Projetos de pesquisa: uma proposta para a aprendizagem significativa / Research projects: a proposal for meaningful learning

Edna Gomes Lopes da Cunha

Abstract


O presente trabalho aborda a aprendizagem significativa como resultado dos projetos de pesquisa. Tal abordagem se faz necessária, pois a química nem sempre é vista como uma disciplina fácil de se aprender, cheia de siglas, fórmulas e moléculas e, extremamente abstrata, fato causador do desinteresse por parte dos alunos. Esses muitas vezes não veem ligação dos conteúdos aprendidos com o seu cotidiano. Aproximar a realidade do ensino de sala de aula” acadêmico”, “instrucional”, à situações vividas no cotidiano pelas pessoas, faz com que a escola cumpra o seu papel como disseminadora de culturas e saberes e participe da vida da comunidade. Como alternativa para essa questão levantada, buscou-se desenvolver projetos de pesquisa, junto aos alunos, a fim de despertar o interesse científico e torná-los sensíveis às necessidades da sociedade por meio de pesquisas e prática dos conhecimentos adquiridos na matéria de Química. Entre os projetos desenvolvidos, um projeto se destacou: “Elaboração de um repelente natural a partir do óleo essencial de eucalipto”. Os resultados obtidos através do desenvolvimento desses projetos de iniciação científica, puderam ser observados na interpretação do questionário aplicado a alunos do 1º e 2º anos do curso química da Escola Técnica de Paulínia, onde foram entrevistados dois grupos para verificar o aprendizado dos alunos. Grupo A: 10 alunos que não fizeram parte de projetos (alunos do 1º ou 2º anos). Grupo B: 10 alunos participantes de projetos de iniciação científica na escola. Constatou-se com o presente trabalho que o desenvolvimento de projetos de iniciação científica é relevante na aprendizagem significativa, contribuindo para a formação contextualizada e cidadã dos alunos.


Keywords


Aprendizagem Significativa, Projeto de Pesquisa, Ensino de Química, Iniciação Científica.

References


A Análise de Dados na Pesquisa Científica - Revistas Eletrônicas Unijuí. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/desenvolvimentoemquestao/article/view/84/41. Acessado em: 26/10/2018.

AMORIM, M. C.V., Maria, L. C. S.; MARQUES, M. R. P. A.; MENDONÇA, Z. A. S.; SALGADO, P.C.B.G; Balthazar, R. G. Petróleo: Um tema para o ensino de química. Química Nova na escola, 15:1, 19-23, 2002.

BELTRAN, Nelson O.; CISCATO, Carlos A. M.; Química; São Paulo, SP, Ed.Cortez, 1990

BRASIL. LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL. Lei 9394 de 20/12/1996. Orientações Curriculares para o Ensino Médio, volume 2. Secretaria de Educação Básica – Ministério da Educação: Brasília, 2006.

COSTA, A.R.C. da; DUARTE, C.H.S.; de MOURA, M.E.T.; BRAGA, M.H.O.; de LIMA, W. J. R.; DIAS, I.J.M.; como fazer óleos essenciais: extrator de baixo custo; Feira de Projetos de Química.

FRAZER, MJ (1982). Palestra Nyholm. Resolvendo problemas químicos. Chemical Society Reviews, 11 (2), 171-190. Disponível em: htp: //dx.doi.org/10.1039/cs9821100171.Acessado em: 12/11/2018

GIROTTO, C. G. G. S., A re-significação do ensinar- e- aprender: a pedagogia de projetos em contexto. http://www.unesp.br/prograd/PDFNE2003.Acessado: 10/08/2017

HERNANDEZ, Fernando. Transgressão e Mudança na Educação: Os Projetos de Trabalho. Tradução Jussara Haubert Rodrigues. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1998.

LIBÂNEO, J. C. Didática. Coleção Magistério: 2º Grau. São Paulo: Cortez, 1990.

LOBATO, A. C. Contextualização e transversalidade: conceitos em debate. Monografia de Especialização. Belo Horizonte: Faculdade de Educação da UFMG, 2004

SANTOS, W. L. P. dos e SCHNETZLER, R. P. Educação em química: compromisso com a cidadania. Ijuí, Editora da Unijuí, 1997.

SIANI, A. C.; SAMPAIO, A. L. F.; SOUSA, M. C.; HENRIQUES, M. G. M. O.; RAMOS, M. F. S. Óleos essenciais. v. 3, n. 16, p. 38-43, 2000.

SIMÕES, C. M. O.; SCHENKEL, E. P.; GOSMANN, G.; MELLO, J. C. P.; MENTEZ, L. A.; PETROVICK, P. R. Farmacognosia: da planta ao medicamento, 5ª ed., Porto Alegre – Florianópolis. Editora da UFRGS/ Editora da UFSC, 2003.

O uso de questionários em trabalhos científicos. Disponível em: http://www.inf.ufsc.br/~vera.carmo/Ensino_2013_2/O_uso_de_questionarios_e _trabalhos_cient%edficos.pdf. Acessado em: 26/10/2018.

STEFANI, Germana P.; PASTORINO, Antônio C.; CASTRO, Ana Paula B. M.; FOMIN, Ângela B. F.; JACOB, Cristina M. A.; Repelentes de insetos: recomendações para uso em crianças; Rev. Paul. Pediatr.2009; 27 (1): 81-9

WOLFFENBUTTEL, Adriana N. Base da Química dos Óleos essenciais e aromaterapia – Abordagem técnica e científica; São Paulo, Roca, 2010

WUWABARA, I.H.; GUIMARÃES, O. M., Química e Sociedade: Experimentos-Ensino Médio. Curitiba: UFPR, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-229

Refbacks

  • There are currently no refbacks.