Comissão de Controle de Infecção Hospitalar: Avaliação da Entrega da Documentação à Vigilância Sanitária / Hospital Infection Control Committee: Evaluation of Delivery of Documents to the Sanitary Surveillance

Valeriana de Castro Guimarães, Cyntia Rodrigues de Araújo Estrela, Dagoberto Luiz Susana Costa, Michelle da Costa Mata, Erica Tatiane da Silva

Abstract


Objetivo: Avaliar o cumprimento da Portaria 2616/98/MS pelos estabelecimentos de saúde do município de Goiânia, no que se refere à entrega de documentação relativa à CCIH à vigilância sanitária. Material e método: Estudo descritivo, desenvolvido junto à Divisão de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (DPCISS) do Departamento da Vigilância Sanitária de Goiânia. A população foi constituída por hospitais e clinicas que possuíam alvará sanitário e que ofereciam atendimento cirúrgico e internação, no município de Goiânia. Foram coletados dados sobre o estabelecimento de saúde - categoria (hospital ou clínica) e convênio (público, privado ou filantrópico) – e em relação à entrega da documentação exigida pelo DPCISS, referente ao ano de 2009 - Programa de Controle de Infecção Hospitalar (PCIH), relatório de indicadores de infecção e ata da reunião da comissão de controle de infecção (CCIH). Resultados: Em relação a documentação exigida pela DPCISS, do total de estabelecimentos avaliados, 24 (25,8%) dos hospitais e 11 (57,8%) das clínicas não entregaram nenhuma documentação. Conclusão: A análise dos resultados permitiu verificar que cada estabelecimento de saúde entrega a documentação de uma forma específica. Há uma diversidade na apresentação dos dados. Em alguns casos, fica subentendido que a elaboração dos documentos não foi adotada pelos responsáveis da CCIH.


Keywords


Infecção Hospitalar; Vigilância Sanitária; Serviços de Saúde; Assistência à Saúde.

References


Center For Disease Control – CDC. National Nosocomial Infection Study – NNIS. Manual, seção XIII, Maio 1994.

Martins MA, Franca E, Matos JC, Goulart EM. A Vigilância pós-alta das infecções de sítio cirúrgico em crianças e adolescentes em um hospital universitário de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública. 2008; 24 (5): 1033-41.

Sousa CMM, Alves MSCF, Moura MEB, Silva AO. Os direitos dos usuários da saúde em casos de infecção hospitalar. Rev. Bras. Enferm. 2008; 61 (4): 411-17.

Sousa CMM, Feitosa MS, Moura MEB, Silva AO. Representações Sociais das implicações legais da infecção hospitalar e de seu controle. Rev. Bras. Enferm. 2007; 60 (4):428-33.

Andrade GM. Custos da infecção hospitalar e o impacto na área da saúde. Méd., Brasília. 2005; 42 (1/2): 48-50.

Fernandes AT, Noca SCR. Do controle de infecção ao controle de qualidade. In: Fernandes AT. Infecção hospitalar e suas interfaces na área de saúde. São Paulo: Atheneu; 2000.

Giunta APN, Lacerda RA. Inspeção dos Programas de Controle de Infecção Hospitalar dos serviços de saúde pela Vigilância Sanitária: diagnóstico de situação. Rev. Esc. Enferm. 2006; 40 (1): 64-70.

Oliveira R, Maruyana S. Controle de infecção hospitalar: histórico e papel do estado. Rev. Eletr. Enf. 2008; 10 (3): 775-83.

Brasil. Ministério da Saúde. Lei 9.431, de 06 de janeiro de 1997. Dispõe sobre a obrigatoriedade da manutenção de programa de controle de infecção hospitalar pelos hospitais do país.

Souza ACS, Tipple AFV, Pereira MS, Prado MA. Desafios para o controle de infecção nas instituições de saúde: percepção dos enfermeiros. Ciencia y enfermeria. 2002; 8(1): 19-30.

Pereira MS, Nakatani AYK, Souza ACS. Organização técnica e funcional dos serviços de controle de infecção hospitalar existentes nos hospitais do município de Goiânia – Goiás. Rev. Baiana Enferm. 1994; (1/2): 53-67.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução da Diretoria Colegiada – RDC n° 48, de 02 de junho de 2000. Dispõe sobre o roteiro de inspeção dos programas de controle de infecção hospitalar. [acessado 2010 fev.]. Disponível em: http://e-legis.bvs.br/leisref/public/showAct.php?id=482#

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n° 2.616, de 12 de maio de 1998. Dispõe sobre a organização e implementação de programas de controle de infecção hospitalar em hospitais.

Entrevista realizada no Departamento de Vigilância Sanitária de Goiânia com Zilah Cândida Pereira das Neves, chefe da Divisão de Prevenção e Controle de Infecções em Serviços de Saúde, em 2.010.

Silva MFI, Santos BMO. Estudo histórico - organizacional da comissão de controle de infecção hospitalar de um hospital universitário. Medicina Ribeirão Preto. 2001, 34: 170-176.

Martins MA. Manual de Infecção Hospitalar. Epidemiologia, Prevenção e Controle. 2. ed. Belo Horizonte: MEDSI; 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-336

Refbacks

  • There are currently no refbacks.