Correlação entre a concentração de Vitamina D e a contagem total e diferencial de Leucócitos / Correlation between Vitamin D concentration and total and differential Leukocyte count

Daniel Lamour, Eduardo Ottobelli Chielle

Abstract


Introdução: A vitamina D é um hormônio sintetizado no corpo humano a partir da exposição à luz solar. Sua função mais conhecida é a regulação dos níveis séricos de cálcio e fósforo. Contudo, ela apresenta outras funções, como a regulação do sistema imunológico. Este trabalho teve como objetivo verificar os níveis séricos de 25-hidroxivitamina D e identificar possíveis associações manifestas no leucograma dos pacientes.

Materiais e métodos: Foi realizado um estudo clínico do tipo transversal, quali-quantitativo com análise de dados, onde foram comparados valores de vitamina D com o Leucograma de 102 mulheres e 31 homens.

Resultados: Apenas 19,61% das mulheres e 41,94% dos homens apresentaram níveis suficientes de vitamina D. Observou-se uma normalidade entre homens e mulheres, tanto na contagem global como na diferencial. A menor contagem de leucócitos totais e diferencial foi observada no grupo com vitamina D insuficiente.

Conclusão: Os resultados mostraram que mais de 80% das mulheres e mais de 58% dos homens participantes do estudo possuem hipovitaminose D, condizendo com a realidade mundial. Pacientes com níveis de 25-hidroxivitamina D insuficientes (20-30 ng/mL) apresentaram leucometria total e diferencial reduzida em relação aos pacientes com níveis satisfatórios ( > 30 ng/mL).


Keywords


Vitamina D, Leucócitos, Hormônios, Imunidade.

References


GONÇALVES, Tânia Raquel Pereira. Vitamina D na doença oncológica pediátrica. 2019.

DO NASCIMENTO, Higor Vinicius Alves et al. Estudo de polimorfismos no gene receptor da vitamina D em pacientes com a doença de Alzheimer. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 12, p. 94546-94554, 2020.

CAVALCANTE, Ana Flávia Leal. O papel da vitamina D nas Doenças Inflamatórias Intestinais. 2020.

CARDOSO, Felipe Esdras Lucas et al. Suplementação de vitamina D e seus análogos para tratamento de disfunção endotelial e doenças cardiovasculares. Jornal Vascular Brasileiro, v. 19, 2020.

MOURA, Annyelle Araújo de; BERRONDO, Roberta Emerenciano. A insuficiência da vitamina D nos pacientes portadores de doenças autoimunes e o impacto na qualidade de vida. 2020.

SILVINO, Valmir Oliveira et al. Vitamina D e doenças infectocontagiosas na pandemia da COVID-19. Research, Society and Development, v. 9, n. 7, p. e771974614-e771974614, 2020.

DOMICIANO, Diogo; DE MOURA CASTRO, Charlles Heldan. vitamina d em doenças reumatológicas. a importância da vitamina d na saúde da mulher, p. 57. 2017.

PAIVA, Helder Henrique. Hematologia- Células do sangue, Resumos de Hematologia: hematopoese: regulação e microambiente. São Paulo: Universidade de São Paulo, [2019].

SILVA, Silvia Alves da. Polimorfismos dos genes das citocinas regulatórias (IL-10 e TGF-β1), inflamatória (IL-4) e do receptor de vitamina D em relação aos fenótipos clínicos da alergia às proteínas do leite de vaca. 2016.

ALMEIDA, Anderson Rodrigues de. Avaliação da atividade imunomoduladora e antifibrótica da vitamina D na esclerose sistêmica. 2018. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco.

DE AZEVEDO, João; ALVES, Paola de Araujo Sardenberg. análise dos aspectos bioquímicos da hipovitaminose de sua repercussão clínica. Revista Científica da Faculdade de Medicina de Campos, v. 12, n. 1, p. 45-49, 2017.

DANTAS, Maria Eugênia Oliveira. O papel da vitamina d nas doenças inflamatórias intestinais. 2020.

SIMIONI, Juliana A.; HEIMOVSKI, Flavia; SKARE, Thelma L. Acerca de lúpus, vitamina D e leucopenia. Revista brasileira de reumatologia, v. 56, n. 3, p. 206-211, 2016.

RODRIGUES, JOSI et al. Levantamento do leucograma da espécie canina, analisados no Laboratório de Análises Clínicas Veterinária-URCAMP/Bagé. ANAIS CONGREGA MIC-Mostra de Iniciação Científica e ANAIS MIC JR-Mostra de Iniciação Científica Jr, v. 1, 2016.

