O uso contínuo de DIU com levonorgestrel como fator predeterminante para a gravidez ectópica / The continuous use of IUD with levonorgestrel as a predetermining factor for ectopic pregnancy

Gabriella Lucas da Cruz Ferreira, Luana Cimini de Oliveira, Sérgio Gabriel Soares Diniz, Joao Paulo Dinali Santos Oliveira, Ana Carolina Lopes Araujo, Felipe Bernardes Nascimento Figueiredo, Larissa Ribeiro Leão Lara, José Helvécio Kalil de Souza

Abstract


Introdução: O Dispositivo intrauterino com liberação de levonogestrel (DIU-LNG) é um método contraceptivo altamente eficiente e bem tolerado que, entretanto, tem sido associado a gravidez ectópica (GE) em casos de falha. Objetivo: Avaliar a relação direta entre o uso contínuo do SIU-LNG e a ocorrência de GE. Metodologia: Foi executada uma análise de ensaios clínicos randomizados que abordavam a eficácia do SIU-LNG e a frequência de GE em casos de falha do dispositivo, publicados nos últimos 10 anos, em humanos, utilizando a base de dados National Library of Medicine (MedLine). A pesquisa pelos descritores “ectopic pregnancy” e “LNG-IUS”, foi realizada por meio consulta ao Medical Subject Headings (MeSH), através do portal da U.S National Libreary of Medicine (NML). Inicialmente foram encontrados 7 artigos, dos quais 4 foram selecionados e 3 descartados, sendo os critérios de inclusão artigos que abordaram a associação entre SIU-LNG contínuo e GE, a eficácia do SIU-LNG de uso constante e a prevalência de GE em casos de falha do SIU-LNG. Resultados: O Dispositivo intrauterino (DIU) é um método contraceptivo altamente eficiente e bem tolerado, de modo que, seu uso é capaz de prevenir gestações por vários anos e sua eficácia é equivalente à laqueação. Em estudos que visavam analisar a eficácia do dispositivo, foi observada uma proporção entre 27% e 67% de GE em casos de falha seguida de gravidez. O quadro de GE é grave pode colocar em risco a vida da paciente e comprometer irreversivelmente sua capacidade reprodutiva. Conclusão: O DIU-LNG é um método contraceptivo de alta eficácia que diminui em mais de 98% a probabilidade de uma gestação, entretanto, quando, por falha do método, uma gestação ocorre, há uma maior probabilidade do surgimento de uma GE.


Keywords


“Gravidez ectópica”, “DIU-LNG”, “Contracepção intrauterina”.

References


EISENBERG, D. L. et al. Three-year efficacy and safety of a new 52-mg levonorgestrel releasing intrauterine system. Contraception, v. 92, p. 10 – 6, 5 2015.

URBANETZ, Almir Antônio. et al. Ginecologia e Obstetrícia Febrasgo para o Médico Residente. Barueri-SP. Manole Ltda. 2016. p. 887 - 1152.

TEAL, S. B. et al. Five-Year Contraceptive Efficacy and Safety of a Levonorgestrel 52-mg Intrauterine System. Obstetrics and gynecology, v. 133, p. 63 – 70, 12 2018.

GEMZELL-DANIELSSON, K. et al. The Effect of Age, Parity and Body Mass Index on the Efficacy, Safety, Placement and User Satisfaction Associated With Two Low-Dose Levonorgestrel Intrauterine Contraceptive Systems: Subgroup Analyses of Data From a Phase III Trial. PloS one, v. 10, p. e0135309 –, 9 2015.

BAHAMONDES, L. et al. Long-acting reversible contraceptive (LARCs) methods. Best practice & research. Clinical obstetrics & gynaecology, v. 66, p. 28 – 40, 2 2020.

HEINEMANN, K. et al. Comparative contraceptive effectiveness of levonorgestrel releasing and copper intrauterine devices: the European Active Surveillance Study for Intrauterine Devices. Contraception, v. 91, p. 280 – 3, 1 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-089

Refbacks

  • There are currently no refbacks.