Segurança privada: uma visão retrospectiva / Private security: a retrospective view

Carmino Eduardo Pereira

Abstract


 A breve revisão da história pouco conhecida e pouco compreendida da segurança privada, remonta à compreensão de que esta atividade acompanha o homem desde tempos imemoriais, confundindo-se à sua própria história, como um direito natural à legítima defesa da vida, da família e dos bens. Perpassa brevemente a história da Guarda Suíça Pontifícia (em latim: Custodes Helvetici; em italiano: Guardie Svizzere) é o corpo de guarda responsável pela segurança do Papa, que pode ser considerada a primeira guarda privada formada por pessoas não pertencentes à própria comunidade ou pessoas a serem defendidas. Buscou-se, ainda, resgatar a profissionalização da atividade com empresas Wells, Fargo & Co  e Pinkerton’s National Detective Agency  nos Estados Unidos fundadas nos anos de 1850 a 1860. No Brasil a atividade organizada surgiu com o Decreto Lei 1.034/69 e atualmente a atividade é lei 7102/1983.


Keywords


Segurança Privada, Direito Natural, Legítima Defesa, Pinkerton. lei 7.102/1983.

References


BRASIL. lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União. Brasília, 10 de janeiro de 2002.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Emendas Constitucionais de Revisão. Diário Oficial da União. Brasília, 05 out. 1988.

BRASIL. DECRETO-LEI No 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Diário Oficial da União. Brasília, 31.12.1940 e retificado em 3.1.1941

CUBAS, Viviane de Oliveira. A Expansão das Empresas de Segurança Privada em São Paulo. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. São Paulo: USP, 2002.

GUERRERO, Hermes Vilchez. Do Excesso em legítima defesa. Belo Horizonte: Del Rey, 1997

https://tj-ba.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/930078773/apelacao-apl-5039855920178050146 /inteiro-teor-930078792 - acesso em 21/03/2021

LIPSON, Milton. Private Security: A Retrospective. Source: The Annals of the American Academy of Political and Social Science , Jul., 1988, Vol. 498, The Private Security Industry: Issues and Trends (Jul., 1988), pp. 11-22

NUCCI, Guilherme de Souza, Manual de Direito Penal: parte geral: parte especial. 5. Ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009.

https://miltonparron.band.uol.com.br/roubo-de-500-milhoes-no-coracao-de-sp/ - acesso em 28/03/2021

ROUSSEAU, Jean-Jacques. o contrato social. São Paulo: Cultrix, p.34

https://pinkerton.com/our-story/history - acesso em 28/03/2021

https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/96852

https://www.wellsfargohistory.com/our-story/ - acesso em 28/03/2021

https://www.cnj.jus.br/sistema-carcerario/cadastro-nacional-de-presos-bnmp-2-0/

https://www.g4s.com/who-we-are/our-history

https://www.guardiasvizzera.ch/paepstliche-schweizergarde/it/chi-siamo/la-storia/

ZANETIC, A. 2006. A questão da segurança privada: estudo do marco regulatório dos serviços particulares de segurança. São Paulo. Dissertação (Mestrado em Sociologia). Universidade de São Paulo.

https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/01/20/estatuto-da-seguranca-privada-deve-avancar-no-senado-neste-ano




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-542

Refbacks

  • There are currently no refbacks.