A Metodologia correta a se usar na iniciação do Futebol com crianças / The Correct Methodology to use in Football Initiation with children

Vitor Vieira da Silva, Alexsandro Silva Mateus

Abstract


O respectivo estudo possui por objetivo maior, oferecer significativas reflexões acerca de destacar quais são as melhores metodologias de se trabalhar com crianças, na iniciação do Futebol.  Diversos autores como: Becker (2000); Daólio e marques (2003); Kunz (1994); Scaglio (1996); Voser (2004); dentre outros, com seus respectivos estudos confirmam o quão faz-se de suma importância refletir acerca das metodologias e técnicas que reflitam sobre como se trabalhar as fases iniciais do Futebol com crianças,  identificando-se assim, a influência dos procedimentos metodológicos ocorridos nesse processo. Muitas bibliografias de ensino do Futebol possuem como foco maior, o ensino da técnica como principal (tecnicista), onde é estimulado e ensinado a repetição dos fundamentos e técnicas, desvinculados do contexto do jogo propriamente dito, como do contexto social. A metodologia empregada é a exploratório/bibliográfica e expositiva/qualitativa em que utilizamos algumas das principais referências bibliográficas dessa temática. São inúmeras possibilidades metodológicas quando se trabalha com metodologias como princípio pedagógico/educativo, por ampliar o envolvimento das crianças, de maneira prazerosa nas aulas. Outro aspecto é a compreensão da lógica interna e seus aspectos identificadores do Futebol, bem como algumas técnicas específicas que possibilitam uma melhor jogabilidade, com isso a possibilidade dos alunos se interessarem por esse esporte depois dessa fase inicial de aprendizagem.


Keywords


Futebol. Crianças. Iniciação. Metodologia. Aprendizagem.

References


ALMEIDA, Luiz Tadeu Paes de. Iniciação Esportiva na escola – a aprendizagem dos esportes coletivos. Disponível em: . Acesso em: 25 de Mai. 2021.

ALMEIDA, Marcos Bezerra de. Basquetebol iniciação. Rio de Janeiro: Sprint, 1998.

ARENA, Simone Sagres; BÖHME, Maria Tereza Silveira. Programas de iniciação e especialização esportiva na grande São Paulo. Revista Paulistana de Educação. Física, São Paulo, 14 (2):184-95, jul./dez. 2000. p. 184-195. Disponível em:. Acesso em: 01 de Jun. 2021.

BECKER Jr, Benno. Psicologia aplicada à criança no esporte. 1 ed. Novo Hamburgo, Feevale., 2000.

BENTO, Jorge Olímpio. Novas motivações, modelos e concepções para a prática desportiva. In: BENTO, Jorge Olímpio (Org.). O desporto do século XXI: os novos desafios. 1991, p. 17-34.

BLÁZQUEZ SÁNCHEZ, D. (1999) A modo de introduccion. In: D. Blázquez Sánchez (Org.) La iniciacióndeportiva y el deporte escolar, p. 19-45. 4ª edição. Barcelona, Espanha: INDE Publicaciones.

DAIUTO, M. Basquetebol: metodologia do ensino. 4º ed. São Paulo: Editora Esporte- Educação, 1974.

DAOLIO, J. Cultura: Educação física e futebol. Campinas- SP, Editora da UNICAMP, 1997.

DAOLIO, J; MARQUES, R. F. R. Relato de uma experiência com o ensino de futsal para crianças de 9 a 12 anos. Motriz, Rio Claro, v. 9, n. 3, p. 169-174, 2003.

DRUBSCKY, R. O universo tático do futebol: escola brasileira. Belo Horizonte: Health, 2003.336p.

FLORENTINO, José A.; FLORENTINO, Fátima Rejane Ayres; FAVIEIRO, Ceres, Pizzato. Corpo objeto, corpo liberto: um olhar das ciências sociais a respeito do corpo na contemporaneidade. In: III SEMINÁRIO CORPO, GÊNERO E SEXUALIDADE, 2007,Porto Alegre. Anais. Porto Alegre: Instituto de Educação da UFRGS, 2007. p. 1-7.

