A inclusão a partir da concepção dos professores supervisores do programa PIBID/Educação Física / The inclusion from the conception of the supervising teachers of the PIBID/Physical Education program

Diana de Souza Moura, Robson Alex Ferreira, Viviany da Silva Brugnhago, Marcela Ariete dos Santos

Abstract


O objetivo da presente pesquisa foi analisar a concepção dos professores supervisores do PIBID/Educação Física sobre a inclusão escolar. A inclusão se faz necessária em todos os ambientes. No espaço escolar, os professores supervisores do PIBID desempenham papel fundamental na construção dos saberes que possam auxiliar os futuros professores a compreenderem in loco o universo da inclusão escolar. A pesquisa se caracteriza como sendo qualitativa descritiva. A coleta de dados se deu por meio de entrevistas realizadas com 4 (quatro) professores supervisores do programa PIBID em Educação Física que atuavam na rede municipal e estadual de ensino de uma cidade do interior do Mato Grosso e a análise dos resultados se deu por meio da análise do conteúdo. Os principais resultados apontaram que os sujeitos desta pesquisa compreendem a concepção teórica do que seja incluir todos os alunos nas aulas. No entanto, ainda são muitas as lacunas que precisam ser sanadas para que de fato a compreensão teórica possa ser transformada em ações que contribuam para a construção dos saberes de toda a comunidade escolar, em especial, dos alunos. Por fim, acreditamos que é necessária uma reflexão no que se refere a formação dos professores supervisores do PIBID quando pensamos no processo de inclusão, afinal, a partir do momento que estes apontam fragilidades em suas ações pedagógicas, ações precisam ser refletidas entre os atores do programa, para que sejam atendidas as demandas destes profissionais. Logo, o PIBID funcionaria como uma via de mão dupla, entre a universidade e a escola, onde ambos os atores podem e devem contribuem com a formação do SER professor.


Keywords


Inclusão Escolar, Programa PIBID, Formação de Professores.

References


AGUIAR, J.S; DUARTE, E. Educação inclusiva: um estudo na área da educação física. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, Mai.-Ago., v.11, n.2, p.223-240, 2005.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid . Acesso em: 02/07/2017.

BRASIL. Lei n°13.146 de 6 de julho de 2015. Estatuto da Pessoa com Deficiência, 2015.

CIDADE, R, E; FREITAS, P, S. Educação Física e Inclusão: considerações para a prática pedagógica na escola. Revista Integração. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Ano14. Edição especial 2002 pg.26 – 30.

FERREIRA, Robson Alex. Trabalho colaborativo na educação física escolar: estratégias para a formação de professores e inclusão. 2016. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós Graduação em Educação, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente, 2016.

FERREIRA, R. A.; SANTOS, M. A.; BRUGNHAGO, V. da S.; MOURA, D. de S. A concepção dos gestores e professores sobre o papel da Educação Física na escola especial. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.4, Apr., 2021.

FILUS, J. F; MARTINS, J. Reflexões sobre a formação em Educação Física e a sua aplicação no trabalho junto às pessoas com deficiência. Curso de mestrado em educação, Maringá, V.15, p. 79-82, Ano 2004.

GIL. A. C. Métodos e técnicas da pesquisa social. 6.Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GLAT, R.; PLETSCH, M. D. O papel da Universidade frente às políticas públicas para educação inclusiva. Revista Benjamin Constant, Rio de Janeiro, p. 3-8, 2004.

JUNQUEIRA. F. J.; BACCIOTTO.S.M. Educação física adaptada: as dificuldades encontradas pelos professores de educação física de Campo Grande/MT frente à inclusão, Mato grosso. 1- 8 ,2004.

LACERDA, C. B. F. de. A inclusão escolar de alunos surdos: o que dizem alunos, professores e intérpretes sobre esta experiência. Cad. Cedes, Campinas, v. 26, n. 69, 2006, p. 163-184.

MANTOAN, M. T. E. (Org.). Pensando e fazendo educação de qualidade. São Paulo: Moderna, 2001.

MANTOAN, M. T. E. Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como fazer? Editora Moderna 2003.

MARQUES, L. P.; OLIVEIRA, L. A.; SANTOS, N. A. S. Integração de Paralisados Cerebrais: um Estudo. In: Temas sobre Desenvolvimento, vol. 7, nº 40, p.16- 23, 1998.

MAZZOTTA, M. J. S. Educação especial no Brasil: história e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1996.

MINAYO, M. C. S. Pesquisa social: Teoria, método e criatividade. 28. Ed. Petrópolis. RJ: Vozes, 2009.

NEVES, L. R.; RAHMEL, M. M. F.; FERREIRA, C. M. da R. J. Política de Educação Especial e os Desafios de uma Perspectiva Inclusiva. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 44, n. 1, 2019.

OLIVEIRA, A. A. S.; POKER, R. B. Educação inclusiva e municipalização: a experiência em educação especial de Paraguaçu Paulista. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, SP, n. 3, v. 2, p. 233-244, jul./dez. 2002.

RAUSCH, R. B.; FRANTZ, M. J. Contribuições do Pibid à Formação Inicial de Professores na Compreensão de Licenciandos Bolsistas. Atos de Pesquisa em Educação: ISSN 1809-0354, Blumenau, v. 8, n. 2, p.620-641, maio 2013. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/CD2013/pdf/7304_5700. Acesso em: 01 jul. 2017.

SALGADO S. S. Gestão e Educação Física escolar: uma mudança de postura para uma mudança de cultura. Temas em Educação Física Escolar, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, jan./jun. 2017.

SASSAKI, R. K. Inclusão: construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA, 1997.

SCHIRMER, C. R. [et al.]. Atendimento Educacional Especializado: deficiência física. São Paulo: MEC/SEESP, 2007.

SILVA, S. B. Análise das relações existentes na legislação que orienta a formação profissional dos especialistas em Educação Física e Desportos e os planos nas áreas educacional e desportiva no Brasil. 1993. (Dissertação de Mestrado) – Escola de Educação Física, Universidade de São Paulo, São Paulo

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 8ª edição. Petrópolis, RJ. Vozes, 2007.

TUBIC, T.; DORDIC, V. Inclusive Physical Education in Vojvodina: The current situation and future prospects. Facta Universitatis Series: Physical Education and Sport Vol. 10, Nº 4, Special Issue, pp. 319 – 327, 2012.

VASCONCELLOS, C. dos S. Planejamento: Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto Político-Pedagógico – elementos metodológicos para elaboração e realização. 21ª ed. São Paulo: Libertad Editora, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-192

Refbacks

  • There are currently no refbacks.