O instagram como ferramenta de suporte ao ensino de parasitologia veterinária / Instagram as a support tool for parasitology veterinary teaching

Maria Eduarda do Nascimento Sena, Jessica Teixeira Ramos, Clarissa Sousa Costa Ferreira, Fernanda Samara Barbosa Rocha, Margarida Paula Carreira de Sá Prazeres, Luciano Santos da Fonseca

Abstract


Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) são ferramentas que podem ampliar e aprimorar o processo de ensino e aprendizagem. Por meio de programas de computador e aplicativos para dispositivos como smartphones, as mídias sociais e a internet são capazes de fornecer plataformas adequadas a educação. Embora não tenham sido desenvolvidas com o intuito educacional, o potencial das mídias sociais ao ensino é inegável para educadores. Com isso, o objetivo desta revisão é identificar na literatura especializada o uso de mídias sociais no meio educativo assim como sua inserção no ensino de Parasitologia Veterinária. Áreas de ensino superior do curso de Medicina Veterinária, em especial Parasitologia Veterinária, ainda que complexas, podem ser beneficiadas com a inserção de mídias sociais no processo ensino-aprendizagem.


Keywords


Aprendizagem, Recursos Tecnológicos, Mídias Sociais, Parasitologia

References


AGUIAR, A. Instagram: saiba tudo sobre esta rede social. Marketing de Conteúdo. 2018. Disponível em: . Acesso em: 17 mar. 2021

ALVES, A. L.; MOTA, M. F.; TAVARES, T. P. O Instagram no processo de engajamento das práticas educacionais: a dinâmica para a socialização do ensino-aprendizagem. Revista Rios Eletrônica, São Francisco, n. 19, p. 25-43, 2018.

AMEM, B. M. V.; NUNES, L. C. Tecnologias de informação e comunicação: contribuições para o processo interdisciplinar no ensino superior. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 30, n. 3, p. 171-180, Dec. 2006.

AREA, M. Las redes sociales em internet como espacios para la formación del professorado. Razon y Palabra. 2008. Disponível em . Acesso em: 30 abril 2021.

BARBOSA, C. C. Apropriação das Mídias Sociais como recurso no processo ensino‐aprendizagem. Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação: redes sociais e aprendizagem. v. 3, 2010. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2021.

BARBOSA, C. et al. Utilização do Instagram no ensino e aprendizagem de português língua estrangeira por alunos chineses na Universidade de Aveiro. Revista Latinoamericana de Tecnología Educativa. v. 16, n. 1, p. 21-33, 2017.

BEZERRA, J. C. C.; BRITO, S. O. Redes Sociais como ferramenta pedagógica: O caso do projeto e-Jovem. Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, p. 1–10. 2013. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2021.

BITTENCOURT, P. A. S.; ALBINO, J. P. O uso das tecnologias digitais na educação do século XXI. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, p. 205–214, 2017.

CEDRO, P. É. P.; MORBECK, L. L. B. Tecnologias de Informação e Comunicação no Âmbito da Educação em uma Sociedade Contemporânea. Revista De Psicologia, v. 13, n. 45, p. 420–432, 30 maio 2019.

CLEMENTI, J. A. et al. Mídias sociais e redes sociais: conceitos e características. SUCEG-Seminário de Universidade Corporativa e Escolas de Governo, v. 1, n. 1, p. 455-466, 2017.

DALSGAARD, C. Social software: E-learning beyond learning management systems. European Journal of Open, Distance and E-learning, v. 9, n. 2, 2006.

DA SILVA, F. S.; SERAFIM, M. L. Redes sociais no processo de ensino e aprendizagem: com a palavra o adolescente. Teorias e práticas em tecnologias educacionais, p. 67, 2016.

DE OLIVEIRA, C. TIC’s na Educação: A Utilização das tecnologias da Informação e Comunicação na Aprendizagem do Aluno. Pedagogia em Ação, v. 7, n. 1, 2015.

FREITAS, V. Redes sociais, mídias sociais e mídias digitais: qual a diferença?. GutoModesto. 2010. Disponível em: . Acesso em: 30 abril 2021.

GARCIA, P. S. A internet como nova mídia na educação. Geocities. 2002 Disponível em: Acesso em: 18 mar. 2021.

GARCIA, T. C. M. et al. Ensino remoto emergencial: proposta de design para organização de aulas. UFRN: SEDIS, 2020.

GASQUE, K. C. G. D. Internet, mídias sociais e as unidades de informação: foco no ensino-aprendizagem. Brazilian Journal of Information Science: research trends, v. 10, n. 2, p.14, 2016.

GERALDI, L. M. A.; BIZELLI, J. L. Tecnologias da informação e comunicação na educação: conceitos e definições. Revista on line de Política e Gestão Educacional. Araraquara, n. 18, 2017.

