Lugares de Memória e o princípio da impessoalidade na administração pública/ Places of Memory and the principle of impersonality in public administration

Gilson José Julião

Abstract


Teremos o desafio nesta pesquisa de articular duas ciências que são o Direito e a História, pois, entendemos que as relações entre História e Direito podem dialogar, sendo o Direito um campo de pesquisa histórico e a História como contribuição ao avanço do Direito. A tarefa de articular o conceito de Lugares de Memória oriundo do campo historiográfico e o Princípio da Impessoalidade advindo do Direito Administrativo é nosso objeto de estudo e temos como objetivo discutir o surgimento de Lugares de Memória como um fato histórico e político que fere o Princípio da Impessoalidade. Com esta relação entre a Ciência Histórica e as Ciências Jurídicas é possível mapear as potencialidades da historiografia como campo de pesquisa do Direito (SILVA/2011) e neste contexto os Lugares de Memória poderão se tornar fontes de pesquisa para o campo jurídico. Para tanto, iremos, no decorrer deste, artigo demonstrar que esta articulação de duas ciências traz uma grande oportunidade de estudo sobre fatos históricos que influenciam no campo do Direito.

 


Keywords


Lugares de Memória, Direito Administrativo, Princípio da Impessoalidade.

References


AIRES, José Luciano de Queiroz. Inventando Tradições, Construindo Memórias: A “Revolução de 30” na Paraíba. João Pessoa, 2006. Dissertação (Mestrado) – UFPB/ CCHLA.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 26ªed. São Paulo: Editora Atlas, 2013.

FREITAS, Felipe Berté. Possibilidade de dialogo interdisciplinar entre história e direito: um estudo a partir da cultura e das relações de violência na região Norte do Rio Grande do Sul. Revista História e Cultura, v.4, n.3, 2015. ISSN 2238-6270, Franca, SP. Disponível em: https://ojs.franca.unesp.br/index.php/historiaecultura/article/view/1468 Acesso em: 04 nov. 2017.

JULIÃO, Gilson José. Cultura política em torno da figura de Padre Zuzinha em Santa Cruz do Capibaribe-PE (1968-1986). Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) – Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Educação, 2010.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de. Curso de Direito Administrativo. 15ªed. São Paulo: Malheiros, 2003.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 35ªed. São Paulo: Malheiros, 2003.

MENDES, Gilmar Ferreira; BRANCO, Paulo Gustavo. Curso de Direito Constitucional. 9ªed. São Paulo: Saraiva, 2014.

NORA, Pierre. Entre Memória e História: A Problemática dos Lugares. In: Projeto História. nº 10, 1993, p7-28.

OLIVEIRA, Rafael Carvalho Rezende. Princípios do direito administrativo. – 2. Ed. rev., atual. e ampl. – Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2013.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.396, de 04 de novembro de 2014. Denomina Complexo Turístico Portuário Governador Eduardo Campos, o conjunto constituído pelo Porto do Recife, Terminal de Passageiros, Museu Cais do Sertão e Centro de Artesanato de Pernambuco. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 05 de novembro de 2014. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2014/20141105/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20141105).pdf . Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.411, de 10 de dezembro de 2014. Denomina de Adutora do Agreste Governador Eduardo Campos, o Sistema Adutor de Abastecimento d'água do Agreste. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 11 de dezembro de 2014. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2014/20141211/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20141211).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.413, de 10 de dezembro de 2014. Denomina de Ramal Viário Governador Eduardo Campos, a via de acesso entre a BR-408 no Município de São Lourenço da Mata, e a Avenida Belmino Correia, no Município de Camaragibe. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 11 de dezembro de 2014. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2014/20141211/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20141211).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.431, de 23 de dezembro de 2014. Denomina de Empresa de Turismo de Pernambuco Governador Eduardo Campos - EMPETUR, a Empresa de Turismo de Pernambuco. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 24 de dezembro de 2014. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2014/20141224/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20141224).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.468, de 13 de abril de 2015. Denomina de Rodovia Governador Eduardo Henrique Accioly Campos o trecho da PE-310, que liga o Município de Custódia ao Município de Iguaracy, passando pelo Distrito de Quitimbu, em Custódia. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 14 de abril de 2015. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2015/20150414/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20150414).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.499, de 14 de maio de 2015. Denomina Teleférico Governador Eduardo Campos, o equipamento de mobilidade turística localizado no Município de Bonito. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 15 de maio de 2015. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2015/20150515/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20150515).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.559, de 25 de agosto de 2015. Denomina de Escola Técnica Estadual Governador Eduardo Campos, a Escola Técnica, no Município de São Bento do Una. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 26 de agosto de 2015. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2015/20150826/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20150826).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.617, de 14 de outubro de 2015. Denomina Escola Técnica Estadual Governador Eduardo Campos, a Unidade Estadual de Ensino Técnico do Município de São Lourenço da Mata. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 15 de outubro de 2015. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2015/20151015/1-

