Usinabilidade de uma liga Al-6%Cu Solidificada em um Dispositivo Direcional Horizontal, pelo Critério de Temperatura de Corte / Machinability of an Al-6.0wt%Cu Alloy Solidified in a Horizontal Directional Device by Cutting Temperature Criterion

Syrleire Lopes de Paula e Silva, José Marcelino Silva Dias Filho, Caíque França dos Santos, Thiago Antônio Paixão de Sousa Costa, Otávio Fernandes Lima da Rocha, Maria Adrina Paixão de Souza da Silva

Abstract


A retirada de material através do contato da ferramenta de corte com a peça nas operações de usinagem, geram um grande gasto de energia em forma de calor devido ao atrito e deformação plástica que o material sofre. De acordo com o material e as condições de corte, o calor desprendido pode ser tão alto a ponto de comprometer a resistência e o desempenho da ferramenta. Atualmente existem diversos métodos para a medição de temperatura, no entanto poucos reproduzem fielmente os valores e o comportamento da temperatura no decorrer do processo. A melhoria das operações de usinagem, bem como o conhecimento das temperaturas poderá fornecer benefícios a redução dos mecanismos de desgaste, resultando em um aumento da vida útil da ferramenta. Nesta linha de pesquisa, este trabalho mede a temperatura de corte através de uma termocâmera acoplada ao torno mecânico utilizado no processo de sangramento da liga Al-6%Cu solidificada em um dispositivo direcional. Os resultados apresentam um comportamento variável da taxa de aquecimento durante a usinagem ao longo do lingote. Foi observado que a taxa de aquecimento cresce na zona colunar, mas tem uma redução drástica na zona de transição colunar-equiaxial, que pode ser justificado pela macroestrutura obtida durante o processo de solidificação.


Keywords


Temperatura de corte, Sangramento, Ligas Al-Cu.

References


ASM HANDBOOK, Volume 2, Properties and Selection: Nonferrous Alloys and Special-Purpose Materials, ASM International (American Society for Metals), Materials Park, Ohio, USA, 1992.

ARAVIND, M.; YU, P.; YAU, M.Y.; DICKON H.L. N. Formation of Al2Cu and AlCu intermetallics in Al(Cu) alloy matrix composites by reaction sintering. Materials Science and Engineering A, v.380, p. 384–393, 2004.

BOTELHO, T. I. M.; KONNO, C.; SILVA, M. A.; NASCIMENTO, A. S. Influência da Aplicação do Fluido de Corte no Processo de Torneamento no Aço ABNT 1045. In: I SAEMAT, 2017, Belém. I SAEMAT, 2017.

CAPUTO, C. P. Estudo comparativo entre a temperatura no torneamento convencional a seco por imagem termográfica e o modelo analítico de Trigger e Chao. Trabalho de conclusão de curso, Universidade Federal de Juiz de Fora. 2016.

DIAS FILHO, J. M. S.; Análise Teórico-Experimental dos Espaçamentos Dendríticos Primários e Secundários da Liga Al-6%Cu Solidificada Unidirecionalmente sob Condições Transitórias de Extração de Calor. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Materiais) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Belém, Pará, 2012.

FARIA, J. D.; BRITO, C.; COSTA, T. A. P. S.; VERISSIMO, N. C.; SANTOS, W. L. R.; DIAS FILHO, J. M. DA S.; GARCIA, A.; CHEUNG, N. Influência na Microestrutura e na Microdureza Decorrente da Adição de 4%Ag na Liga Al-4%Cu Solidificada Unidirecionalmente. Matéria (UFRJ), v. 20, p. 992-1007, 2015.

FERRARESI, D. Fundamentos da Usinagem dos metais. V.1, ed 13, São Paulo, Edgard Blücher, 2009.

FRANÇA, R. N. C.; MIRANDA, G. O.; GOMES, L.G Thermal parameters, structure and mechanical properties resulting from the horizontal solidification of aluminum alloys with the addition of 3 and 5% Nickel. Brazilian Journal of Development, v. 06, n. 12, p. 96390-96402, 2020.

LEAL, L. R. M. Análise comparativa da usinabilidade de ligas à base de alumínio: influência do elemento de liga e do teor de soluto no desgaste da ferramenta. Belém: 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Pará, Faculdade de Engenharia Mecânica, 2018.

MOREIRA, L. T. S. A influência da aplicação de fluido de corte no torneamento da liga alumínio AA 7075. Guaratinguetá: 2012 Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) -Coordenadoria de Pós-Graduação, Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Estadual Paulista, Guaratinguetá, 2012.

NOUARI M., L. G., G. D., Gomez B., M. J., “Wear behaviour of cemented carbide tools in dry machining of aluminum alloy”., França, 2005.

OSÓRIO, W. R.; SIQUEIRA, C.; SANTOS, C. A.; GARCIA, A. The Correlation Between Electrochemical Corrosion Resistance and Mechanical Strength of As-Cast Al-Cu and Al-Si Alloys. International Journal of Electrochemical Science (Online), v. 6, p. 6275-6289, 2011.

RODRIGUES, D.C.; RIBEIRO, L. J. M. Análise Da Temperatura De Corte No Sangramento Das Ligas Al-1,2%Pb, Al-3%Cu, Al-3%Si Solidificadas Em Um Dispositivo Direcional. Belém: 2014. Trabalho de Conclusão de Curso – Curso de Engenharia Mecânica, Centro Tecnológico, Universidade Federal do Pará, Belém, 2014.

SILVA, J. V. M., FIGUEIREDO. G. S, GOMES. B. V., LEAL L. R. M., BARROS R. S. N., JUNIOR P. L. M., REIS, M. S. Machinability Analysis of the Al-3%WtSi Alloy: Correlation Between Roughness And Solidification Microstructure, XVI Brazil MRS Meeting, Gramado, São Paulo, 2017.

SOARES, D. C. B. L.; BARRROS, A. S. ; Dias, M ; MOREIRA, A. L. S. ; CARDOSO, J. C. ; Silva, A.P. ; Rocha, O. L. . The Role of Thermal and Microstructural Parameters on Corrosion Resistance of Unsteady-State Horizontally Solidified Aluminum-Copper Hypoeutectic Alloys. International Journal of Electrochemical Science (Online), v. 12, p. 413-428, 2017.

SOUSA, J. A. G., SOUSA, M.N. Machado, R. A., Análise da Temperatura de Usinagem no Corte Ortogonal de Alumínio. Posmec – simpósio do programa de pós-graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.

XAVIER, M. A., ADITHAN, M “Determining the influence of cutting fluid son tool wear surface roughness during turning of AISI 304 austenitic stainless steel” Journal of Materials Processing Technology. V. 209, ed. 2 pp.900-909, Jan. 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-460

Refbacks

  • There are currently no refbacks.