Respiração basal de substratos antes e após testes de germinação de sementes de canola/ Basal breath in substrates before and after germany testing of canola seeds

Adriana Rodolfo Costa, Patrícia Costa Silva, Franciele de Freitas Silva, Igor Plínio Santos, Larissa da Silva Sousa, Matheus Batista Sabino, Mariana Batista Elias, Lucas de Souza Stival

Abstract


 A respiração basal do solo pode ser considerada um indicador da qualidade do solo, pois atua em diversos processos e, portanto, pode ser um dos parâmetros utilizados no monitoramento da decomposição da matéria orgânica no solo. Tendo-se em vista que a respiração basal é uma das formas de se avaliar a atividade microbiana no solo/substrato, o objetivo deste estudo foi avaliar a respiração basal de substratos como solo e areia, sob efeito da esterilização dos mesmos, antes e após a realização dos testes empregados em análises de sementes. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema de parcelas subdivididas: a parcela com 2 substratos (areia e solo); e a subparcela 3 condições de avaliações (substrato esterilizado, substrato antes e após teste de emergência de plântulas de canola), com 6 repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância (ANAVA) e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A areia apresentou baixa atividade microbiana, estimada pela respiração basal (RB), tanto em condições ambientes e após esterilização. No entanto, a RB neste substrato foi desenvolvida apenas após o restabelecimento da umidade e emergência de plântulas de canola por doze dias. O substrato solo quando esterilizado apresentou respiração basal similar à areia, sendo assim pode-se recomendar esterilizá-lo antes da realização de testes de emergência de plântulas em solo. A RB foi influenciada pelo restabelecimento da umidade do substrato, bem como pelo desenvolvimento de plântulas de canola. O solo, de textura argilosa, apresentou maior atividade microbiana que a areia antes e após a emergência das plântulas de canola.


Keywords


atividade microbiana, substrato areia, substrato solo.

References


ALLEN, D.E.; SINGH, B.P.; DALAL, R.C. Soil health indicators, soil health and climate change. A review of current knowledge. In B.P. Singh et al. (eds.). Soil Health and Climate Change, Soil Biology, 29, p 25-45, 2011.

ALVARES, C. A.; STAPE, J. L.; SENTELHAS, P. C.; GONÇALVES, J. L. M.; SPAROVEK G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v. 22, n. 6, p.711–728, 2013.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. ed. 1, Brasília: Mapa/ACS, 2009. 161 p.

DADALTO, J. P.; FERNANDES, H. C.; TEIXEIRA, M. M.; CECON, P. R.; MATOS, A. T. Sistema de preparo do solo e sua influência na atividade microbiana. Revista Engenharia Agrícola. Jaboticabal, v. 35, n. 3, p. 506-513. 2015.

D’ANDREA, A. F. D.; SILVA, M. L. N.; CURI, N.; SIQUEIRA, J. O.; CARNEIRO, M. A. C. Atributo biológicos indicadores na qualidade do solo em sistemas de manejo na região do cerrado no sul do estado de Goiás. Revista Brasileira de Ciência do Solo. v.26, n.4, p. 913-923, 2002.

DINIZ. L. T.; RAMOS, M. L. G.; VIVALDI, L. J.; ALENCAR, C. M.; JUNQUEIRA, N. T. V. Alterações microbianas e químicas de um Gleissolo sob macaubeiras nativas em função da variação sazonal e espacial. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 30, n. 3, p. 750-762, 2014.

ESPÍNDOLA, S. P.; BOBUĽSKÁ, L.; FERREIRA, A. S. Impact of nitrogen additions on soil microbial respiration and temperature sensitivity in native and agricultural ecosystems in the Brazilian Cerrado. Journal of Thermal Biology. v. 75, n. 1, 2018.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a Guide for its Bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, v. 38, n. 2, p. 109-112, 2014.

FRAZÃO, L. A.; PICCOLO, M. C.; FEIGL, B. J.; CERRI, C. C.; CERRI, C. E. P. Inorganic nitrogen, microbial biomass and microbial activity of a sandy Brazilian Cerrado, soil under different land uses. Agriculture, Ecosystems and Environment, Amsterdam, v. 135, p. 161-167, 2010.

FREITAS, I. C. V.; CORRÊA, G. F.; WENDLING, B.; BOBUL’SKÁ, L.; FERREIRA, A. S. Soil textural class plays a major role in evaluating the effects of land use on soil quality indicators. Ecological Indicators. v. 74, n. 1, p. 182-190, 2017.

HURSH, A.; BALLANTYNE, A.; COOPER, L.; MANETA, M.; KIMBALL, J.; WATTS, J. The sensitivity of soil respiration to soil temperature, moisture, and carbon supply at the global scale. Global Change Biology, v. 23, n. 5, p. 2090–2103, 2017.

PIMENTEL-GOMES, F. Curso de estatística experimental. 15. ed., Piracicaba: Fealq, 2009, 451 p.

SAMPAIO, D. B.; ARAÚJO, A. S. F.; SANTOS, V. B. Avaliação de indicadores biológicos de qualidade do solo sob sistemas de cultivo convencional e orgânico de frutas. Ciência e Agrotecnologia. v. 32, n. 2, p. 353-359, 2008.

SILVA, E. E.; AZEVEDO, P. H. S.; De-POLLI, H. Determinação da respiração basal e quociente metabólico do solo (qCO2). Embrapa Agroecologia, Seropédica, Comunicado Técnico 99, 2007.

SILVA, R. R.; SILVA, M. L. N.; CARSOSO, E. L.; MOREIRA, F. M. S.; CURI, N.; ALOVISI, A. M. T. Biomassa e atividade microbiana em solos sob diferentes sistemas de manejo na região fisiográfica campos das vertentes – MG. Revista Brasileira de Ciência do Solo. v. 34, n. 5, p. 1585-1592, 2010.

SILVA, J. M.; ALBUQUERQUE, L. S.; SANTOS, T. M. C.; OLIVEIRA, J. U. L.; GUEDES, E. L. F. Mineralização de vermicompostos estimada pela respiração microbiana. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 8, n. 4, p. 132-135, 2013.

SOUZA, E. D.; CARNEIRO, M. A. C.; PAULINO, H. B.; SILVA, C. A.; BUZETTI, S. Frações do carbono orgânico, biomassa e atividade microbiana em um Latossolo Vermelho sob cerrado submetido a diferentes sistemas de manejos e usos do solo. Acta Scientiarum Agronomy. v. 28, n. 3, p. 323-329, 2006.

SOUZA, D. A.; MARQUES, R. D.; ALMEIDA, A. C.; LESCANO, L. E. A. M.; DEMÉTRIO, G. B.; MATSUMOTO, L. S. Atributos microbiológicos do solo sob sistemas integrados de produção. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA AGROPECUÁRIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL (CBMAAA), 1., 2016, Jaboticabal. Anais... Jaboticabal: Ciência & Tecnologia: FATEC-JB, v. 8, 2016.

URBANO, L. C.; CHAGAS, M. V. S.; RIBEIRO, A. F.; SOUZA, C. H. E.; GONÇALVES, R. C. Efeito da aplicação de fertilizantes nitrogenados sobre a atividade biológica no solo. In: CONGRESSO MINEIRO DE ENGENHARIAS E ARQUITETURA - CENAR STARTUPS E INOVAÇÃO. v.1, n.1, 2015, Patos de Minas. Anais... Patos de Minas: Revista CENAR, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-005

Refbacks

  • There are currently no refbacks.