Passaporte literário: uma proposta de incentivo à leitura / Literary passport: a proposal to encourage reading

Luma Kathyn Silva Policarpo, Lucy Ferreira Azevedo, Carolina Tenuta Portela

Abstract


O presente trabalho tem como eixo temático a leitura e por isso foi elaborado com a finalidade de sugerir aos professores de Língua Portuguesa o Passaporte Literário, uma proposta de prática pedagógica para que possa incentivar e cativar os discentes para a prática da leitura. Atualmente, estamos passando por algumas reformulações nos documentos oficias que regem a educação no Brasil, tal como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), por isso entende-se que é o momento de discutir as nossas metodologias e fazer mudanças no que for necessário para agir consoante o documento. A metodologia utilizada é a qualitativa, de cunho bibliográfico, com aporte teórico na BNCC (2018), Antunes (2006; 2009), Kleiman (2009), Lajolo (1982; 2000), entre outros. A partir da aplicação das ações presentes no Passaporte o aluno terá acesso através da leitura a novos saberes, a fim de ampliar a sua compreensão e interpretação, bem como a sua bagagem cultural.

 


Keywords


Ensino. Leitura. Passaporte Literário. Prática Pedagógica

References


ANJOS, Luciana Moreira dos. A importância da leitura no processo de alfabetização e o uso da biblioteca como espaço de construção do encanto pelo ato de ler. IX Seminário Nacional de estudos e pesquisas “história, sociedade e educação no Brasil”. Universidade Federal da Paraíba – João Pessoa, 2012.

ANTUNES, Irandé. Aula de Português: encontro e interação. 4ª ed. São Paulo: Parábola, 2006.

ANTUNES, I. Língua, texto e ensino: outra escola possível. São Paulo: Parábola, 2009.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. 16º ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2018.

BRITO. Danielle dos Santos de. A Importância da leitura na formação social do indivíduo. Disponível em: http://docplayer.com.br/18929-A-importancia-da-leitura-na-formacao-social-do-individuo.html#show_full_text. 2015. Acesso em: Junho/2020.

CRUVINEL, Fabiana, R. Ensinar a ler na escola: A leitura como prática cultural, revista Ensino Em-Revista, Uberlândia, v. 17, n.1, p. 249-276, jan./jun. 2010.

GROSSI, Gabriel Pillar. Leitura e sustentabilidade. Nova Escola, São Paulo, SP, n° 18, abr. 2008.

KLEIMAN, Ângela. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. 12ed. Campinas SP: Pontes, 2009.

LAJOLO, M. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. 5.ed. São Paulo: Ática, 2000.

LAJOLO, M. Usos e abusos da literatura na escola. São Paulo, Globo, 1982.

LINARD, Fred; LIMA, Eduardo. O X da questão. Nova Escola, São Paulo, SP, n° 18, abr. 2008.

ORLANDI, Eni Pulcinelli. Discurso e leitura. 6. ed. São Paulo, Cortez; Campinas, 2001.

PAULA, Laura, S. Teoria da literatura. Curitiba, PR: Intersberes, 2012.

PEREIRA, Mara; SOUZA, Luana; KIRCHOF, Edgar. Literatura infanto-juvenil. Curitiba, Intersaberes, 2012.

SANTOS, Vanusia Amorim Pereira dos. Professor mediador de leitura: a importância e a necessidade da formação docente para o ensino de leitura. Brazilian Journal of Development. Vol &, nº 1(2021) Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/23436/18820. Acesso em: maio, 2021.

SILVA, Ezequiel Teodoro da. O ato de ler: fundamentos psicológicos para uma nova pedagogia da leitura. 4. ed. São Paulo: Cortez Autores Associados, 1987.

SMITH, Frank. Leitura significativa. 3ª edição. Porto Alegre: Artes Médicas. 1999.

VYGOTSKY, Lev, S. Pensamento e Linguagem. 2. ed. São Paulo: Martins fontes, 1999.

ZILBERMAN, Regina. Leitura: Perspectivas Interdisciplinares. São Paulo: Ática, 1995.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-108

Refbacks

  • There are currently no refbacks.