Desempenho zootécnico e condenação ao abate de frangos criados em aviários dark house e convencional / Zootechnical performance and slaughter condemnation of chickens raised in dark house and conventional houses

Natãniel Albrecht Weis, Sara Simões Machado, Simone Cristina Camargo

Abstract


Nos últimos anos a avicultura de corte brasileira vem ganhando significativo espaço no setor produtivo mundial e, para acompanhar esse desenvolvimento, técnicas de manejo que visam maximizar a produção são procuradas pelas empresas produtoras. Objetivou-se comparar o desempenho zootécnico e as condenações de carcaça de frangos produzidos em aviários Dark House e convencionais. Para isso, foram selecionadas as fichas de controle produtivo dos frangos de linhagem Cobb abatidos no ano de 2020, no município de Medianeira, PR. Foram ao todo 32 lotes provenientes de 8 aviários, sendo 4 do sistema Dark House e 4 do sistema Convencional. Foram calculadas as médias e posteriormente realizado a análise estatística dos dados pelo software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), version 23.0 (2020), considerando significante p<0,05. Em relação ao desempenho zootécnico, foi observado diferença significativa (p=0,016) na média de ganho de peso diário entre os frangos dark house (72,19 g ± 2,76) e convencional (69,00 g ± 3,81). Os valores de conversão alimentar e peso médio não diferiram entre os tratamentos (p>0,005). Tratando-se das condenações ao abate, os frangos do Dark House apresentaram menor porcentagem de calo nos pés (1,20 ± 2,49) do que o convencional (5,71 ± 6,12) (p=0,006). Os outros parâmetros avaliados não demonstraram diferença estatística entre os dois tipos de aviários. Os aviários Dark House demonstram trazer benefícios a produção, entretanto, para alcançar o seu potencial, é necessário atenção ao manejo com as aves, desde a criação até o abate, objetivando a melhor eficiência produtiva.


Keywords


cadeias produtivas, avicultura de corte, sistema de criação.

References


ABREU, V. M. N & ABREU, P. G. Os desafios da ambiência sobre os sistemas de aves no Brasil. Revista Brasileira de Zootecnia, v.40, p.1-14. 2011.

ALMEIDA, T. J. O.; ASSIS, A. S.; MENDONÇA, M; ROLIM, M. B. Q. Causas de condenações de carcaças de Gallusgallusdomesticusem abatedouro frigorífico sob Inspeção Federal no Nordeste do Brasil. Medicina Veterinária (UFRPE), v.11, n.4, p.285-291, 2017.

ANDREAZZI, M. A.; PINTO, J. S.; SANTOS, J. M. G.; CAVALIERI, F. L. B.; MATOS, N. C. S.; BARBIERI, I. O. Desempenho de frangos de corte criados em aviário convencional e dark-House. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, v. 16, n. 1, p. 1-6, 2018.

ABPA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROTEÍNA ANIMAL. Relatório Anual ABPA 2020. Disponível em: https://abpa-br.org/wp-content/uploads/2020/05/abpa_relatorio_anual_2020_portugues_web.pdf. Acesso em: 20 jun 2021.

AVILA, V. S.; LEDUR, M. C.; JUNIOR, V. B.; SCHMIDT, G. S.; COSTA, C. N. Desempenho e qualidade de carcaça em linhagens comerciais de frango de corte. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 28, n. 6, p. 649-656, 1993.

BARBOSA FILHO, J. A. D.; QUEIROZ, M. L. V.; BRASIL, D. F.; VIEIRA, F. M. C.; SILVA, I. J. O. Transport of broilers: load microclimate during. Brazilian summer. Revista Engenharia Agrícola, v.34, n.3, p. 405-412, 2014.

BICHARA, T. Aviário azul e dark-house para frangos de corte - Desenvolvendo novos conceitos para aviários pressão negativa. X Simpósio Brasil Sul de Avicultura e I Brasil Sul Poultry Fair. Chapecó, 2009.

BILGILI, S. Manejo de Problemas de Qualidade de Carcaça no Abatedouro. Disponível em: http://pt.aviagen.com/assets/Tech_Center/BB_Foreign_Language_Docs/Portuguese/Aviagen Brielf-Addressing-Carcass-Quality-Issues-at-Processing-Plant-2016-PT.pdf. 2018. Acesso em: 10 jun 2021.