GALLAHUE, D; OZMUM, J. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. São Paulo: Phorte, 2001.

GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C.. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. 2ª ed. São Paulo: Phorte, 2005. p.25.

GIULIANOTTI, R. Sociologia do futebol: dimensões históricas e sociológicas do esporte das multidões. São Paulo: Nova Alexandria, 2002. 248 p.

GRECO, P. J.; BENDA, R. R. Iniciação aos esportes coletivos: uma escola da bola para crianças e adolescentes. In: JUNIOR, D. R. Modalidades esportivas coletivas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.

GOMES, A. C.; MACHADO, J. A. Futsal: metodologia e planejamento na infância e adolescência. 1ª ed. Londrina: Midiograf, 2001.

JUCHEM, Luciano. Motivação à prática regular de atividades físicas: um estudo sobre tenistas brasileiros infanto-juvenis. 2006. 101f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano) - Escola de Educação Física, UFRGS, Porto Alegre.

KUNZ, Elenor. Transformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí: Unijuí, 1994.

MACHADO, Afonso Antônio. PRESOTO. D. Iniciação esportiva: seu redimensionamento psicológico. In: BURITI, M. A.( Org.) Psicologia do esporte. 2ª ed. Campinas: Editora Alínea, 2001, p. 19-48.

MACHADO, Afonso Antônio. Interação: um problema educacional. In: DE LUCCA, E. Psicologia educacional na sala de aula. Jundiai: Litearte, 1995.

MACHADO, Afonso Antônio. Psicologia do Esporte: Temas emergentes. Jundiaí: Ápice, 1997.

MONTAGNER, P. C. Esporte de competição X Educação?: o caso do basquetebol. 1993. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação, UNIMEP, Piracicaba, 1993 apud SCAGLIA, A. J. Escolinha de futebol: uma questão pedagógica. MOTRIZ, v. 2, n. 1, p. 36-42, jul. 1996.

PAES, Roberto Rodrigues. Aprendizagem e competição precoce: caso do basquetebol. Campinas, Editora da UNICAMP, 1992.

PAYNE, V. Gregory; ISAACS, Larry D. Desenvolvimento motor humano: uma abordagem vitalícia. 6º Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A., 2007.

PAES, R. R. Aprendizagem e competição precoce: o caso do basquetebol. 3. ed. Campinas: Editora da UNICAMP, 1997. 89 p.

SCAGLIA, A. J. Escolinha de futebol: uma questão pedagógica. Motriz, v. 2, n. 1, p. 36- 42, jul. 1996.

SCAGLIA, A. J. O Futebol que se Aprende e o Futebol que se Ensina. 1999. 169 f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Educação Física, Unicamp, Campinas, 1999.

SANTIN, S. Educação Física: da alegria do lúdico à opressão do rendimento. UFRGS: Edições: EST/ESEF, 1996.

VARGAS NETO, Francisco Xavier de. A iniciação nos esportes e os riscos de uma especialização precoce. Revista Perfil – Publicação do Curso de Mestrado em Ciências do Movimento Humano/ Esef/ Ufrgs, Porto Alegre, ano III, n.3, p. 70 -76, 1999.

VOSER, Rogério da Cunha. Iniciação ao Futsal. 2 ed. Canoas: ULBRA, 1999.

_____________. Futsal: princípios técnicos e táticos. Rio de Janeiro: Sprint. 2001.

_____________. Iniciação ao futsal: abordagem recreativa. 3. ed. Canoas: ULBRA, 2004.Disponível em:

. Acesso em: 12 Abr. 2021. ISBN: 85-85692-20-0.

WEINBERG, Robert S.; GOULD, Daniel. Fundamentos da psicologia do esporte e do exercício. Porto Alegre: Artmed, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-129

Refbacks

  • There are currently no refbacks.