Aspectos psicológicos de pacientes pós-queimaduras: uma revisão da literatura / Psychological aspects of post-burn patients: a literature review

Rayara Medeiros Duarte Luz, Andryelle Rayane Coelho de Oliveira, Thyeli Ellen dos Santos Moreno, Danielly Alves Mendes Barbosa, Isabela Lemos da Silva, Rafaela Azevedo Abrantes de Oliveira Simoneti

Abstract


Introdução: As queimaduras são consideradas um grande problema de saúde que pode afetar fisicamente, psicologicamente e socialmente o indivíduo.  Sendo essencial o conhecimento dos principais distúrbios psicológicos para que possa subsidiar o planejamento de intervenções que facilitem o processo de reabilitação. Objetivo: descrever os principais sofrimentos psicológicos dos pacientes adultos queimados. Método: revisão integrativa seguindo seis etapas. As bases de dados utilizadas para a pesquisa foram: LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), SCIELO (Scientific Electronic Library Online) MEDLINE (Medical Literature Analysis and Retrieval System Online) e SCOPUS (Elsevier). Foram incluídos estudos dos últimos dez anos, publicados em português, inglês e espanhol, disponíveis na íntegra. A análise e exposição dos resultados foram por meio da abordagem descritiva. Resultados: A busca resultou em 61 artigos, todos classificados em nível VI de evidência, dos quais sete foram inclusos após análise dos critérios de inclusão e exclusão. A amostra final foi categorizada em três temáticas. Conclusão: Os principais sofrimentos psicológicos apresentados no estudo foram a autoestima, a ansiedade, depressão e o risco de suicídio. O apoio familiar, ciclo de amizade, a religiosidade, a prática de atividades físicas e a internet apresentam como fatores que beneficiam a recuperação do paciente e a sua reintegração social. O estudo chama atenção pela escassa quantidade de estudos nessa área do conhecimento, principalmente a nível nacional.


Keywords


Apoio Social, Autoestima, Queimaduras.

References


AIQUOC, K.M. et al. Avaliação Da Satisfação Com a Imagem Corporal Dos Pacientes Queimados.JournalofNursing UFPE/Revista de Enfermagem UFPE, v. 13, nº 4, p. 952-959, 2019.

ANTONIOLLI, L.P. M. et al. Apoio social e qualidade de vida na perspectiva de pessoas que sofreram queimaduras. Revista Brasileira de Queimaduras, v. 15, nº 3, p. 142-147, 2016.

ARRUDA, C.N. et al. Tentativa de suicídio pós-queimadura: uma experiência humana inscrita na pele. Revista Brasileira de Queimaduras, Fortaleza, v. 1, n° 15, p. 54-57, 2016.

BADGER, K. et al. What's in a story? A text analysis of burn survivors' web-posted narratives.Social work in health care, v. 50, n° 8, p. 577-594, 2011.

BARRETT, L.W. et al. Understanding acute burn injury as a chronic disease. Burns & trauma, v. 7, 2019.

BORGES, R. T. et al. O empoderamento da mulher queimada por autoimolação e sua sustentação na religião e espiritualidade. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 31, n° 4, 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde (DATASUS). Internações por queimaduras e corrosões, 2019. Brasília: Ministério da Saúde. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sih/cnv/nibr.def. Acesso em: 09 julho de 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada. Cartilha para tratamento de emergência das queimaduras. Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2012. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cartilha_tratamento_emergencia_queimaduras.pdf. Acesso em: 09 de julho de 2020.

CINTRA, E.A. et al. Assistência de enfermagem ao paciente crítico. São Paulo: Atheneu, p. 671- 671, 2000.

DE SOUZA RODRIGUES, F. S. et al. Enfrentamento e resiliência de pacientes em tratamento quimioterápico e seus familiares. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 58, n° 4, p. 619-627, 2012.

ECHEVARRÍA-GUANILO, M.E et al. Avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde no primeiro ano após a queimadura. Escola Anna Nery, v. 20, n° 1, p. 155-166, 2016.

ECHEVARRÍA-GUANILO, M.E. et al. Avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde no primeiro ano após a queimadura. Escola Anna Nery, v. 20, n° 1, p. 155-166, 2016.

FARIA, J.B.; SEIDL, E.M.F. Religiosidade e enfrentamento em contextos de saúde e doença: revisão da literatura. Psicologia: reflexão e crítica, v. 18, n° 3, p. 381-389, 2005.

FROTA, P.M.P. Relação entre coping, traços de personalidade e apoio social e suas repercussões em sobreviventes de queimaduras graves. Dissertação (Mestrado). Universidade Católica de Goiás, Goiânia. 2010.