PoderExecutivo/PoderExecutivo(20151015).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.642, de 11 de novembro de 2015. Denomina de Adutora do Siriji Governador Eduardo Campos, a adutora do Distrito de Murupé, no Município de Vicência. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 11 de novembro de 2015. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2015/20151112/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20151112).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 15.964, de 23 de dezembro de 2016. Denomina de Rodovia Governador Eduardo Campos o trecho da PE 123, que oferece ligação rodoviária entre o Município de Sanharó ao Distrito de Xucuru, no Município de Belo Jardim, Agreste Pernambucano. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 24 de dezembro de 2016. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2016/20161224/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20161224).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Resolução da ALEPE Nº 1.465, de 28 de junho de 2017. Denomina de “Governador Eduardo Campos” o Plenário localizado no Edifício Miguel Arraes de Alencar. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Legislativo, Recife, 29 de junho de 2017. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2017/20170629/6-PoderLegislativo/PoderLegislativo(20170629).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 16.108, de 05 de julho de 2017. Denomina de Rodovia Governador Eduardo Campos, a rodovia PE-009, no trecho específico entre a Rodovia PE- 072/Praia dos Carneiros e a Rodovia PE-076/Tamandaré. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 06 de julho de 2017. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2017/20170706/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20170706).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

PERNAMBUCO. Lei Ordinária Nº 16.137, de 06 de setembro de 2017. Denomina de Hospital Geral Governador Eduardo Campos, o Hospital Geral do Sertão que virá a ser construído no Município de Serra Talhada, localizado no Sertão Pernambucano. Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Executivo, Recife, 07 de setembro de 2017. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2017/20170907/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20170907).pdf. Acesso em: 10 de outubro de 2018.

Portal PE10. Disponível em http://portalpe10.com.br/noticias/8018/em-serrita-paulo-inaugura-nova-sede-da-prefeitura-em-homenagem-a-eduardo-campos Acesso em: 11 de outubro de 2018.

RECFE. Lei Ordinária Nº 18.183, de 07 de dezembro de 2015. Denomina UPA Governador Eduardo Campos. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a1/pe/r/recife/lei-ordinaria/2015/1819/18183/lei-ordinaria-n-18183-2015-denominar-se-a-upinha-governador-eduardo-campos-a-upinha-localizada-na-rua-jacob-160-mangabeira-recife-pe?q=eduardo%20campos. Acesso em: 11 de outubro de 2018.

RECFE. Lei Ordinária Nº 18.200, de 28 de dezembro de 2015. Denomina Creche Escola Governador Eduardo Campos. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a1/pe/r/recife/lei-ordinaria/2015/1820/18200/lei-ordinaria-n-18200-2015-denominar-se-a-creche-escola-recife-governador-eduardo-campos-a-creche-escola-localizada-na-rua-vale-do-cariri-ur-5-ibura-recife-pe?q=eduardo+campos. Acesso em: 11 de outubro de 2018.

RECFE. Lei Ordinária Nº 18.216, de 11 de março de 2016. Denomina COMPAZ Governador Eduardo Campos. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a1/pe/r/recife/lei-ordinaria/2016/1822/18216/lei-ordinaria-n-18216-2016-denominar-se-a-compaz-governador-eduardo-campos-o-compaz-localizada-na-av-anibal-benevolo-s-n-alto-santa-terezinha-recife-pe?q=Eduardo+Campos. Acesso em: 11 de outubro de 2018.

SILVA, Jeanne. Relações entre história e direito: o direito como campo de pesquisa histórica e a história como contribuição ao avanço do direito. Projeto Histórico: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados de História, [S.1], v.41, ago. 2011. ISSN 2176-2767. Disponível em: https//revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/6552 Acesso em: 04 nov. 2017.

STF - RE: 1091879 CE - CEARÁ 0000291-18.2007.4.05.8103. Relator: Ministro EDSON FACHIN. DJ: 01/08/2018. JusBrasil, 2018. Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/608370787/recurso-extraordinario-re-1091879-ce-ceara-0000291-1820074058103. Acesso em: 14 set. 2018.

STJ. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.227.088 - MG 2009/0140275-8. Relator: Ministro Humberto Martins. DJ: 03/12/2009. JusBrasil, 2009. Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/6576201/ag-1227088?ref=topic_feed. Acesso em: 14 set. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-375

Refbacks

  • There are currently no refbacks.