A implementação da estratégia de produção mais limpa em uma indústria de pisos de madeira / Implementing a cleaner production strategy in a wood flooring industry

Lenoir Hoeckesfeld, Alatan Felipe Caldart, Vinicius Augusto Morais, Alvaro Braga de Moura Neto

Abstract


A necessidade de se aplicar ações que diminuam o impacto ambiental se tornou cada vez mais necessário em âmbito empresarial, com isso vem se tornando cada vez mais necessária a implementação da estratégia de Gestão Ambiental de Produção Mais Limpa (P+L). O presente estudo tem como objetivo analisar a implementação de projetos de P+L em uma indústria do ramo madeireiro de fabricação de pisos localizada na cidade de Alta Floresta, MT. Trata-se de estudo qualitativo-exploratório, com dados coletados através de entrevistas em profundidade e analisados por meio da análise de conteúdo com categorização temática. Como principais resultados, identificou-se que a empresa em estudo realiza 5 etapas com 14 passos da implementação da estratégia, tendo na etapa 1 a insuficiência no passo de comprometimento gerencial, e apresentando como principal benefício o melhoramento econômico. Como contribuições temos que este estudo possibilita que se torne perceptível para a gerência da empresa as etapas e passos que precisam de melhoria para serem corrigidos, além de indicar os pontos fortes da implementação da estratégia de P+L.

Keywords


Estratégia de Gestão Ambiental, Impacto Ambiental, Meio Ambiente, Redução de Resíduos.

References


ANACLETO, C; BEUREN, F. H.; LOHN, V. M.; CAMPOS, L. M. S.; MIGUEL, P. A. C. Ecoeficiência e Produção Mais Limpa: Uma análise das publicações em quatro periódicos brasileiros da Engenharia de Produção. Sistemas & Gestão, v. 7, n. 3, 2012.p. 476.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo - SP: Edições 70, 2011.

CNTL, Centro Nacional de Tecnologias Limpas. Cinco Fases da Implantação de Técnicas de Produção Mais Limpa. Senai: Porto Alegre, 2003. Disponível em: https://www.senairs.org.br/sites/default/files/documents/manual_cinco_fases_da_produthoo_mais_limpa.pdf - Acesso em 16 de setembro de 2019.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. 12a ed. Porto Alegre. AMGH. 2016. p. 131-146.

DE SOUZA SANTOS, J.; DOS SANTOS, E. M.; DEL MOURO, G. C. F. As diferentes faces da Sustentabilidade: uma análise bibliométrica. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 52829-52847, 2020.

DONAIRE, D.; OLIVEIRA, E. C. Gestão ambiental na empresa: fundamentos e

aplicações. 3ª ed. São Paulo, 2018. p. 33

Declaração do Rio de Janeiro. Estud. Av., São Paulo, v. 6, n. 15, p. 153-159, Aug. 1992. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103- 40141992000200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em 07 de junho de 2019.

MATOS, L. M; ANHOLON, R.; SILVA, D.; ORDONEZ, R. E. C.; QUELHAS, O. L. G.; FILHO, W. L.; SANTA-EULALIA, L. A. Implementation of cleaner production: A ten-year retrospective on benefits and difficulties found. Journal of Cleaner Production, v. 187, p. 409-420, 2018.

PIMENTA, H. C. D; GOUVINHAS, R. P. A produção mais limpa como ferramenta da sustentabilidade empresarial: um estudo no estado do Rio Grande do Norte. Production, v. 22, n. 3, 2012. p. 462-476.

SCHNEIDER, V. E.; NEHME, M. C.; BEM, F. Pólo moveleiro da serra gaúcha: sistemas de gerenciamento ambiental na indústria moveleira. Caxias do Sul: Educs, 2006. p. 31-42.

UN ENVIRONMENT. About UN Environment. Disponível em: . Acesso em: 16 de junho de 2019.

UNEP (UNITED NATIONS ENVIRONMENTAL PROGRAMME). Disponível: . Acesso em: 12 de outubro de 2019.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5a ed. Porto Alegre: Bookman. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-023

Refbacks

  • There are currently no refbacks.