Caracterização e utilização do carotenoide bixina, extrato da semente do urucum (Bixa Orellana L.) como agente pigmentante nas dietas de animais não-ruminantes / Characterization and use of the carotenoid bixin, urucum seed extract (Bixa Orellana L.) as a pigmenting agent in diets for non-ruminant animals

Helia Sharlane de Holanda Oliveiras, Apolônio Gomes Ribeiro, Dayane Albuquerque da Silva, Gabriel Miranda Macambira, Ana Carolina Ferreira dos Santos, Marcos Rafael de Sousa Rodrigues, Mirelio Ferreira da Silva, Maria Aline Alves Mota, Jéssica Maria dos Santos Silva, Maria Lorrane Saldanha Ferreira

Abstract


Esta revisão tem como objetivo principal a elucidação de algumas lacunas sobre o uso da Bixiga na alimentação e no desempenho animal, bem como sua composição bromatológica, ação antioxidante e anti-inflamatória quando fornecido na dieta de animais não-ruminantes. Atualmente, o desenvolvimento de dietas com baixo custo de produção está recebendo cada vez mais atenção pelas indústrias alimentícias, devido ao aumento dos custos da matéria prima. Produzir de forma intensiva, requer muitas vezes algumas mudanças, principalmente nas composições das dietas. A produção intensiva de animais não-ruminantes é um exemplo disso, o milho muitas vezes é substituído pelo sorgo devido às fortes mudanças de preço do cereal. Entretanto, este ingrediente alternativo por apresentar baixos índices de carotenoides xantofilicos, contribui para produtos com baixa pigmentação, este fato deprime a comercialização dos produtos de origem animal como ovos, pele e carcaça. Neste aspecto, as inclusões de fontes exógenas de agentes pigmentantes como Bixiga torna-se importante por devolver a pigmentação aos produtos de origem animal. Como demonstrado em estudo, além da capacidade pigmentante, a Bixiga também possui potencial antioxidante, redutor de colesterol e triglicerídeos, e elevador dos níveis de HDL. Com isso, o corante mostra-se como um importante atrativo para as indústrias alimentícias, que buscam atender as expectativas dos consumidores por produtos mais saudáveis, livres de gorduras e com tonalidade diferenciada da carne e gema dos ovos.


Keywords


Aditivo, Antioxidante, Corante Natural, Diapocarotenoide, Sementes.

References


ASSUENA, V. et al. Substituição do milho pelo sorgo em rações para poedeiras comerciais formuladas com diferentes critérios de atendimento das exigências em aminoácidos. Ciência Animal Brasileira, v. 9, n. 1, p. 93–99, 2008.

BRASIL. Instrução Normativa N° 13, de 30 de novembro de 2004. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, v. 18, p. 1–13, 2004.

BRASIL. Instrução Normativa N° 15, de 26 de maio de 2009. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, p. 1–8, 2009.

BRAZ;, N. M. et al. Semente residual do urucum na alimentação de poedeiras comerciais: desempenho e características dos ovos. Acta Scientiarum. Animal Sciences, v. 29, n. 2, p. 129–133, 2007.

CASTRO;, C. B. et al. A cultura do Urucum. In: Embrapa Amazônia Oriental - 2. ed. rev. ampl. - Brasília, DF : Embrapa Informação Tecnológica, p. 1–66, 2009.

CASTRO, W. DE F. Avaliação do Efeito Protetor do Colorífico como Antioxidante Natural na Oxidação Lipídica em Carne de Frango. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências de Alimentos) Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas SP, São Paulo.

CLYDESDALE, F. M. Color as a factor in food choice. Critical Reviews in Food Science and Nutrition, v. 33, n. 1, p. 83–101, 1993.

CONSTANT, P. B. L.; STRINGHETA, P. C.; SANDI, D. Corantes Alimentícios. Boletim do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos, v. 20, n. 2, p. 203–220, 2002.

COSTA, F. G. P. et al. Efeitos da inclusão do extrato oleoso de urucum em rações de poedeiras com substituição total ou parcial do milho pelo sorgo de baixo tanino. Acta Scientiarum. Animal Sciences, v. 28, n. 4, p. 409–414, 2006.

DANTAS;, F. D. T. Resíduo da semente do urucum em rações contendo sorgo para poedeiras comerciais. 2014. Dissertação (Mestrado em Zootécnia na área de Cnsentração: Nutrição Animal e Forragicultura) apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza.

DEMCZUK JR, B.; RIBANI;, R. H. Atualidades sobre a química e a utilização do urucum (Bixa orellana L.). Revista Brasileira de Pesquisa em Alimentos, v. 6, n. 1, p. 37–50, 2015.

FRANCO;, C. F. DE O.; OLIVEIRA;, T. T. DE; NETO;, M. B. Ação dos corantes naturais de urucum no tratamento da hiperlipidemia em coelhos. Tecnol. & Ciên. Agropec, v. 7, p. 51–54, 2013.

FREIRE;, S. M. M. Qualidade do urucum (Bixa orellana L.) produzido pelos agricultores familiares do agreste paraibano. 2017. Trabalho de Conclusão do Curso Superior (Tecnólogo em Alimentos) Centro de Tecnologia e Desenvolvimento Regional, da Universidade Federal da Paraíba, Paraíba.

GARCIA, C. E. R. et al. Carotenoides bixina e norbixina extraídos do urucum (Bixa orellana L.) como antioxidantes em produtos cárneos. Ciência Rural, v. 42, n. 8, p. 1510–1517, 2012.

