A aventura de ler: a brincadeira de papéis sociais inspirada pela literatura infantil / The adventure of reading: the role play inspired by the children’s literature

Isabela Gonçalves de Oliveira, Mariana Montanhini da Silva

Abstract


O presente trabalho busca aproximar a literatura e as brincadeiras de papéis sociais, no sentido de a literatura servir como fomento para os jogos protagonizados. Neste contexto, traçou-se como objetivo compreender a importância da literatura, no caso específico da literatura infantil como constituinte do repertório da criança para o desenvolvimento das brincadeiras de papéis sociais. O texto apresenta a literatura sob sua função humanizadora, ou seja, capaz de apresentar ao homem toda sua criação cultural por meio do tempo. Em seguida, a pesquisa trata das brincadeiras de papéis sociais e sua importância para o desenvolvimento infantil, pautada nos autores da Teoria Histórico-Cultural. Dessa forma, o trabalho demostra que tanto a literatura quanto as brincadeiras de papéis sociais são fundamentais para o processo de humanização e de desenvolvimento das crianças, fato esse que justifica a literatura como um dos possíveis alicerces para o desenvolvimento das brincadeiras infantis. A metodologia de pesquisa é a revisão de literatura na área e o estudo bibliográfico, com base em autores da Teoria Histórico-Cultural que priorizam a brincadeira como fundamental para formação humana na infância e a literatura infantil como construtora de repertório para o desenvolvimento das brincadeiras de papéis sociais pelas crianças. Por meio das brincadeiras de papéis sociais, as crianças se apoderam da cultura produzida pelos homens ao longo do tempo. E a literatura infantil se torna grande aliada, pois além de se constituir como produção artística do homem para a humanização, ela pode ser conteúdo e, portanto suporte para as brincadeiras de papéis, uma vez que além de apresentar-se como depositária das mais diversas criações humanas, ela própria é uma criação humana.

 


Keywords


Brincadeira de Papéis, Literatura Infantil, Humanização.

References


ALVES, Ziraldo. O menino maluquinho. São Paulo: Melhoramentos, 1980.

BRASIL. Estatuto da criança e do adolescente: Lei federal nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Brasília, 1990. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2018.

_____. Critérios para o atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças. Brasília, DF: MEC/SEF/COEDI, 2009. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2018.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Brasília, DF: MEC/SEB, 2013. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2018.

CANDIDO, Antonio. A literatura e a formação do homem. Remate de Males – Antonio Candido. IEL/Revista do Departamento de Teoria Literária da UNICAMP, p. 81- 89, 1999.

______. O direito à literatura. In: Vários escritos. São Paulo/Rio de Janeiro: Duas Cidades/Ouro sobre Azul, 2004, p. 169-191.

ELKONIN, Daniil B. Psicologia do jogo. 2 ed.São Paulo: Martins Fontes, 2009.

GOBBO, Gislaine Rossler Rodrigues. O desenvolvimento da imaginação objetivado na brincadeira de papéis sociais pela mediação de gêneros discursivos. In: GOBBO, Gislaine Rossler Rodrigues. O desenvolvimento da imaginação infantil mediado por gêneros discursivos e objetivado em desenhos e brincadeiras de papéis sociais. Tese (Doutorado) – Doutorado em Educação, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2018. p. 242-265.

LEONTIEV, Alexis N.. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, Lev Semenovich; LURIA, Alexander Romanovich; LEONTIEV, Alexis N.. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 15. ed. São Paulo: ícone, 2017. p. 59-83.

MARCOLINO, Suzana. A brincadeira de papéis na escola da infância. In: COSTA, Sinara Almeida da; MELLO, Suely Amaral (Org.). Teoria histórico-cultural na educação infantil: conversando com professoras e professores. Curitiba: CRV, 2017. p. 153-164.

MARCOLINO, Suzana; BARROS, Flávia Cristina Oliveira Murbach de; MELLO, Suely Amaral. A teoria do jogo de Elkonin e a educação infantil. Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 18, n. 1, p.97-104, jan./abr. 2014. Quadrimestral. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2018.

MARCOLINO, Suzana. A mediação pedagógica na educação infantil para o desenvolvimento da brincadeira de papéis sociais. 2013. 193 f. Tese (Doutorado) – Doutorado em Educação, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2013. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2018.

MUKHINA, Valeria. Psicologia da idade pré-escolar. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

TODOROV, Tzvetan. A literatura em perigo. Rio de Janeiro: DIFEL, 2009

VALIENGO, Amanda; SOUZA, Silvana Paulina de. O mundo do faz de conta e os livros: a criança de 3 a 6 anos. In: GIROTTO, Cyntia Graziella G. Simões; SOUZA, Renata Junqueira de (Org.). Literatura e educação infantil: livros, imagens e prática de leitura. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2016. p. 103-130.

VIGOTSKI, Lev Semenovich. A brincadeira e o seu papel no desenvolvimento psíquico da criança. In: Revista Virtual De Gestão de Iniciativas Sociais. Rio de Janeiro, n. 8, p. 23-36, jun, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-649

Refbacks

  • There are currently no refbacks.