Impactos ambientais oriundos da implantação de rodovia / Environmental impacts arising from the road implantation

Fabíola do Nascimento Oliveira, Reginaldo Beserra Alves, Igor Nonato Almeida Pereira

Abstract


Os impactos ambientais vinculam-se, de maneira significativa, no que se refere aos projetos e obras rodoviárias, uma vez que, a análise econômica das medidas de gestão ambiental e dimensionamento dos custos ambientais de projetos, vão desde a implantação até posteriormente entrega da obra. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo mostrar os impactos ambientais causados através da implantação de uma rodovia, mediante as pesquisas bibliográficas, com embasamento em autores renomeados em trabalhos científicos. Através dos resultados, apresentam-se os impactos ambientais de acordo com as fases de projeto, compreendendo as medidas mitigadoras do meio físico, biótico e socioeconômico. Complementa-se que a análise dos impactos ambientais, tem efeitos diretos na implantação de uma rodovia, pois a estrutura da mesma resulta tanto de forma positiva quanto negativamente na conservação do meio ambiente, e assim prejudicando o máximo aproveitamento de suas potencialidades e benefícios, principalmente, no que se refere a qualidade e o atendimento à população.

 


Keywords


Impactos Ambientais, Implantação, Rodovia, Projeto.

References


BELLIA, V.; BIDONE, E. D. Rodovias, Recursos Naturais e Meio Ambiente. Rio de Janeiro: EDUFF, 1993.

BRAGA, B.: HESPANHOL, I.: CONEJO, J. G. L: MIERZWA, J. C; BARROS, M. T. L; SPENCER, M.; PORTO, M.; NUCCI, N.; Introdução à Engenharia Ambiental: O desafio do desenvolvimento sustentável. 2 ed. São Paulo, 2005.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução n° 001, 23 de fevereiro de 1986. Dispõe sobre critérios básicos e diretrizes gerais para a avaliação do impacto ambiental. Brasília, DF, 1986.

CUSTÓDIO, Helita Barreira, Legislação brasileira do estudo de impacto ambiental. In: TAUK, Sâmia Maria (org.) Análise Ambiental: Uma visão multidisciplinar. 2 ed., São Paulo: Ed. UNESP, 1995.

DNER (Departamento Nacional das Estradas de Rodagem/ Ministério dos Transportes). Diretrizes básicas para elaboração de estudos e projetos rodoviários (escopos básicos/ instruções de serviços). Rio de Janeiro: DNER, 1999.

ELY, Aloísio. Economia do Meio Ambiente. Porto Alegre: Fundação de Economia e Estatística, 1986.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projeto de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002. 176p.

LUSTOSA, Maria Cecília Juqueira. Economia e Meio Ambiente: revendo desafios. 2004.

MATOZZO, Vania. O Conceito de Desenvolvimento Sustentável. 2004.

MOTA, S. Introdução à engenharia ambiental. 2ª Ed. ABES, Rio de Janeiro, 2000, 416p.

ROHDE, Geraldo M. Estudos de impacto ambiental: a situação brasileira. In: VERDUM, Roberto; MEDEIROS, Rosa M. V.(orgs) Rima, Relatório de Impacto Ambiental: legislação, elaboraçãoe resultados. 2. ed, Porto Alegre; Ed. UFRGS, 1995. p. 23-42

SÁNCHES, Luis Enrique, Avaliação de impacto ambiental: conceitos e métodos, Luis Enrique Sánches – São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

SILVA, C. A. Compostagem como alternativa à disposição final dos resíduos sólidos gerados na CEASA-Curitiba. Monografia em MBA em Gestão Ambiental. UFPR, 2011, 78p.

TRINTA, Zomar Antônio; RIBEIRO, Paulo César Martins. Análise da configuração viária das travessias urbanas. I Congresso Rio de Tranportes, Anais... Rio de Janeiro: Firjan, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-230

Refbacks

  • There are currently no refbacks.