Os impactos da onda de calor de 2019 sobre a saúde da população na cidade de Bauru (Estado de São Paulo - Brasil) / The impacts of the 2019 heatwave on population health in the city of Bauru (State of Sao Paulo - Brazil)

Sheila Regina Sarra, Roberta Consentino Kronka Mülfarth

Abstract


O mês de Janeiro de 2019 foi marcado pelas altas temperaturas. A cidade de Bauru foi impactada pela anomalia climática, apresentando temperaturas médias diárias acima do valor da normal climatológica e temperaturas máximas diárias iguais ou superiores a 35°C (95°F) durante períodos de até seis dias consecutivos. Esta situação trouxe sérios impactos para a saúde da população, provocando aumento de internações hospitalares por Enfarte Agudo do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral Isquêmico, Diabetes Mellitus, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, Diarreia e Gastroenterite de origem infecciosa e Dengue, quando comparado com igual período de 2018. Em relação aos poluentes atmosféricos, não se observou elevação das concentrações em nenhum momento do período de avaliação. Ao demonstrar a associação da onda de calor de 2019 com aumento das internações hospitalares por diversas morbidades, o presente estudo expõe os riscos do aquecimento global para a saúde da população urbana. Trata-se de um sério problema de saúde pública que demanda o planejamento e execução de ações apropriadas para minimizar os efeitos das futuras ondas de calor sobre a saúde da população.


Keywords


Onda de Calor, Aquecimento Global, Saúde.

References


BARCELLOS, C.; MONTEIRO, A. M. V.; CORVALÁN, C.; GURGEL, H. C.; CARVALHO, M. S.; ARTAXO, P.; HACOM, S.; RAGONI, V. Mudanças climáticas e ambientais e as doenças infecciosas: cenários e incertezas para o Brasil. Epidemiologia e Serviços de. Saúde, 18(3), p.285-304, 2009.

CHAN, E. Y. Y.; HO, J. Y.; HUNG, H. H. Y.; LIU, S.; LAM, H. C. Y. Health impact of climate change in cities of middle-income countries: the case of China. British Medical Bulletin, v. 130, p. 5–24, 2019.

COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO - CETESB. Padrões de Qualidade do Ar. Disponível em: . Acesso em 20 mar 2021.

COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO - CETESB. QUALAR - Qualidade do Ar. Disponível em: < https://cetesb.sp.gov.br/ar/qualar/>. Acesso em 20 mar 2021.

DILAVERIS, P.; SYNETOS, A.; GIANNOPOULOS, G.; GIALAFOS, E.; PANTAZIS, A.; STEFANADIS, C. Climate impacts on myocardial infarction deaths in the Athens territory: the climate study. Heart, v. 92, n. 12, 2006.

EBI, K. L.; MCGREGOR, G. Climate Change, Tropospheric Ozone and Particulate Matter, and Health Impacts. Environmental Health Perspectives, v. 116(11), p. 1449–1455, 2008.

INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA (INMET). Monitoramento de temperatura. Disponível em: https://clima.inmet.gov.br. Acesso em 03 mai 2021.

KWON, B.; LEE, E.; LEE, S.; HEO, S.; JO, K.; KIM, J.; PARK, M. Vulnerabilities to Temperature Effects on Acute Myocardial Infarction Hospital Admissions in South Korea. International Journal of Environmental Research and Public Health, 12(11), p. 14571–14588, 2015.

MEDINA-RAMÓN, M.; ZANOBETTI, A.; SCHWARTZ, J. The Effect of Ozone and PM10 on Hospital Admissions for Pneumonia and Chronic Obstructive Pulmonary Disease: A National Multicity Study. American Journal of Epidemiology, 163(6), p. 579–588, 2006.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Informações de Saúde pelo Sistema DATASUS. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sih/cnv/nrsp.def. Acesso em 15 Abril 2020.

MONTEIRO, V. B.; ARAÚJO, J. A. Aspectos socioeconômicos e climáticos que impactam a ocorrência de dengue no Brasil: análise municipal de 2008 a 2011 por regressões quantílicas para dados em painel. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 5, p. 28126-28145, 2020.

NOGUEIRA, P. J.; NUNES, A. R.; NUNES, B.; FALCÃO, J. M.; FERRINHO, P. Internamentos hospitalares associados à onda de calor de Agosto de 2003: evidências de associação entre morbilidade e ocorrência de calor. Revista portuguesa de saúde pública, v. 27, n. 2, p. 87-102, 2007.

WATTS, N.; AMANN, M.; AYEB-KARLSSON, S.; ET AL. The Lancet Countdown on health and climate change: from 25 years of inaction to a global transformation for public health. Lancet, v. 391, p. 581–630, 2018.

WORLD METEOROLOGICAL ORGANIZATION (WMO); WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Heatwaves and Health: Guidance on Warning-System Development. 2015. Disponível em: https://www.who.int/globalchange/publications/WMO_WHO_Heat_Health_Guidance_2015.pdf. Acesso em 02 mai 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-668

Refbacks

  • There are currently no refbacks.