GÓIS, R. R. P. Q. R. et al. Tecnologias da Informação e Comunicação no Ensino Superior e seus Benefícios. CIET:EnPED. 2018. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2021.

GOMES, Vânia Thais Silva et al. A Pandemia da Covid-19: Repercussões do Ensino Remoto na Formação Médica. Rev. bras. educ. med., Brasília, v. 44, n. 4, p. 114, 2020.

HOBBS E. C. et al. Value of Electronic Educational Media in Combatting Parasitic Diseases. Trends in Parasitology, v. 35, n. 3, mar. 2019

JABBAR, A., GASSER, R. B., & LODGE, J. Can New Digital Technologies Support Parasitology Teaching and Learning? Trends in Parasitology, v. 32, p. 522–530, jul. 2016.

LORENZO, E. M. A utilização das Redes Sociais na Educação: A importância das Redes Sociais na Educação. 3. ed. São Paulo: Clube de Autores, 2013. 126 p.

MARTÍNEZ, D. E. G.; BIZELLI, J. L.; INFORSATO, E. C. Tecnologias de informação e comunicação no ensino superior: o ambiente virtual de aprendizagem em curso semipresencial. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. esp. 2, p. 1349-1371, ago. 2017.

MORAN, J. M. A educação que desejamos, novos desafios e como chegar lá. 2. ed. São Paulo: Papirus Editora, 2007.

MORAN, J. M. A contribuição das tecnologias para uma educação inovadora. Revista Contrapontos, v. 4, n. 2, p. 347–356, 2004.

NETO, M. R.; BARRETO, L. K. da S.; SOUZA, L. A. de. As mídias sociais digitais como ferramentas de comunicação e marketing na contemporaneidade. Quipus, Natal, v.4, n.2, p.11-21, jun./nov. 2015.

OLIVEIRA, A. P.; SANTANNA, A. TICs na Educação: Abordagem do Uso das Redes Sociais. SIED:EnPED - Simpósio Internacional de Educação a Distância e Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância. 2014.

PAIXÃO, A. F. et al. Redes sociais e educação: o Facebook enquanto um espaço com potencialidades para o ensino superior de matemática. Congresso Internacional TIC e Educação. p. 2423-2435. 2012.

PEREIRA, A. J; JUNIOR, S.; SILVA. Instagram como Ferramenta de Aprendizagem Colaborativa Aplicada ao Ensino de Química. Revista Debates em Ensino de Química, v. 5, n. 1, p. 119–131, 2019.

PEÑA-FERNÁNDEZ, A., et al. Novel Resources for teaching Clinical Vetenary Parasitology: Framework and Pilot Experience. ResearchGate. 2020. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 2021.

PFEIFFER, C. N., & JABBAR, A. Adaptive e-Learning: Emerging Digital Tools for Teaching Parasitology. Trends in Parasitology. v. 35, p. 270-274. abr. 2019.

RECUERO, R. Cinco pontos sobre redes sociais na internet. Jornalista da Web. 2009. Disponível em:. Acesso em: 30 abril 2021.

RAMOS, P. É. G. T.; MARTINS, A. D. O. Reflexões sobre a rede social Instagram: do aplicativo à textualidade. Texto Digital, v. 14, n. 2, p. 117–133, dez. 2018.

RODRIGUES, N. C. Tecnologias de informação e comunicação na educação: um desafio na prática docente. Fórum Lingüístico, v. 6, n. 1, mar. 2009.

SALDANHA, L. C. D. O discurso do ensino remoto durante a pandemia de COVID-19. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 17, n. 50, p. 124-144, 2020.

SILVA, R. F.; CORREIA, E. S. Novas tecnologias e educação: a evolução do processo de ensino e aprendizagem na sociedade contemporânea. Educação e Linguagem, v. 1, p. 23-25, 2014.

SILVA, T. C.; SILVA, K.; COELHO, M. A. P. O uso da tecnologia da informação e comunicação na educação básica. Anais do Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia Online, v. 5, n. 1, jun. 2016. Disponível em: . Acesso em: 24 jan. 2021.

SOBRINHO, A. B. F.; BARBOSA, A. M. Criatividade no Instagram como ferramenta de inovação para as organizações. Signos do Consumo, v. 6, n. 1, p. 125, jun. 2014.

SOUZA, Q. R., QUANDT, C. O. Metodologia de Análise de Redes Sociais. O Tempo das Redes. São Paulo: Perspectiva, 2008, p. 31-63.

STRUBE, C., RAUE, K., & JANECEK, E. Simple, but not easy – Opportunities and challenges from teachers’ and students’ perspectives in the 21st century of veterinary parasitology teaching. Veterinary Parasitology, v. 252, p. 74–79, 2018.

TELLES, A. Definição de Rede Social e Mídia Social. Midiatismo. 2010. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-179

Refbacks

  • There are currently no refbacks.