BRASIL. Portaria N° 210 de 10 de novembro de 1998. Regulamento técnico da inspeção tecnológica e higiênico-sanitária de carne de aves. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Disponível em: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Repositorio/Portaria-210_000h19kjcan02wx7ha0e2uuw60rmjy11.pdf. Acesso em: 20 jun 2021.

BRASIL. Decreto - lei nº 9.013, de 10 de maio de 2018. Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal. Brasília-DF. Disponível em: http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/14922788/do1-2018-05-18-portaria-n-62-de-10-de-maio-de-2018-14922784. Acesso em: 22 jun 2021.

CARVALHO, D.; TEJKOWSKI, T. M.; JAENISCH, F. R. F.; RODRIGUES, R. O.; BRITO, K. C. T.; BRITO, B. G. Susceptibilidade de duas linhagens comerciais de frango de corte no desenvolvimento de dermatite necrótica e possível relação dos genes iss e iutA de Escherichia coli com a reprodução experimental da doença. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 37, n. 12, p. 1395-1400, 2017.

DE CRISTO, A. B.; SCHIMIDT, J. M.; PERINI, R.; MORA, M.; DOS SANTOS, P. F.; et al. Efeito da densidade de alojamento sobre a incidência de pododermatite e características ósseas de frangos de corte criados em aviários Dark House. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 18, n. 01, p. 161-173, 2017.

DUPONT, D. E. Condenações post-mortem de frangos de corte por celulite em diferentes manejos da cama. 2015. 17 f. TCC (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Florianópolis, 2015.

EBLING, P. D. & BASURCO, V. Análise das perdas econômicas oriundas da condenação de carcaças nos principais estados brasileiros produtores de frangos de corte. Ciências Agroveterinárias e Alimentos. v.1, p.1-11, 2016.

ECCO, R. & BRAGA, J. F. Miopatia em frangos de corte. Cadernos Técnicos de Veterinária e Zootecnia, v. 76, p.117-125, 2015.

KUTTAPAN, V. A.; LEE, Y. S.; ERF, G. F.; MEULLENET, J. F.; MCKEE, S. R.; OWENS, C. M. Consumet acceptance of visual appearance of broiler breast meat with varying degrees of White Striping. Poultry Science, v. 91, p.1240-1247, 2012.

LOPES, J. C. O.; RIBEIRO, M. N.; DE SOUSA LIMA, V. B. Estresse por calor em frangos de corte. Nutritime Revista Eletrônica, v. 12, n. 6, p.4478-4487, 2015.

LOPES, M.; PIRES, P. G. da S.; ROLL, V. F. B.; VALENTE, B. S.; ANCIUTI, M. A. Pododermatite em aves. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia, v.6, p.1- 15, 2012.

LUDTKE, C. B.; GREGORY, N.; COSTA, O. A. D. Principais problemas e soluções durante o manejo pré-abate das aves. In: Conferência Apinco de Ciência e Tecnologia Avícolas, 2008, Santos. SP. Anais... São Paulo: FACTA, 2008. p.109-128.

MACHADO, L. S.; NASCIMENTO, E. R.; PEREIRA, V. L. A.; ABREU, D. L. C.; GOUVEA, R.; SANTOS, L. M. M. Escherichia coli in broiler chickens with airsacculitis. Brazilian Journal of Veterinary Medicine, v. 36, n.3, p. 261-265, 2014.

MACHADO, L.S.; NASCIMENTO, E.R.; PEREIRA, V.L.A.; ALMEIRA, D.O.; SILVA, R.C.F.; SANTOS L.M.M. Mycoplasma gallisepticum como fator de risco no peso de lotes de frangos de corte com condenação por aerossaculite na Inspeção Sanitária Federal. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 32, n. 7, p. 645-648, 2012

MARTIM, T.; CASTRO, T. R.; SILVA, V. L.; ULLER, C. M. Identificação de fatores causadores de hematomas e fraturas em frangos de corte: estudo de caso. Gepros: Gestão da Produção, Operações e Sistemas, v. 14, n. 1, p. 1-21, 2019.

MITCHELL, M. A. & SANDERCOCK D. A. Spontaneous and stress induced myopathies in modern meat birds: A cause for quality and welfare concerns. Australian Poultry Science Symposium, v.16, p. 100-107, 2004.

MONTAGNA, F. S. Incidência de miopatia peitoral em frangos de corte de diferentes sistemas de produção. 2017. 47f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade de Ciências Agrárias, Dourados, 2017.

