Experiências identitárias dos estudantes indígenas na UFT – Campus de Palmas / Identity experiences of indigenous students at the UFT - Palmas Campus

José Vandilo dos Santos, Jademilton Cardozo da Silva

Abstract


Este artigo trata sobre as políticas de ações afirmativas para indígenas na Universidade Federal do Tocantins, buscando compreender as dificuldades destes acadêmicos frente às questões socioeducacionais experienciadas durante as suas vidas como estudantes. A pesquisa abordou estudantes de ambos os sexos, sendo 15 do sexo masculino e 2 do sexo feminino, com idades que variam entre 20 e 28 anos. Destes, 15 são aldeados e 2 desaldeados. No total foram aplicados 17 questionários com questões abertas voltadas aos conceitos básicos referentes à temática. Buscaou-se por fim, enfatizar as formas de organização política para a reinvindicação e manutenção das políticas de inclusão social.


Keywords


Indígenas, ações afirmativas, universidade

References


ALVES, José Augusto Linhares. Os Direitos Humanos como tema global. São Paulo: Perspectiva, 2011.

BASTOS, Ronaldo; NASCIMENTO, Milton. Fé Cega, faca Amolada. In: Minas. Rio de Janeiro: Emi-Odeon, 1975. CD Digital.

BANIWA, Gersem. A Lei das Cotas e os povos indígenas: mais um desafio para a diversidade. Cadernos do Pensamento Crítico Latino-Americano. Encarte nº 34, Forum, janeiro de 2013.

BAUMAN, Zygmunt. Identidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

______. Comunidade – a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

CARVALHO, D. A permanência dos estudantes indígenas da UFT: 10 anos após a implementação das cotas. In: SILVA, Reijane Pinheiro(org). Povos Indígenas do Tocantins: desafios contemporâneos. Palmas: Nagô Editora, 2015.

GOFFMAN, Erving. Estigma – notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro : Ed. Guanabara, 1988.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-322

Refbacks

  • There are currently no refbacks.