GONDIM, J.L.F.N. et al. Qualidade de vida dos pacientes com sequelas de queimaduras atendidos no ambulatório da unidade de queimados do Hospital Regional da Asa Norte. Revista Brasileira de Queimaduras, v. 15, n° 1, p. 3-7, 2016.

GONDIM, J.L.F.N. et al. Qualidade de vida dos pacientes com sequelas de queimaduras atendidos no ambulatório da unidade de queimados do Hospital Regional da Asa Norte. Revista Brasileira de Queimaduras, v. 15, nº 1, p. 3-7, 2016.

JANG, M.H. et al. Factors influencing resilience of burn patients in South Korea. Journal of nursing scholarship, v. 49, nº 5, p. 478-486, 2017.

KIM, K.M.; BAN, M.S. Rebuilding life after burn injuries in Korea: using photovoice. Journal of Burn Care & Research, v. 40, nº 6, p. 913-922, 2019.

KLINGE, K. et al. Psychological adjustments made by postburn injury patients: an integrative literature review. JournalofAdvancedNursing, v. 65, nº 11, p. 2274-2292, 2009.

LAPORTE, G.A.; LEONARDI, D.F. Transtorno de estresse pós-traumático em pacientes com sequelas de queimaduras. Revista Brasileira de Queimaduras, v. 3, nº 9, p. 105-114, 2010.

LEE, G.S.; YOM, Y. Structural equation modeling on life-world integration in people with severe burns.Asian Nursing Research, v. 7, nº 3, p. 112-119, 2013.

MARTIN, C. et al. The experience of scar management for adults with burns: an interpretative phenomenological analysis.Burns, v. 42, nº 6, p. 1311-1322, 2016.

MELNYK, B.M. et al. Making the case forevidence-based practice. In: Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence-based practice in nursing & healthcare. A guideto best practice. Philadelphia:Lippincot Williams & Wilkins. p. 3-24, 2005.

MENDES, K.D.S et al. Uso de gerenciador de referências bibliográficas na seleção dos estudos primários em revisão integrativa. Texto & Contexto Enferm [Internet]. v. 28, 2019

MOTHER, D. et al. The Prima Group. Preferred Reporting Items for Sistematic Reviews and Meta-Analyses: The PRISMA Statement for reporting systematic reviews and meta analysis of studies that evaluate health care interventions: explanation and elaboration. J Clin Epidemiol, v.62, nº10, p. 1006-1012, 2009.

NOGUEIRA, A.D. et al. Quem sabe a dor da queimadura é quem está queimado": experiências de pacientes queimados à luz da Gestalt-Terapia. IGT-na rede, v. 15, nº29, p. 242-264, 2018.

RIMMER, R.B. et al. Burn-injured adolescents report gaining multiple developmental benefits and improved life skills as a result of burn camp attendance. Journal of burn care & research, v. 33, nº 4, p. 552-560, 2012.

RODRIGUES, L.A. et al. O profissional de saúde na Unidade de Tratamento de Queimados: Atenção e cuidado com os aspectos psicológicos dos pacientes. Rev Bras Queimaduras, v. 18, n° 1, p. 16-22, 2019.

SOUZA, L.R.P. et al. O tratamento de queimaduras: uma revisão bibliográfica / the burn treatment. Brazilian Journal Of Development, v. 7, n° 1, p. 37061-37074, 2021.

SOUZA, M.T et al. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo), v. 8, nº 1, p. 102-106, 2010.

SPRONK, I. et al. Predictors of health-related quality of life after burn injuries: a systematic review. Critical Care, v. 22, nº1, p. 160, 2018.

STALEY, M.; RICHARD, R.L. Queimaduras In O’SULLIVAN, Susan B; SCHMITZ, Thomas J. Fisioterapia Avaliação e Tratamento. São Paulo: Manole, v. 4, 2004.

THOMAS, C.R. et al. Personality disorders in young adult survivors of pediatric burn injury. Journal of personality disorders, v. 26, nº 2, p. 255-266, 2012.

TIMÓTEO, A.P.A importância do enfermeiro frente ao cuidado e curativo de pacientes queimados. Dissertação. (MBA Gestão em Saúde e Controle de Infecção Hospitalar), FAMESP, São Paulo. 2014.

VASCONCELOS, A.T. et al. Autoestima em pacientes adultos com queimaduras. REVISTA HUM@ NAE, v. 10, nº 2, 2016.

WARD, H. W. et al. Prevalence of postburn depression following burn injury. The Journal of burn care & rehabilitation, v. 8, nº 4, p. 294-298, 1987.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-436

Refbacks

  • There are currently no refbacks.