Design de ambientes, sustentabilidade e memória: um estudo sobre a aplicação dos conceitos no projeto do Centro de Memória em Pedro Leopoldo/ Environment design, sustainability and memory: a study on the application of the concepts in the project of the Memory Center in Pedro Leopoldo

Letícia Hilário Guimarães, Nadja Maria Mourão, Rita de Castro Engler, Rodrigo Bicalho Mendes, Jéssica Marina Barbosa de Jesus

Abstract


A conservação da memória e o resgate das tradições, como as lembranças e experiências que as pessoas guardam, são hoje um dos maiores patrimônios existentes que podem contribuir para a sustentabilidade futura. Por meio deste trabalho, buscou-se compreender como o ambiente pode contribuir no resgate da cultura e memória, e entender em que medida este espaço e a sustentabilidade podem agregar valor à uma cidade. Cada local possui peculiaridades, mas todos possuem uma história sobre sua construção, seus marcos importantes, seus habitantes e cultura. Faz-se necessário entender o contexto e formas de conservar esta memória e também como estas recordações podem fazer-se presentes hoje e no futuro, fortalecendo aspectos sustentáveis, além de entender como o ambiente pode contribuir para que estas recordações e construções históricas eternizem-se, no espaço que a expresse. Foi efetuado um estudo de caso para entender a eficácia do assunto proposto. Como métodos, apresenta-se o embasamento teórico, que consta a revisão bibliográfica; e a etapa exploratória - visitas técnicas no local e em espaços similares, além de entrevistas com os moradores da cidade escolhida para o estudo de caso. Procura-se ainda entender a eficácia da associação entre o design e a sustentabilidade na conservação da memória e cultura por meio do ambiente.


Keywords


Design, Memória, Sustentabilidade, Território, Cultura.

References


BUARQUE, S. C. 2002. Construindo o desenvolvimento local sustentável – metodologia de planejamento. 4. ed. Rio de Janeiro: Garamond Universitária. 177 p.

BROWN, T. 2009. Change by design: how design thinking transforms organizations and inspires innovation. New York: Harper Collins Publishers.

CARDOSO, Natália Pizzetti, PEREIRA , Alice Theresinha Cybis.2011. Design de experiência como estímulo para o desenvolvimento de hipermidias voltadas a satisfação do usuário. RS.

DANTAS, D.; CAMPOS, A. 2006. Autonomia projetual: um novo olhar sobre as estratégias de ensino de metodologia de projetos em design. In: Revista Design em Foco, v. III n.2, jul/dez 2006.Salvador: EDUNEB, p. 129-141.

DZIOBCZENSKI, P. R. N., Lacerda, A. P., Porto, R. G., Seferin, M. T., Batista, V. J. Inovação. 2011. Através do Design: Princípios Sistêmicos do Pensamento Projetual. UFRGS.

FILHO, J. Issa. 2002. Coisas do Reino de Pedro Leopoldo 3 /. – Pedro Leopoldo: Editora Tavares. 352 p.

GARRETT, Jesse James. 2003. The elements of user experience: user-centered design for

web. New York: New Riders.

IBGE, 2010. Disponível em: www.ibge.gov.br/. Acesso em Junho 2013.

IIDA, Itiro.2006. MÜHLENBERG, Poema. O Bom e o Bonito em Design. 7° Congresso de Pesquisa & Desenvolvimento em Design. Paraná.

KRUCKEN, L. 2009. Design e Território: valorização de identidades e produtos locais. São Paulo: Studio Novel.

LOCKE, John. 1952. An essay concerning human understading. In: HUTCHINS, R. M. (Ed.) Great books of the western world: Locke, Berkeley, Hume. Chicago: William Benton. V.35, p. 85 – 395.

MARTINS, Marcos Lobato. 1994. Pedro Leopoldo: memória histórica. Câmara Municipal de Pedro Leopoldo. Belo Horizonte: Personal Editora Gráfica.

__________. 2006. Pedro Leopoldo: memória histórica. Câmara Municipal de Pedro Leopoldo. 2ª edição e ampliada. Pedro Leopoldo.

MELO FILHO, Álvaro de. Designing Marketing. Fragmentos de Cultura, Goiânia, v.19, n. 3/4, p. 307-324, mar./abr. 2009. Disponínel em: seer.ucg.br/ index.php/fragmentos/article/viewFile/994/696

MORAES, D. de. 2006. Metaprojeto: o design do design. In: CONGRESSO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM DESIGN, 7, Curitiba, 2006. Anais... Curitiba, p. 1-6.

MOURÃO, Nadja M.; OLIVEIRA, Ana Célia C. Memória afetiva e o artesanato religioso em Minas Gerais. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.2, p. 14261-14278 feb. 2021.

MOURÃO, Nadja Maria. Sustentabilidade na produção artesanal com resíduos vegetais: Uma aplicação prática de design sistêmico no cerrado mineiro. BH.

PASTORI, Douglas Onzi, MERKER, Fábio, LOPES, Joeline Maciel, SEZERA, Juliano, MONTAÑA, Misael Paulo, VISONÁ, Paula Cristina, BALEM, Tiago. 2009. Strategic management process design e o pensamento sistêmico: a emergência de novas metodologias de design. Porto Alegre, RS.

POTTER, N. 1999. Qué es un diseñador: objetos, lugares, mensajes. Buenos Aires: Paidós.

Prefeitura Municipal de Pedro Leopoldo, 2005. Inventário Turístico/Plano Diretor. Pedro Leopoldo.

SÁ, Alessandro de. 2012. Atlas Escolar simplificado do Município de Pedro Leopoldo. 1ª edição. Pedro Leopoldo, MG.

PRESTES, M. G. FIGUEIREDO, L. F. G.. UFRGS. 2011. Novas Perspectivas para o Design: Designers como Agentes de Desenvolvimento Local. Disponível em:http://www.pgdesign.ufrgs.br/designetecnologia/index.php/det/article/view/61. Acesso em Junho de 2013.

SBT.2013 - Disponível em: http://www.sbt.com.br/omaiorbrasileiro/fiquepordentro/. Acesso em Junho 2013.

SENGE, P. 1995. A Quinta Disciplina: caderno de campo - estratégias e ferramentas para construir uma organização que aprende. Rio de Janeiro, Qualitymark Ed., 544 p.

SMOLKA, Ana Luiza Bustamante. A memória em questão: uma perspectiva histórico-cultural. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v21n71/a08v2171.pdf. Acesso em Junho 2015

UFMG. 2013 - Disponível em: http://www.vet.ufmg.br/fazendas/exibe/1_20070314111050/. Acesso em Junho 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-391

Refbacks

  • There are currently no refbacks.