GIULIANO, G.; ROSATI, C.; BRAMLEY, P. M. To dye or not to dye: Biochemistry of annatto unveiled. Trends in Biotechnology, v. 21, n. 12, p. 513–516, 2003.

GOMES;, S. M. DE S.; BRUNO;, R. DE L. A. Influência da Temperatura e Substratos na Germinação de Sementes de Urucum (Bixa Orellana L.). Revista Brasileira de Sementes, v. 14, n. 1, p. 47–50, 1992.

HAILA, K. M.; LIEVONEN, S. M.; HEINONEN, M. I. Effects of Lutein, Lycopene, Annatto, and γ-Tocopherol on Autoxidation of Triglycerides. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 44, n. 8, p. 2096–2100, 1996.

HARDER;, M. N. C. Efeito do urucum (Bixa Orellana) na alteração de características de ovos de galinhas poedeiras. [s.l.] Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” Efeito, 2005.

HARDER;, M. N. C.; CANNIATTI-BRAZACA;, S. G.; ARTHUR;, V. Avaliação quantitativa por colorímetro digital da cor do ovo de galinhas poedeiras alimentadas com urucum (Bixa orellana). RPCV, v. 102, n. 563–564, p. 339–342, 2007.

MAIA;, F. S.; LIMA-FILHO;, D. O.; SAUER;, L. Atributos indicadores de qualidade na carne de frango fresca. Avicultura Industrial, v. 9, n. 1, p. 53–56, 2005.

MANI, I. P. Inclusão de farelo da semente de urucum em rações para codornas japonesas. 2014. Dissertação (Mestrado em Zootécnia) apresentada no Programa de Pós-Graduação em Zootecnia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano – campus Rio Verde, Goiás.

MARTÍNEZ-TOMÉ, M. et al. Antioxidant properties of Mediterranean spices compared with common food additives. Journal of Food Protection, v. 64, n. 9, p. 1412–1419, 2001.

MARTÍNEZ, Y. et al. Use of achiote (Bixa orellana L.) seed powder as pigment of the egg yolk of laying hens. Journal of Applied Poultry Research, v. 30, n. 2, p. 1–10, 2021.

MERCADANTE, A. Z. et al. Effect of natural pigments on the oxidative stability of sausages stored under refrigeration. Meat Science, v. 84, n. 4, p. 718–726, 2010.

MOURA;, A. M. A. DE et al. Características sensoriais de ovos de codornas japonesas (Coturnix japonica Temminck E Schlegel, 1849) suplementadas com pigmentantes sintéticos e selenometionina. Ciênc. agrotec., Lavras, v. 33, n. 6, p. 1594–1600, 2009.

NACHTIGALL, A. M. et al. Estudo da saponificação em pigmentos de urucum. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 29, n. 4, p. 873–878, 2009.

PACHECO;, S. D. G. Uso do sal de bixina extraído do urucum (bixa orellana l.) Como substituinte do nitrito de sódio em produtos cárneos reestruturados. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Setor de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Paraná, Paraná.

PÉREZ-VENDRELL, A. M. et al. Influence of source and ratio of xanthophyll pigments on broiler chicken pigmentation and performance. Poultry Science, v. 80, n. 3, p. 320–326, 2001.

PRESTON;, H. D.; RICKARD;, M. D. Extraction and chemistry of Annatto. Food Chemistry, v. 5, n. 1, p. 47–56, 1980.

RADDATZ-MOTA, D. et al. Achiote (Bixa orellana L.): a natural source of pigment and vitamin E. Journal of Food Science and Technology, v. 54, n. 6, p. 1729–1741, 2017.

RODRIGUES;, F. . et al. Efeitos da naringenina e da bixina sobre o metabolismo lipídico de coelhos. NewsLab, v. 81, n. 1, p. 116–124, 2007.

SATYANARAYANA, A.; PRABHAKARA RAO, P. G.; RAO, D. G. Chemistry, Processing and Toxicology of Annatto (Bixa orellana L.). Journal of Food Science and Technology, v. 40, n. 2, p. 131–141, 2003.

SILVA;, J. H. V. DA; ALBINO;, L. F. T.; GODÓI;, M. J. DE S. Efeito do Extrato de Urucum na Pigmentação da Gema dos Ovos. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 29, n. 5, p. 1435–1439, 2000.

SILVA, C. R.; GREGGI ANTUNES, L. M.; BIANCHI;, M. DE L. P. Antioxidant action of bixin against cisplatin-induced chromosome aberrations and lipid peroxidation in rats. Pharmacological Research, v. 43, n. 6, p. 561–566, 2001.

SILVA, R. V. D. DA. Características pse em carne de frango suplementado com urucum (Bixa orellana L.). 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) Programa de Pós-graduação Ciências Farmacêuticas, Setor de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Paraná, Paraná.

SOUZA;, D. H. Avaliação nutricional do resíduo da semente do urucum e sua utilização em rações para frangos de crescimento lento contendo sorgo como principal fonte de energia. 2014. Dissertação (Mestrado em Zootecnia. Área de concentração: Nutrição Animal e Forragicultura) Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza.

TAHAM;, T. Extração de compostos bioativos das sementes de urucum utilizando tecnologias combinadas. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Química) Programa de Pós- Graduação em Engenharia Química da Universidade Federal de Uberlândia - MG, Minas Gerais.

ZHANG, L. X.; COONEY, R. V.; BERTRAM, J. S. Carotenoids enhance gap junctional communication and inhibit lipid peroxidation in C3H/10T1/2 cells: Relationship to their cancer chemopreventive action. Carcinogenesis, v. 12, n. 11, p. 2109–2114, 1991.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-703

Refbacks

  • There are currently no refbacks.