Perfil sóciodemográfico da mortalidade em crianças menores de quatro anos vítimas de acidentes de transporte no Brasil / Sociodemographic profile of mortality in children under four years of age victims of transportation accidents in Brazil

Eliardo da Silva Oliveira, Aline Rodrigues Costa de Almeida, Camila Santana Morais, Jéssica Nayara da Silva Prado, Sabrina de Farias Cortes, Lorena Rodrigues de Carvalho, Luiza Guimarães Oliveira, Marisa Fernandes Seixas

Abstract


Traçar o perfil sóciodemográfico e de região de ocorrência dos óbitos por acidentes de trânsito em crianças menores de quatro anos entre nos anos de 2010 a 2015. Método: Trata-se de um estudo descritivo realizado com base em dados disponibilizados pelo Departamento de Informática do Sistema Único de saúde (Datasus), referentes aos óbitos de crianças de até quatro anos de idade, ocorridos no Brasil, entre os anos de 2010 a 2015 e apresentando os acidentes de transporte como causa da morte, estando classificado nos códigos do Capítulo XX (causas externas) da CID10, de V01 à V99.  Resultados: Foram registrados 3068 óbitos por acidentes de transporte em crianças menores de 4 anos no Brasil. No ano de 2010 foi registrado o maior número de 581 óbitos, enquanto que 2015 estes números declinaram a 444 casos (14,5%).  A região sudeste apresentou aumento entre os anos de 2010 a 2011, com diminuição nos anos consecutivos. Apesar da diminuição nos óbitos representa 29,8% do total do Brasil. Conclusão: A relevância desse estudo sobre os óbitos de crianças de um a quatro anos por acidente de transporte torna-se evidente, por ter uma alta incidência, no sexo masculino, na faixa etária de crianças de 1 a 4 anos, e na raça/cor branca, sendo que na região Sudeste teve o maior numero de casos, devido a sua grande densidade populacional.


Keywords


Mortalidade Infantil, Causas Externas, Acidentes de Trânsito, Perfil de Saúde.

References


- Gonçalves AC, Araújo MPB , Paiva KV, Menezes CSA, Silva AÉMC, Santana GO et al . Acidentes na infância: casuística de um serviço terciário em uma cidade de médio porte do Brasil. Rev. Col. Bras. Cir. 2019 46( 2 ): e2104. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010069912019000200150&lng=en. DOI: 10.1590/0100-6991e-20192104

- Simas VFC, Souza AS. Crianças hospitalizadas vítimas de acidentes na primeira infância. Revista Pró-UniverSUS. 2019 Jan./Jun; 10 (1): 25-28. Disponível em: http://editora.universidadedevassouras.edu.br/index.php/RPU/article/view/1633.

- Amaral JAR, Silva EC, Boulhosa FJS, Lima GM, Gonçalves KLP, Costa LRN et al. Perfil de crianças vítimas de acidente motociclístico internadas em hospital referência em trauma no estado do pará: região amazônica. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 14, n. 2, p. 466-480, ago./dez. 2016. Disponível em: http://periodicos.unincor.br/index.php/revistaunincor/article/view/2634 DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v14i2.2634

- Miranda NF, Basso AJM, Ballardin CA, Moreira FRH, Costa HCM, Antonucci AT. Traumas na infância: análise epidemiológica. Revista Ciência e Estudos Acadêmicos de Medicina – Número11. Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (Cáceres). 2019 jan.- jul. (p. 43-53). Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/revistamedicina/article/view/3125/3311.

- Medeiros WMC, Galvão CH, Guedes ISC, Carício MR, Macedo ÉMF, Ribeiro LM. - Perfil epidemiológico das vítimas de acidentes de trânsito atendidas num serviço público de emergência da região metropolitana de natal/rn. HOLOS, [S.l.], v. 7, p. 213-224, dez. 2017. ISSN 1807-1600. Disponível em: . DOI: 10.15628/holos.2017.4876

- Silva RA, Vieira CX, Nery AA, Abreu FS, Silva N A, Jesus LR. Mortalidade por causas externas em jovens no estado da Bahia. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online [Internet]. 2018 Jan 9; 10(1): 46-51. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/5975. DOI: 10.9789/2175-5361.2018.v10i1.46-51

- Freitas PM, Paixão TSA, Cavalcante JC, Alves WA, Correia DS. Mortalidade de Crianças por Acidentes de Trânsito. Revist. Port.: Saúde e Sociedade. 2018;3(2):817-830. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/nuspfamed/article/view/6236/4405.

DOI: https://doi.org/10.28998/rpss.v3i2.6236.