NOWICKI, R.; BUTZGE, E.; OTUTUMI, L. K.; PIAU-JÚNIOR, R.; ALBERTON, L. R.; et al. Desempenho de frangos de corte criados em aviários convencionais e escuros. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 14, n. 1, p. 25-28, 2011.

OLIVEIRA, A. A.; ANDRADE, M. A.; ARMENDARIS, P. M.; BUENO, P. H. S. Principais causas de condenação ao abate de aves em matadouros frigoríficos registrados no serviço brasileiro de Inspeção Federal entre 2006 e 2011. Ciência Animal Brasileira. v.17, n.1, p. 79-89, 2016.

ORO, C. S. DE.; OKAMOTO, A. S.; SANTOS, C. B. T. DOS.; SANTANA, E. H. A. S. DE.; RIBEIRO, G. C.; et al. Causas de perdas em abatedouro de frango de corte relacionadas ao manejo pré-abate. Revista Brasileira de Ciências Veterinárias, v. 27, n. 4, p. 200-203, 2020.

PAIVA, F. F. DE. & FREITAS, E. S. Estudo retrospectivo de principais condenações em frango de corte griller nas linhagens COBB e R0SS 808. Revista Cultivando o Saber, v. 9, p. 193-202, 2016.

ROSA, P. S; WILBERT, C. A; ARRIECHE, C. A.; et al. Frango de corte. Embrapa Suínos e Aves, Santa Catarina, 2013.

ROVARIS, E.; CORRÊA, G. S. S.; CORRÊA, B. A.; LUNA, U. V. Avaliação da conversão alimentar e do ganho médio de peso diário de frangos de corte em dois sistemas de produção – dark house e convencional. XXII Congresso brasileiro de zootecnia. Cuiabá, 2012.

ROVARIS, E.; CORRÊA, G. S. S.; CORRÊA, B. A.; JUNIOR, J. G. C.; LUNA, U. V.; DE ASSIS, S. D. Desempenho de frangos de corte criados em aviários dark house versus convencional. Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 8, n.18, 2014.

RUI, B. R.; ANGRIMANI, D. S. R. de.; DA SILVA, M. A. A. Pontos críticos no manejo pré-abate de frango de corte: jejum, captura, carregamento, transporte e tempo de espera no abatedouro. Ciência Rural, v.41, n.7, p.1290-1296, 2011.

SANTANA, A. P.; MURATA, L. S.; DE FREITAS, C. G.; DELPHINO, M. K.; PIMENTEL, C. M. Causes of condemnation of carcasses from poultry in slaughterhouses located in State of Goiás, Brazil. Ciência Rural, v. 38, n. 9, p. 2587-2592, 2008.

SANTOS, G. R.; REATI, L. A. DE.; DIAS, E. H.; DORNELES, I. C.; MEZALIRA, T. S.; OTUTUMI, L. K. Percentual de condenações de carcaças de frangos de corte relacionadas à linhagem e ao sistema de criação. Ciência Animal, v.29, n.2, p.12-21, 2019.

STRINGHINI, J. H.; LABOISSIERE, M.; MURAMATSU, K.; LEANDRO, N. S. M.; CAFÉ, M. B. Avaliação do desempenho e rendimento de carcaça de quatro linhagens de frangos de corte criadas em Goiás. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 32, n. 1, p. 183-90, 2003.

TOREZAN, G. B. Efeito da linhagem, densidade de criação e sistemas de produção de frangos de corte sobre as condenações por abscessos e dermatoses. 2019. 49 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Alimentos) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2019.

VESCOVI, L. G.; CAMERINI, N.L.; PIAZZETTA, H. V. L.; BERENCHTEIN, B.; MOTA, A. A.; MELO, T. V.; et al. Desempenho de frangos de corte produzidos em sistema convencional, climatizado e dark house. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 49105-49113, 2020.

VIANNA, U. R.; OLIVEIRA, F. A.; DE CARVALHO, J. R.; BARBOSA, J. M. Tópicos especiais em especiais em Ciência Animal. V. 1ª ed., Alegre, ES: CAUFES, 2016. 506 p.

VIEIRA, A. K.; DOS SANTOS, H. S.; CARVALHO, L. R.; DIAS, L. C. P.; LABOISSIÈRE, M.; FILHO, R. M. J. Viabilidade econômica dos aviários Dark House e Convencional. Anais do IV Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEG, 2018.

USDA, FAS. Livestock and Poultry: World Markets and Trade. United States Department of Agriculture. Foreign Agriculture Service, 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-249

Refbacks

  • There are currently no refbacks.