Pesquisa de Salmonella SPP. Em carne suína in natura comercializada no Rio de Janeiro / Investigation of Salmonella SPP. In fresh pork meat commercialize in Rio de Janeiro

Luana de Carvalho, Fernando David Caracuschanski, Andréa Matta Ristow

Abstract


Bactérias do gênero Salmonella encontram-se amplamente distribuídas na natureza, sendo estas incriminadas em diversos surtos de origem alimentar em países desenvolvidos e em desenvolvimento. Além disto, os suínos são importantes reservatórios destes microrganismos. Nesse cenário o objetivo do presente estudo foi avaliar a presença de Salmonella spp. em 20 amostras de carne suína in natura obtidas em 20 estabelecimentos comerciais localizados em diferentes municípios do estado do Rio de Janeiro. Após a coleta, as amostras foram assepticamente acondicionadas em recipientes isotérmicos contendo gelo e transportadas, imediatamente, para o Laboratório de Controle Microbiológico de Alimentos da Universidade Castelo Branco, campus Penha, onde foram realizadas as análises microbiológicas. A presença de Salmonella spp. foi verificada em 85% (n=17) das amostras de carne suína in natura, estando estas em não conformidade com a legislação vigente, sendo consideradas impróprias ao consumo.


Keywords


Estabelecimento Comercial, Doenças Alimentares, Boas Práticas de Fabricação.

References


ALMEIDA, R. B.; DINIZ, W. J. S.; SILVA, P. T. V.; ANDRADE, L. P.; DINIZ, W. P. S.; ANTONANGELO, A.; RUV, C.; DUTRA, J. B.; RIBEIRO, N. M.; DOLAZZA, R. M. Perfil de los consumidores de cerdo em el municipio de Botucatu – SP. Tékhne ε Lógos, Botucatu, SP, v. 2, n. 2, fev. 2011. Disponível em: http://www.fatecbt.edu.br/seer/index.php/tl/article/viewFile/101/60. Acesso em 23 nov. 2020.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROTEÍNA ANIMAL - ABPA. Relatório Anual - 2021. Disponível em: http://abpa-br.org/wp-content/uploads/2021/04/ABPA_Relatorio_Anual_2021_web.pdf. Acesso: 21 mai. 2021.

BRASIL, Agência Nacional de vigilância Sanitária. Resolução de Diretoria Colegiada nº 12, de 02 de Janeiro de 2001 aprova o Regulamento Técnico sobre Padrões Microbiológicos para Alimentos em conformidade com os Anexos desta Resolução. Diário Oficial da União, Brasília, 02 de janeiro de 2001. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/RDC_12_2001.pdf/15ffddf6- 3767-4527-bfac-740a0400829b. Acesso em: 14 abr. 2020.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Surtos de Doenças Transmitidas por Alimentos no Brasil. Informe 2018. Fevereiro de 2019. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/fevereiro/15/Apresenta----o-Surtos-DTA---Fevereiro-2019.pdf. Acesso em: 24 out. 2020.

BRASIL. Instrução Normativa SDA nº 62 de 26/08/2003. Dispõe sobre os métodos analíticos oficiais para análises microbiológicas para controle de produtos de origem animal e água. Diário Oficial da União, Brasília. 26 de agosto de 2003. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=75773. Acesso em: 30 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução de Diretoria Colegiada – RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004. Dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação. Diário Oficial da União, Brasília, 15 de setembro de 2004. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33916/388704/RESOLU%25C3%2587%25C3%2583 O- RDC%2BN%2B216%2BDE%2B15%2BDE%2BSETEMBRO%2BDE%2B2004.pdf/23701496-925d-4d4d-99aa-9d479b316c4b. Acesso em: 30 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Manual técnico de diagnóstico laboratorial de Salmonella spp.: diagnóstico laboratorial do gênero Salmonella / Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz. Laboratório de Referência Nacional de Enteroinfecções Bacterianas, Instituto Adolfo Lutz. – Brasília: Ministério da Saúde, 2011. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2014/dezembro/15/manual-diagnostico-salmonella-spp-web.pdf. Acesso em: 22 mar. 2021.

DUTRA, R. A. F.; LIMA-FILHO, J. L. Salmonella spp. importante agente patogênico veiculado em alimentos. Ciência & Saúde Coletiva. v. 13, n. 5, p. 1675 – 1683. 2008 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413- 81232008000500031&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 10 out. 2020.

FRANCO, B. D. G. M; LANDGRAF, M. Microbiologia dos alimentos. 1. ed. São Paulo: Atheneu, 2002.

GERMANO, P. M. L.; GERMANO, M. I. S. Higiene e Vigilância Sanitária de Alimentos. 5. ed. Barueri: Manole, 2015.

IEA - Instituto de Economia Agrícola. Secretaria de Agricultura e Abastecimento. São Paulo. Análise de Conjuntura e Perspectivas do Agro 2020 – carne bovina e carne suína. Disponível em: http://www.iea.sp.gov.br/out/TerTexto.php?codTexto=14768. Acesso em: 21 mai. 2021.

LEAL, J. B. G.; BRANDESPIM, D. F. Condições higiênico-sanitárias da comercialização de carnes em feiras livres de Parantama, PE. Alimentos e Nutrição. v. 22, n. 4, p. 585 - 592, 2011. Disponível em: http://serv- bib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewArticle/1717. Acesso em: 10 out. 2020.

