Análise quantitativa do perfil epidemiológico em saúde bucal de uma comunidade quilombola de um município de pequeno porte do estado do Ceará, através da utilização do E-SUS atenção básica. / Quantitative analysis of the epidemiological profile in oral health of a quilombola community in a small-sized municipality of Ceará state, through the use of E-SUS basic attention.

Maria Angélica Farias Grangeiro, Slayton Frota Sá Nogueira Neves, Dennys Ramon de Melo Fernandes Almeida, Juliana Ribeiro Francelino Sampaio

Abstract


No âmbito da atenção primária à saúde as práticas odontológicas devem se concentrar nas principais enfermidades encontradas na comunidade. O conhecimento sobre a saúde das comunidades quilombolas pode ser uma ferramenta importante para o planejamento de práticas fundamentadas, para prevenção e promoção da saúde desta população. A informatização dos sistemas de saúde possibilitou o acesso aos dados de maneira mais rápida e eficaz. No entanto, é preciso que estes dados sejam interpretados e explorados, para que se possa através da análise epidemiológica possibilitar a ampliação do acesso, bem como, da qualidade dos serviços prestados a comunidade local. Nesta perspectiva esta pesquisa busca analisar o perfil epidemiológico em saúde bucal de uma comunidade quilombola em um município de pequeno porte do Estado do Ceará, através da utilização do e-SUS AB, por meio de um estudo ecológico descritivo, com abordagem quantitativa. Verificou-se que o público que procurou atendimento odontológico está entre a faixa etária de 20 a 59 anos e do sexo feminino. Quase a totalidade dos atendimentos se concentrou dentro da Unidade Básica de Saúde e a predominância foi de consultas do dia.  Constatou-se a necessidade de realizar uma calibração com os profissionais cirurgiões-dentistas quanto à operacionalização adequada do sistema. E principalmente, da realização de atividades de educação em saúde no território, voltada para prevenção e proteção da saúde bucal associando com saberes e cultura da localidade.


Keywords


Sistema Único de Saúde, Saúde Bucal, População Negra.

References


ANTUNES, José Leopoldo Ferreira, et al. A saúde bucal na agenda de prioridades em saúde pública. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v.50, p. 1-9, 2016.

BARRETO ACO, REBOUÇAS CBA,AGUIAR MIF, BARBOSA RB, ROCHA SR, CORDEIRO, LM, et al. Perception of the Primary Care multiprofessional team on health education. Rev Bras Enferm [Internet], v.72, n. 1, p.266-73, 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção à Saúde. Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Brasilía, DF, 2004.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. e-SUS Atenção Básica : Sistema com Coleta de Dados Simplificada : CDS / Ministério da Saúde, Brasília, DF, Editora do Ministério da Saúde, 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. e-SUS Atenção Básica : Manual do Sistema com Prontuário Eletrônico do Cidadão PEC – Versão 3.2 [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção Primária à Saúde, Secretaria-Executiva. – Brasília: Ministério da Saúde, 2020. Acesso em: 04/12/2020, Disponível em:

BRASIL. Ministério da saúde. Biblioteca Virtual em saúde. Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ). Manual Instrutivo – Anexo, Ficha de Qualificação dos Indicadores. Brasília - DF - Versão Julho/2012. Acesso em: 17/05/2020, Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/sistemas/Pmaq/manual_instrutivo_pmaq_site_anexo.pdf

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social. Política Nacional de Saúde Integral da População Negra : uma política para o SUS . 3. ed. Brasília, DF, Editora do Ministério,44 p., 2017.

CARDOSO, Clarissiane Serafim; MELO, Letícia Oliveira de; FREITAS, Daniel Antunes. CONDIÇÕES DE SAÚDE NAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS. Rev Enferm Ufpe On Line, Recife, v. 12, n. 4, p.1037-1045, 01 abr. 2018.

CASSAL, Judith Barros; CARDOZO, Débora Deus; BAVARESCO, Caren Serra. Perfil dos usuários de urgência odontológica em uma unidade de atenção primária à saúde. Rev. APS, V.14, N.1, p: 85-922011; jan/mar, 2011.

COELHO, M.Q, et al. A Odontologia no contexto do Sistema Único de Saúde de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Arq Odontol, Belo Horizonte, V.47, N.2, p: 65-72, Abr/Jun 2011.

FRANCO NETTO, Guilherme et al . Vigilância em Saúde brasileira: reflexões e contribuição ao debate da 1a Conferência Nacional de Vigilância em Saúde. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 22, n. 10, p. 3137-3148, out. 2017 .

FRANÇA, Assyria Cajaiba Ribeiro. O e-SUS NO MUNICÍPIO DE SALVADOR-BA EM 2015: POTENCIALIDADES E FRAGILIDADES. 2016. 104 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Curso de Mestrado em Saúde da Família, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, 2016.

FERREIRA, H.S, et al. Nutrição e saúde das crianças das comunidades remanescentes dos quilombos no Estado de Alagoas, Brasil. Rev Panam Salud Publica. v.30, n.1, p.51– 8,2011.

FREITAS, Daniel Antunes et al. Saúde e comunidades quilombolas: uma revisão da literatura. Rev. Cefac, SÃo Paulo, p.937-943, 20 maio 2011.

GOMES, J.K, et al. A Equipe de Saúde Bucal e as práticas de Vigilância em Saúde no território. Tempus, actas de saúde colet, Brasília,V. 14, N.1, p. 45-63, Mar/ 2020.

LIMA, I.C; SILVA, D. Territórios quilombolas no Ceará: educação, processo histórico e identidades. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 5, n. 6, p. 5814-5827, Jun/2019.

Matos CC, Tourinho FS. Saúde da População Negra: percepção de residentes e preceptores de Saúde da Família e Medicina de Família e Comunidade. Rev Bras Med Fam Comunidade. v.13, n.40, p.1-12, 2018.

NEVES, Matheus; GIORDANI, Jessye Melgarejo do Amaral; HUGO, Fernando Neves. Atenção primária à saúde bucal no Brasil: Processo de trabalho das equipes de saúde bucal. Revista Ciência & Saúde Coletiva da Associação Brasileira de Saúde Coletiva, Porto Alegre, v. 24, n. 5, p.1809-1820, 28 jul. 2017.

PILZ, Carlos. Desafios e propostas para a informatização da Atenção Primária no Brasil na perspectiva de implantação do Prontuário Eletrônico do e-SUSAB. 2016. 74 f. Tese (Doutorado) - Curso de Doutorado em Odontologia – Área de Concentração: Sáude Bucal Coletiva., Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

SILVA, Talita Ingrid Magalhães et al. Difusão da inovação e-SUS Atenção Básica em Equipes de Saúde da Família. Rev. Bras. Enferm, BrasÍlia, v. 71, n. 6, p.3121-3128, dez. 2018.

THUM, Moara Ailane; BALDISSEROTTO, Julio; CELESTE, Roger Keller. Utilização do e-SUS AB e fatores associados ao registro de procedimentos e consultas da atenção básica nos municípios brasileiros. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 35, n. 2, p.1-13, 11 fev. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. UNA-SUS/UFMA. A Importância do planejamento na gestão do SUS/Célia Regina Rodrigues Gil; Isaías Cantóia Luiz; Maria Cristina Rodrigues Gil (Org.). - São Luís, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-273

Refbacks

  • There are currently no refbacks.