CÂNDIDO, Marília de Barros et al. Hipovitaminose D: uma revisão de literatura. 2020.

DA SILVA, Ádria Rodrigues et al. 25-hidroxivitamina D e exposição solar: uma análise epidemiológica entre os estudantes de medicina. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 2, p. 9239-9258, 2020.

Bogaczewicz J, Sysa-Jedrzejowska A, Arkuszewska C, Zabek J, Kontny E, McCauliffe DP, et al. Vitamin D status in systemic lupus erythematosus patients and its association with selected clinical and laboratory parameters. Lupus. 2012;21:477-84. 2012.

Baldini C, Tavoni A, Merlini G, Sebastiani M, Bombardieri S. Primary Sjogren's syndrome: clinical and serological feature of a single centre. Reumatismo. 2005;57:256-61.

Bunce CM, Brown G, Hewison M. Vitamin D and hematopoiesis. Trends Endocrinol Metab. 1997;8:245-51.

McCarthy DM, San Miguel JF, Freake HC, Green PM, Zola H, Catovsky D, et al. 1,25-Dihydroxyvitamin D3 inhibits proliferation of human promyelocytic leukaemia (HL60) cells and induces monocyte-macrophage differentiation in HL60 and normal human bone marrow cells. Leuk Res. 1983;7:51-5.

Barton AE, Bunce CM, Stockley RA, Harrisson P, Brown G. l,25-Dihydroxyvitamin D, promotes monocytopoiesis and suppresses granulocytopoiesis in cultures of normal human myeloid blast cclls. J Leukoc Biol. 1994;56:124-32.

KLAFF, Lindy S. et al. Lipopolysaccharide-induced lung injury is independent of serum vitamin D concentration. PLOS ONE, v. 7, n. 11, p. e49076, 2012.

MITULESCU, T. C. et al. The role of Vitamin D in immuno-inflammatory responses in ankylosing spondylitis patients with and without acute anterior uveitis. Journal of Medicine and Life, v. 9, n. 1, p. 26, 2016.

SHYMANSKYY, I. O. et al. Effects of vitamin D3 and vitamin E on prednisolone-induced alterations of phagocyte function. Eur Ver Med Pharmacol Sci, v. 20, n. 7, p. 1379-1383, 2016.

WANG, Tian-Tian et al. Direct and indirect induction by 1, 25-dihydroxyvitamin D3 of the NOD2/CARD15-defensin β2 innate immune pathway defective in Crohn disease. Journal of Biological Chemistry, v. 285, n. 4, p. 2227-2231, 2010.

RODRIGUES, Bráulio Brandão et al. Vitamina D na regulação do organismo humano e implicações de sua deficiência corporal. Brazilian Journal of Health Review, v. 2, n. 5, p. 4682-4692, 2019.

OLIVEIRA, Kathllyn Joyce De Jesus; NETO, João Ronaldo Tavares De Vasconcellos. A inserção de vitamina d no tratamento de doenças autoimunes. Revista Multidisciplinar em Saúde, v. 2, n. 2, p. 58-58, 2021.

DE OLIVEIRA, Bianca Mariele et al. Potencial imunomodulador da vitamina d: lúpus eritematoso. tcc-farmácia, 2021.

ALMEIDA, Anderson Rodrigues de. Avaliação da atividade imunomoduladora e antifibrótica da vitamina D na esclerose sistêmica. 2018. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco.

FUENTES-BARRIA, Héctor et al. Vitamina D y dolor: una reflexión crítica de la literatura. Perspectivas en Nutrición Humana, v. 23, n. 1, 2021.

LUIZ FERNANDO BARCELOS (Brasil) (ed.). Tratado de Análises Clínicas. Rio de Janeiro: Atheneu, 2018.

GARCÍA-CARRASCO, Mario et al. Vitamina D e inmunomodulación. Síndrome de Sjögren, p. 193. 2017.

RIEK, Amy E. et al. Vitamin D suppression of endoplasmic reticulum stress promotes an anti-atherogenic monocyte/macrophage phenotype in type 2 diabetic patients. Journal of Biological Chemistry, p. jbc. M112. 386912, 2012.

SUZUKI, H. et al. A rare variant in CYP27A1 and its association with atopic dermatitis with high serum total IgE. Allergy, v. 71, n. 10, p. 1486-1489, 2016.

LIU, Xin et al. Gene–vitamin D interactions on food sensitization: a prospective birth cohort study. Allergy, v. 66, n. 11, p. 1442-1448, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-650

Refbacks

  • There are currently no refbacks.