LUNDGREN, P. U.; SILVA, J. A.; MACIEL, J. F.; FERNANDES, T. M. Perfil da qualidade higiênico-sanitária da carne bovina comercializada em feiras livres e mercados públicos de João Pessoa/PB – Brasil. Alimentos e Nutrição. v. 20, n. 1, p. 113 – 119. 2009. Disponível em: http://serv-bib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewFile/953/780. Acesso em: 10 out. 2020.

MACHADO, B. G; FORTES, T. P; DEWES, C; NETO, A. C. P. S; VASCONCELLOS, F. A; TIMM, C. D. Isolamento e perfil de susceptibilidade a antimicrobianos de isolados de Salmonella obtidos durante o abate de suinos. Brazilian Journal of Development. Curitiba, v. 6, n. 8, p. 54405-54413 aug. 2020. Disponivel em: file:///C:/Users/Fernando/Downloads/14372-37215-1-PB.pdf. Acesso em: 12 mai. 2021.

MAGNONI, D.; PIMENTEL, I. A importância da carne suína na nutrição humana. São Paulo: UNIFEST. 2007. Disponível em: http://www.abcs.org.br/attachments/099_4.pdf. Acesso em 15 out. 2020.

MARÇAL, D. A.; ABREU, R. C. DE; CHEUNG, T. L.; KIEFER, C. Consumo da carne suína no Brasil: aspectos simbólicos como determinantes dos comportamentos. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, Maringá (PR). v. 9, n. 4, p. 989-1005, 2016. Disponível em: http://periodicos.unicesumar.edu.br/index.php/rama/article/view/3743/2862.Acesso: 19 out. 2020.

MARQUES, K. R; BARCELLOS, V. C. Avaliação da qualidade microbiológica de carne suína comercializada em açougues do Município de Palotina, PR. Higiene Alimentar. v. 23 n. 170/17 p. 156-162, 2009. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/vti-14306. Acesso em 13 mai. 2021.

MARTINS, T. D. D; MOREIRA, R. T; SILVA, L. P. G. da; BATISTA, E. S; SANTOS, R. J. C. dos; SANTOS, J. G. dos; PEREIRA, W. E; SILVA, R. R. da. Avaliação microbiologica da carne suína in natura, comercializada na microregião do Brejo. Higiene alimentar. v. 21 n.153 p. 77-81, jul.-ago. 2007. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-487016. Acesso em 13 mai. 2021.

NEITZKE, D. C.; ROZA, C. R. da; WEBER, F. H.. Segurança dos alimentos: contaminação por Salmonella sp. no abate de suínos. Brazilian Journal of Food Technology, Campinas, v. 20, p.1-7, mar. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 maio 2020.

SARTORI, G. V; SILVA, L. B. da; ALEXANDRINO, A. M. Análise microbiológica de carne suina fatiada vendida em supermercados da cidade de Campo Mourão, Paraná. SaBios: Revista da Saúde e Biologia. v.15, n.1, p.1-6, jan./abr., 2020. Disponivel em: http://revista2.grupointegrado.br/revista/index.php/sabios2/article/view/1379/1114. Acesso em: 12 mai. 2021.

SHINOHARA, N. K. S.; BARROS, V. B.; JIMENEZ, S. M. C.; MACHADO, E. C. L.;

SOUZA, C. C. DE; GABRIEL, R.; NETO, J. F. DOS R.; FRAINER, D. M. A percepção de compradores sobre a qualidade da carne suína in natura no mercado varejista de Campo Grande (MS). Extensão Rural, Campo Grande, v. 23, n. 3, set. 2016. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/extensaorural/login?source=%2Fextensaorural%2Farticle%2Fvie w%2F21488%2Fpdf. Acesso em: 16 out. 2020.

TESSMANN, C.; ZOCCHE, F.; LIMA, A, S.; BASSANI, M.; LOPES, G, V.; SILVA, W, P. Ocorrência e perfil de sensibilidade a antibióticos de Salmonella spp. Isolada em cortes de carne suína comercializados em feiras-livres de Pelotas, RS. Boletim do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos. Curitiba v. 26, n. 2, p. 307-313, jul./dez. 2008. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/273406026_ocorrencia_e_perfil_de_sensibilidade_ a_antibioticos_de_salmonella_spp_isolada_em_cortes_de_carne_suina_comercializados_em_ cortes_de_carne_suina_comercializados_em_feiras-livres_de_pelotas_rs. Acesso em: 29 out. 2020.

THOMS, E.; ROSSA, L. S.; STAHLKE, E. V. R.; FERRO, I. D.; MACEDO, R. E. F. de. Perfil de consumo e percepção da qualidade da carne suína por estudantes de nível médio da cidade de Irati, PR. Rev. Acad., Ciênc. Agrár. Ambient. v. 8, n. 4, p. 449-459. Curitiba, 2010. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/cienciaanimal/article/view/11006. Acesso em: 19 out. 2020.

VARGAS, R. E. S. O suíno deixou, há muito tempo, de ser porco, diz ABPA. Veja mitos e verdades sobre a carne suína. Sociedade Nacional de Agricultura. 2014. Disponível em: http://www.sna.agr.br/mitos-e-verdades-sobre-a-carne-suina/. Acesso em: 14 out. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-211

Refbacks

  • There are currently no refbacks.