Promoção de hábitos alimentares saudáveis: Dos oito aos 80 / Promoting healthy eating habits: From 8 to 80

Luciara Fabiane Sebold, Bárbara Mohr da Silveira, Thainá de Souza Kagaochi, Lúcia Nazareth Amante, Juliana Balbinot Reis Girondi, Juliana Simas Justino, Palloma Caroline Guedes Oliveira, Raul Vinicius Eleutério

Abstract


Os hábitos alimentares saudáveis devem ser iniciados já nos primeiros anos de vida e serem perpetuados até a velhice. Aprender hábitos saudáveis no cotidiano implica diretamente na melhoria da qualidade de vida, na promoção da saúde, bem como na prevenção de agravos à saúde. Este estudo teve como objetivo promover a degustação de frutas e oleaginosas com crianças e idosos por meio de uma atividade educativa. A atividade foi desenvolvida com 30 crianças, com idades de 8 à 10 anos e 20 idosos de 68 a 83 anos, em suas respectivas escolas e no Núcleo de Estudos da Terceira Idade. Observou-se que, quando a atividade é desenvolvida com as crianças, as mesmas são curiosas e gostam de novos desafios, mesmo verbalizando o não hábito ou o não apresso pela fruta ou oleaginosa degustada, porém experimentam e fazem comentários entre si. Por sua vez, com os idosos, além de observar a motivação e curiosidade, chamou a atenção a dificuldade que os mesmos apresentam de identificar o sabor do que estavam degustando. Desta forma, têm-se como conclusão que as atividades educativas são formas de desenvolver a promoção da saúde nos diversos cenários de cuidado à saúde, assim como nas diversas faixas etárias da população. A enfermagem tem como um dos compromissos com a comunidade a promoção dos hábitos alimentares saudáveis para que os mesmos sejam estimulados, mantidos e ressignificados ao longo da história de vida das pessoas.


Keywords


Comportamento Alimentar, Promoção da Saúde, Crianças, Idosos.

References


BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Alimentação e Nutrição / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.Básica. – 1. ed., 1. reimpr. – Brasília: Ministério da Saúde, 2013.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. II Caderno de Educação Popular. 2014. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/2_caderno_educacao_popular_saude.pdf. Acesso em: 15 jun. 2021.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa. 2014. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderneta_saude_pessoa_idosa_3ed.pdf. Acesso em: 15 jun. 2021.

CRUZ, José Henrique de Araújo; SOUZA, Elaine Roberta Leite de; GOMES, Nílvia Maria Lima; RAMOS, Laise da Luz; NUNES, Itamar da Silva; SIMÕES, André Paulo Gomes; GUEDES, Eric Marcelino; VIEIRA, Basílio Rodrigues; COSTA, Moan Jefter Fernandes; QUEIROZ, Faldryene de Sousa. Atividades de promoção de saúde desenvolvidas por acadêmicos de Odontologia: relato de experiência. Archives Of Health Investigation, [S.L.], v. 8, n. 9, p. 556-561, 20 fev. 2020. Archives of Health Investigation. http://dx.doi.org/10.21270/archi.v8i9.3272. Disponível em: https://www.archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/3272/pdf. Acesso em: 15 jun. 2021.

MELO, Ronald Costa; PAUFERRO, Márcia Rodriguez Vásquez. Educação em saúde para a promoção do uso racional de medicamentos e as contribuições do farmacêutico neste contexto. Brazilian Journal Of Development, [S.L.], v. 6, n. 5, p. 32162-32173, 2020. Brazilian Journal of Development. http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n5-603. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/10805/9220. Acesso em: 15 jun. 2021.

PASSOS, Jussara Gonçalves; GUIMARÃES, Lucas Costa; VICTORIA, Maria do Carmo Malicheski. Avaliação da percepção gustativa em idosos para os gostos básicos, doce e salgado, em comparação a jovens adultos. J. Health Sci. Inst, v. 34, n. 1, p. 29-32, 2016.

PIASETZKI, C. T. da R.; BOFF, E. T. de O. EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL E A FORMAÇÃO DE HÁBITOS ALIMENTARES NA INFÂNCIA. Revista Contexto & Educação, [S. l.], v. 33, n. 106, p. 318–338, 2018. DOI: 10.21527/2179-1309.2018.106.318-338. Disponível em: https://revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/7934. Acesso em: 15 jun. 2021.

QUEIROZ, Maria Gabriely; RODRIGUES, Cinthia Sonaly Santos; GALDINO, Selma Aires Monteiro; MEDEIROS, Carla Campos Muniz; SIMÕES, Mônica Oliveira da Silva; TEIXEIRA, Alessandra. AÇÕES DE PROMOÇÃO À SAÚDE E PREVENÇÃO DA OBESIDADE INFANTO-JUVENIL NO ÂMBITO ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB: um relato de experiência. Brazilian Journal Of Development, [S.L.], v. 6, n. 8, p. 60788-60794, 2020. Brazilian Journal of Development. http://dx.doi.org/10.34117/bjdv6n8-480. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/15421/12687. Acesso em: 15 jun. 2021.

RIBEIRO, A. A.; PESSOA, M. T. G.; AZEVEDO, S. M. U.; OLIVEIRA, V. T. L.; MEIRELES, A. L. Caracterização Socioeconômica, Estado Nutricional E Prevalência De Insegurança Alimentar Em Idosos Usuários Do Restaurante Popular De Um Município Do Nordeste Brasileiro. Revista Ciência Plural, v. 2, n. 3, p. 59-71, 14 abr. 2017.

SILVA G.A.P.; COSTA K.A.O.; GIUGLIANI E.R.J. Alimentação infantil: além dos aspectos nutricionais. Jornal de Pediatria 2016; v. 92, n.3, p. S2-S7 Supplement 1.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-141

Refbacks

  • There are currently no refbacks.