Introdução ao ensino de antropologia / Introduction to teaching anthropology

Adelcio Machado dos Santos, Rita Marcia Twardowski, Audete Alves dos Santos Caetano, Danielle Martins Leffer, Alisson André Escher

Abstract


A Educação, em última análise, consiste no processo vital de desenvolvimento e formação da personalidade, a educação não se confunde com a mera adaptação do indivíduo ao meio. É atividade criadora abrange o homem em todos os seus aspectos, inicia-se na família, continua na escola e se prolonga por toda a existência humana. A Antropologia, de sua parte, colima exibir a diversidade dos seres humanos para melhor compreender a ontologia humana. Destarte, esta disciplina tenta compreender a humanidade em toda a sua complexidade, sem simplificar e negar as antonomia. Essa é a razão pela qual ela se interessa, sobretudo, pela diferença entre as culturas, os períodos históricos, as etnias e os indivíduos. A Educação e a Antropologia estão estreitamente conectadas, porquanto ser humano quer dizer ser capaz de se formar.


Keywords


Educação, Ensino, Antropologia.

References


ANDRADE, R. de O. Um ecologista no novo mundo. Revista FAPESP, São Paulo, ed. 281, jul. 2019. Disponível em:

https://revistapesquisa.fapesp.br/um-ecologista-no-novo-mundo/ Acesso em: 1 jul. 2020.

BENEVIDES, M. V. Educação para a cidadania. Lua Nova, São Paulo, n. 38, p. 223-237, dez. 1996.

CASAS ARMENGOL, M. Universidad sin clases: educación a distância em América Latina. Caracas: OEA – UMA - Editorial Kapelusz, 1986.

DURKHEIM, E. Educação e sociologia. São Paulo: Melhoramentos, 1978.

FERRARI, M. Émile Durkheim, o criador da sociologia da educação. In: Nova Escola. Publicado em: 1 out. 2008. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/456/criador-sociologia-educacao. Acesso em 1 jul. 2020.

FREIRE, P. Ação cultural para a liberdade. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

RÖHRS, H. Maria Montessori. Tradução: Danilo Di Manno de Almeida; Maria Leila Alves. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010. (Coleção Educadores).

MOTTA, E. de O. Direito educacional e educação no século XXI. Brasília: UNESCO, 1997.

PINTO, A. V. Sete lições sobre educação de adultos. 5 ed. São Paulo: Cortez, 1987.

REIS, A. M. V. Ensino a distância... megatendência atual: abolindo preconceitos. São Paulo: Imobiliária, 1996.

SANTOS, A. M. dos; REGERT, R. A consolidação de uma subárea epistemológica. Vivência 52 Revista de Antropologia, Natal, n. 52, p. 214-225, 2018.

SANTOS, A. M. dos; REGERT, R. Antropologia da educação: a consolidação de uma subárea epistemiológica. In: MONTEIRO, A. A. de S. (org.). A educação no Brasil e no mundo: avanços limites e contradições 3. Ponta Grossa: Atena Editora, 2020. p. 287-298. Disponível em: https://www.finersistemas.com/atenaeditora/index.php/admin/api/artigoPDF/30693 Acesso em: 3 jul. 2020.

SUCUPIRA, N. L. B. Relações entre o Conselho Federal de Educação e os Conselhos Estaduais. Documenta, Rio de Janeiro, n. 21, v. 2, dez. 1963.

WULF, C. Antropologia da educação. Campinas: Alínea, 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-295

Refbacks

  • There are currently no refbacks.