Inteligência policial e seus benefícios aos agentes policiais / Police intelligence and its benefits to police officers

Ademir Gonçalves da Silva

Abstract


O estresse policial tem sido um dos principais obstáculos a serem ultrapassados pelos agentes que servem a Segurança Pública, como contrapartida, e fonte de combate ao mesmo surge o Inteligência Policial, ainda que não se apresente formas concretas e diretas contra o estresse e melhora da qualidade de vida dos agentes, a mesma apresenta recursos para o combate ao crime e para manutenção da ordem, como consequência aliviaria as situações de estresse do agente policial, prevenindo algumas situações de perigo, sendo possível munir os agentes polícias com estratégias mais eficientes para cumprir o seu papel, promovendo então uma maior auto estima e segurança em relação ao serviços que são prestados. Ainda que se reconheça avanços bem promissores da Inteligência Policial no nosso pais, se reconhece que o Brasil está longe de atingir um nível maior de desenvolvimento.

 


Keywords


Inteligência Policial. Estresse na vida policial. Qualidade de vida. Segurança Pública.

References


BESSE, Maria Izabel, A Meditação como facilitadora da atividade policial militar. Monografia, PMSP, 1995.

BRANDÃO, P. C. A inteligência criminal no Brasil: um diagnóstico. In: LATIN AMERICAN STUDIES ASSOCIATION INTERNATIONAL CONGRESS, 29., Oct. 2010, Toronto, Canadá

Dantas, Marilda Aparecida; Vitar Cantarino Brito, Denilza; Batista Rodrigues, Pâmela; Maciente, Tiago Silvério Avaliação de estresse em policiais militares Psicologia: Teoria e Prática, vol. 12, núm. 3, 2010, pp. 66-77 Universidade Presbiteriana Mackenzie São Paulo, Brasil Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=193818369006

DIAS, Janary Barbosa. A influencia do estresse na qualidade de vida do policial militar. 2011. Disponível em:

https://www.bdm.unb.br/bitstream/10483/2993/1/2011_JanaryBarbosaDias.pdf.

FARIAS, Osmar Lino, Cap PM. Afastamento e acompanhamento de policiais militares, após traumas ocasionados pelo atendimento de ocorrência policial de alto risco, com disparo de arma de fogo em Goiânia. Goiania: PMGO.1998. Monografia.

FERNANDES, Robinson. ANÁLISE DE INTELIGÊNCIA E O ENFRENTAMENTO DA CRIMINALIDADE ORGANIZADA. São Paulo: ACADEPOL, 2007.

FINN,Peter et al. Developing a law enforcement Stress Program for Officers and Their Families, USA:U.S Departament of justice, March, 1997.

Furtado, V. Tecnologia e Gestão da informação na Segurança Pública. 1°. ed.Rio de Janeiro: Garamond,2002.

JESUS, Iracema Silva de. A ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA POLICIAL: QUALIFICANDO A ATUAÇÃO DA POLÍCIA JUDICIÁRIA DO ESTADO DA BAHIA. 2013.

GURGEL, André Morais. Melhoria da segurança publica: uma proposta para

locação de unidades policiais utilizando o modelo das P-medianas e do caixeiro viajante.2010. Disponível em:

https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/14945/1/AndreMG_DISSERT.pdf.

MINGARDI, Guaracy. O trabalho da Inteligência no controle do Crime Organizado. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ea/v21n61/a04v2161.pdf.

MIRANDA, Rafael Normando. Resumo das características e funções do

Serviço de Inteligência e a diferença entre Investigação e Inteligência Policial. 2207. Disponível em:

http://jusmilitaris.com.br/sistema/arquivos/doutrinas/difinvestigintelig.pdf. Acesso em: 27 jul. 2020.

Minayo, M. C. S. & Souza, E. R. (2003). Missão investigar: entre o ideal e a realidade de ser policial. Rio de Janeiro: Garamond.

OLIVEIRA JUNIOR, Almir de. Importância das Atividades de Investigação e Inteligência Policial para o Sistema de Justiça Criminal e seu Aprimoramento no Brasil. 2012. Disponível em:

http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/6765/2/BAPI_n02_p49- 54_RD_Importancia-atividades_Diest_2012-ago.pdf.

RONDON FILHO, E. B. Inteligência de Segurança Pública: Um Xeque-Mate na Criminalidade. 22. Ed. Curitiba: Juruá, v.I,2009. Cap 1, p. 276.

PORTELA, A.; BUGHAY FILHO, A. Nível de estresse de policiais militares: comparativo entre sedentários e praticantes de atividade física. Revista Digital, Buenos Aires, ano 11, n. 106, 2007

SANTANA, Sérgio Lopes; SABINO, Alini Daniéli Viana. ESTRESSE POLICIAL MILITAR: EFEITOS PSICOSSOCIAIS. Disponível em:

http://www.aems.com.br/conexao/edicaoanterior/Sumario/downloads/2012/humanas/ES TRESSE%20POLICIAL%20MILITAR%20EFEITOS%20PSICOSSOCIAIS.pdf

SILVA, M. B.; VIEIRA, S. B. O processo de trabalho do Militar Estadual e a Saúde Mental.Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 17, n. 4, p. 161-170, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-075

Refbacks

  • There are currently no refbacks.