática no exercício do magistério. 2. ed. ver. e atual. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2004. p.89-96.

UFPI. Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal do Piauí. Projeto Pedagógico do Curso Graduação, Licenciatura em Educação do Campo. Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciaturas em Educação do Campo. Universidade Federal do Piauí. Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano, 2013.

VÁZQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. São Paulo: Expressão popular, Brasil, 2007.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-423

Refbacks

  • There are currently no refbacks.