- Oliveira FKF, Prado LOM, Silva HS, Barreto ÍDC, Reis FP, Lima SO. Avaliação de mortalidade por causas externas em crianças e adolescentes: perfil epidemiológico em Sergipe. Volume 19, Número 6 ISSN 2447-2131 João Pessoa, 2019. Disponível em: http://temasemsaude.com/wp-content/uploads/2020/01/19611.pdf

- Silva LSR, Silva TA, Santos CM, Pereira LRS, Correia NS, Silva ACA. Mortalidade infantil relacionada a diversos tipos de acidentes por causas externas. Rev enferm UFPE on line., Recife, 11(Supl. 5):2098-105, maio., 2017. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1032455. DOI: 10.5205/reuol.9302-81402-1-RV.1105sup201715

- Silva M, Oyama SMR, Sanchez FFS. Dispositivos de segurança para crianças em veículos motorizados: Prevenção de morbi-mortalidade. Perspectivas Médicas, 27(2): 9- 15, mai/ago 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/2432/243249177003.pdf.DOI:10.6006/perspectmed.20160202.6453335241.

- Moreira MR, Ribeiro JM, Motta CT, Motta JIJ. Mortalidade por acidentes de transporte de trânsito em adolescentes e jovens, Brasil, 1996-2015: cumpriremos o ODS 3.6?. Ciênc. saúde coletivA. 2018 Sep; 23( 9 ): 2785-2796. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232018000902785&lng=en. https://doi.org/10.1590/1413-81232018239.17082018.

- Santos SPC, Lansky S, Ishitani LH, França EB. Óbitos infantis evitáveis em Belo Horizonte: análise de concordância da causa básica, 2010-2011. Rev. Bras. Saude Mater. Infant.. 2015 Dec; 15( 4 ): 389-399. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151938292015000400389&lng=en. https://doi.org/10.1590/S1519-38292015000400003.

- Silva AP, Tobias GC, Teixeira CC. Perfil dos óbitos infantis: um reflexo da assistência à saúde. Rev enferm UFPE on line., Recife, 13(4):973-80, abr., 2019. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/237731. DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v13i4a237731p973-980-2019

- Romero HSP, Rezende EM, Martins EF. Mortalidade por causas externas em crianças de um a nove ano. REME – Rev Min Enferm. 2016; 20:e958. Disponível em: https://cdn.publisher.gn1.link/reme.org.br/pdf/e958.pdf. DOI: 10.5935/1415-2762.20160027

- França EB, Lansky S, Rego MAS, Malta DC, França JS, Teixeira R et al . Principais causas da mortalidade na infância no Brasil, em 1990 e 2015: estimativas do estudo de Carga Global de Doença. Rev. bras. epidemiol. 2017 May ; 20( Suppl 1 ): 46-60. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2017000500046&lng=en. https://doi.org/10.1590/1980-5497201700050005.

- Leitão PA, Bezerra IMP, Santos EFS, Ribeiro SL, Takasu JM, Carlesso JL, Campos MF, Abreu LC. Mortalidade por acidentes de trânsito, antes e após redução da velocidade média de veículos automotores na cidade de São Paulo, Brasil, no período de 2010 a 2016. J Hum Growth and Development 2019 29(1): 83-92. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/jhgd/article/view/157755. http://dx.doi.org/10.7322/jhgd.157755

- Santos EP, Ferrari RAP, Bertolozzi MR, Cardelli AAM, Godoy CB, Genovesi FF. Mortalidade entre menores de um ano: análise dos casos após alta das maternidades. Rev. esc. enferm. USP. 2016 Junho; 50( 3 ): 390-398. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342016000300390&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420160000400003.

- Rizzo TSA, Merici G, Ribas M, Rodriguesc CL, Górios C. Perfil epidemiológico dos acidentes de trânsito entre crianças e adolescentes. Arq. Catarin Med. 2017 out-dez; 46(4):91-102. Disponível em: acm.org.br/acm/seer/index.php/arquivos/article/view/213/208.

- Zimmerman SF, Fraga AMA, Morcillo AM, Silveira NYJ, Antonio MARGM. Acidentes com crianças e adolescentes, segundo o Inquérito Sentinela. Rev Ciênc Med. 2018;27(3):115-124. http://dx.doi.org/10.24220/2318-0897v27n3a4315

- Miranda NF, Basso AJM, Ballardin CA, Moreira FRH, Costa HCM, Antonucci AT. Traumas na infância: análise epidemiológica. Revista Ciência e Estudos Acadêmicos de Medicina – Número11. Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (Cáceres). 2019 jan.- jul. (p. 43-53)

- Ghisi GC, Junior GD, Fachini JS, Júnior JRS, Santos TC. Perfil epidemiológico das internações por acidentes domiciliares em um hospital pediátrico da região sul do Brasil. Arq. Catarin Med. 2018 out.-dez; 47(4):29-38. Disponível em: http://www.acm.org.br/acm/seer/index.php/arquivos/article/view/344/296.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-411

Refbacks

  • There are currently no refbacks.