Avaliação das instalações radiológicas nos serviços de tomografia computadorizada que atendem pelo SUS na cidade de Teresina-Piauí / Evaluation of the radiological facilities in the computerized tomography services that service by SUS in the city of Teresina-Piauí

José Adolfo Neto, Lucas Costa de Gois, Liliane Monteiro Costa, Sabrina Brenda Castelo Branco Silva, Idna de Carvalho Barros Taumaturgo, Cinthia Pires Guimarães, Nadja Batista Silva, Clarkson Henrique Santos Lemos

Abstract


Todo serviço de Tomografia Computadoriza deve, periodicamente, ser fiscalizado pela Vigilância Sanitária estadual ou municipal com o intuito de averiguar o funcionamento dessas instalações radiológicas. Essas instalações devem estar de acordo com as normas da Portaria 453/1998 e a RDC 50/2002 que abordam sobre a radioproteção e o planejamento dos projetos físicos dos estabelecimentos de assistência a saúde. O presente trabalho teve como objetivo avaliar as condições das instalações radiológicas nos serviços de tomografia computadorizada em estabelecimento de saúde, que atendem pelo SUS no município de Teresina-Piauí, com foco na radioproteção e instalações físicas. Os dados foram coletados através de questionários produzidos pelo pesquisador, baseados nos principais itens da Portaria 453/98 e RDC 50/02. Além disso, foi utilizada uma câmara de ionização para medir a taxa de dose relativa do ambiente durante simulações de tomografias de crânio. Os resultados mostram que a maioria dos estabelecimentos estão de acordo com as normas previstas nos quesitos físicos de radioproteção e condições dimensionais. Nas condições estruturais e dosimétricas surgem questionamentos para melhorias dos serviços pesquisados. Conclui-se que alguns estabelecimentos analisados não cumprem corretamente as normas previstas e que a aplicação de manutenções periódicas, fiscalizações e cuidados por parte dos trabalhadores com tomografia, evitariam muitos pontos negativos encontrados na pesquisa.

 


Keywords


Tomografia Computadorizada, Radioproteção, Instalações radiológicas e SUS.

References


BIASOLI JR, A. Técnicas radiográficas: princípios físicos, anatomia básica, posicionamento, radiologia digital, tomografia computadorizada. 2. Ed. Rio de janeiro: Rúbio, 2016.

BONTRAGER,K. Tratado de posicionamento radiográfico e anatomia associada. 8. Ed. Rio de janeiro: Elsevier, 2015.

BRASIL. ABNT. NBR 9050: Acessibilidade a edificações, espaço, mobiliário e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.

BRASIL. ANVISA. Resolução RDC 50 de 21 de fevereiro de 2002. Regulamento técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde. Brasília, 2002. Disponível em: < http://www.anvisa.gov.br/legis/resol/2002/50_02rdc.pdf> Acesso em 01 jan. 2019.

BRASIL. CONTER. Resolução número 15, de 11 de Dezembro de 2011. Reformulação do código de ética dos profissionais das técnicas radiológicas. Brasilia 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde. [Brasília]: CNESNET,[2018].

BRASIL. Ministério da Saúde. Diretrizes de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico. Portaria nº 453. Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Brasília. 1998.

BRASIL. Ministério da Saúde. SOMASUS. Disponível em Acesso em 5 jan.2019.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Portaria nº 485, de 11 de Novembro de 2005. Norma Regulamentadora NR 32 Segurança e saúde no Trabalho em estabelecimentos de saúde. Diário Oficial da União, 16 Nov 2005.

CAMAZZATO, T; PIQUETTI,N; MEDEIROS,C. Verificação da implantação da portaria n 453 em um hospital público de referência. 2014. 4 f. artigo de extensão acadêmica do curso de tecnologia em radiologia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Florianópolis,2014.

CHEMELLO, E. Césio 137: a tragédia radioativa do Brasil. Química Virtual [Internet]. Disponível em:<. http://www.quimica.net/emiliano/artigos/2010agosto-cesio137.pdf >acesso em 31 Dez. 2018.

FONTES, L. P. Desenvolvimento de um guia orientativo para dosimetria em tomografia computadorizada. 2016. 106f. Dissertação de Mestrado- Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

GRX São Paulo Indústria e Comércio. projeto de barreira/blindagem para sala de tomografia. Disponível em: .acesso em 2 fev. 2019.

HOFER, M. Tomografia computadorizada: manual prático de ensino. 7. Ed. Rio de janeiro: Revinter, 2015.

HUHN et al. Implementação do programa de proteção radiológica: olhar da equipe de saúde atuante em um serviço de radiologia. 2014. 10 f. Dissertação do programa de pós-graduação em enfermagem, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

MAGALHÃES, C. Dosimetria em tomografia computadorizada utilizando fototransistor. 2007. 68 f. Dissertação de mestrado em tecnologia energética e nuclear, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.

MOURÃO, A. Tomografia Computadorizada tecnologias e aplicações. 2.ed.São Caetano do Sul: Difusão editora, 2015.

NACIF, M; SANTOS,E. Manual de técnicas em tomografia computadorizada. 1 ed. Rio de Janeiro: editora Rubio,2009

NAVARRO, M. O radiodiagnóstico na saúde pública. In: Risco, radiodiagnóstico e vigilância sanitária. Salvador (BA): EDUFBA; 2009. p.166.

PARENTE, D.B. O risco da radiação no uso indiscriminado da tomografia computadorizada. Radiol Bras. 2013 Mar/Abr;46(2):V–VI.

QUALIPHY. Modelos de sinalização. Disponível em:< http://www.qualiphy.com.br/Arquivos >. Acesso em 2 fev. 2019.

SEVERINO, A. Metodologia do trabalho científico. 24. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2016.

SILVA, R.C.F. Tomografia computadorizada e risco de câncer. Inca, Rio de Janeiro.Disponível:. Acesso em 2 nov. 2018.

TAHUATA, L. Radioproteção e Dosimetria: Fundamentos. 10 ed revisão abril/2014 - Rio de Janeiro - IRD/CNEN.

TREVISAN, M ; ROSA, C ; LIMA, C. A importância da biossegurança aplicada aos profissionais da radiologia. Gestão & Saúde [Internet]. Disponível em:<. gestaoesaude.unb.br/index.php/gestaoesaude/article/download/542/pdf>acesso em 31 Dez.2018.

XAVIER, A ; GAIDANO ,E; MORRO, J ; HEIBRON, P. Princípios básicos de segurança e proteção radiológica. 3 ed. Rio Grande do Sul: UFRG; 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-429

Refbacks

  • There are currently no refbacks.