Experiências no PIBIC: o ensino da conservação e restauro no curso de arquitetura e urbanismo da UFS/SE/Campus de Laranjeiras/ Experiences in PIBIC: the teaching of conservation and restoration in the course of architecture and urbanism at UFS/SE/ Laranjeiras Campus

Eder Donizeti da Silva, Adriana Dantas Nogueira

Abstract


Este artigo procura identificar/analisar as dificuldades apresentadas no ensino da conservação e restauro de edificações históricas presentes na formação do arquiteto urbanista, utilizando dos resultados aferidos em seis projetos desenvolvidos no PIBIC/UFS. O estudo permeia reflexões críticas sobre o ensino da conservação e restauro no Brasil. Bem como apresenta as diretrizes desenvolvidas pelos projetos, com metodologias empregadas nos últimos 4 anos de pesquisa no Centro de Tecnologia da Conservação e Restauro da UFS Campus de Laranjeiras. Os resultados finais são demonstrados em uma avaliação concisa dos aspectos que agregam valor a uma formação mais científica do aluno de arquitetura e urbanismo frente a necessidade da conservação e restauro de objetos portadores de juízo de valor patrimonial.


Keywords


Ensino, Conservação, Restauro, Patrimônio, Arquitetura.

References


A LÂMPADA da Memória/John Ruskin, tradução e apresentação Maria Lúcia Bressan Pinheiro; revisão Beatriz e Gladys Mugayar Kuhl. – Cotia-SP: Atelier Editoria, 2008.

AZEVEDO, Paulo Ormindo in PESSOTTI, Luciene; RIBEIRO, Nelson Porto. A Construção da Cidade Portuguesa na América. Rio de Janeiro: PoD, 2011.

BARROS, Júlio Cesar Victória; BARROS, Alzira Costa Rodrigues; MARDEN, Sanzio. Restauração do Patrimônio Histórico: uma proposta para formação de agentes difusores. São Paulo: SENAI, 2013.

CHOAY, Françoise. Alegoria do Patrimônio. Lisboa: Edições 70, 1999.

COLETÂNEA DE LEIS sobre preservação do patrimônio – Rio de Janeiro: IPHAN, 2006.

FOLDER PIBIC 2018. < http://www.ufs.br/> acesso 20 de julh. 2018.

GUSTAVO GIOVANNONI: Textos Escolhidos. Tradução Renata Campello Cabral, Carlos Roberto M. de Andrade, Beatriz Mugayar Kuhl. – Cotia, SP: Atelier Editorial, 2013.

NUNES, Maria Thetis. Sergipe Colonial I. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989.

O CULTO MODERNO DOS MONUMENTOS: a sua essência e a sua origem/ Alois Riegl. tradução Werner Roshschild Davidsohn, Anat Farbel. 1 ed. São Paulo: Perspectiva, 2014.

OLIVEIRA, Mario Mendonça. A Documentação como ferramenta da preservação da memória. Brasília/DF: IPHAN/Programa Monumenta, 2008. (Cadernos Técnicos n. 7).

OLIVEIRA, Mario Mendonça. Tecnologia de conservação e de restauração – materiais e roteiros. Um roteiro de estudos, Salvador: EDUFBA: ABRACOR, 2002.

OLIVEIRA, Philadelfo Jonathas de. Registros de fatos históricos de Laranjeiras. Aracaju: Casa Avila, 1942.

OS RESTAURADORES: conferência feita na exposição de Turim em 7 de junho de 1884/Camillo Boito, tradução Paulo Mugayar Kuhl; Beatriz Mugayar Kuhl, revisão Renaya Maria Parreira Cordeiro – 3 ed. Cotia-SP: Ateliêr editorial, 2008.

RESTARURAÇÃO/ Eugène Emmanuel Viollet-le-Duc; apresentação e tradução Beatriz Mugayar Kuhl. 4 ed. – Cotia, SP: Atelier editorial, 2006.

RODRIGUEZ, José Coscollano. Restauración y Reabilitacion de Edifícios. Madrid: THONSON/Paraninfo, 2003.

TEORIA DA RESTAURAÇÃO/Cesare Brandi; tradução Beatriz Mugayar kuhl, apresentação Giovanni Carbonara, revisão Renata Maria Parreira Cordeiro – Cotia/SP: Atelier Editorial, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-042

Refbacks

  • There are currently no refbacks.