O território da pesca e trabalho no município de Itajaí (Santa Catarina) / The territory of fishing and labor in the municipality of Itajaí (Santa Catarina)

Valdir da Silva, José Francisco Hilbert, Cristiane Mansur de Moraes Souza, Gilberto Friedenreich dos Santos

Abstract


A pesca assume um importante papel socioeconômico na ocupação de mão de obra, geração de renda e oferta de alimentos em várias comunidades ao redor do mundo. Em vista disso, busca-se a reflexão sobre os impactos no mundo do trabalho no setor da pesca em Itajaí, Santa Catarina. Para tal aspiração, procura-se compreender a dinâmica do modelo de acumulação do capital, por meio de contratações e demissões no setor tradicional da pesca. Nesse contexto, as principais questões de pesquisa serão: Será que o setor da pesca contribui para geração de muitos empregos? Os trabalhadores do setor pesqueiro tem emprego garantido por muito tempo? Como se dá a questão salarial? Para verificar estas e outras questões, foi feita uma análise quantitativa e sistematização dos dados constantes na base da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) de 1995 a 2015. Fez-se tabulações e cruzamentos de informações de cinco em cinco anos, envolvendo: estoque de empregos, distribuição dos trabalhadores por gênero, faixa etária, remuneração em salários mínimos, tempo de trabalho e número de estabelecimentos. Com estas informações se torna possível analisar a dinâmica do setor pesqueiro de Itajaí, assim como sua capacidade de geração de emprego. Apesar do aumento do número de estabelecimentos houve queda na geração de empregos relacionados à pesca. Além disso, o setor pesqueiro passou a contratar, nos últimos anos, pessoas de maior faixa etária proporcionando menor tempo de trabalho.


Keywords


Setor pesqueiro, Empregos, Itajaí.

References


BRASIL. Lei nº 10.779, de 25 de novembro de 2003. Dispõe sobre a concessão do benefício de seguro desemprego, durante o período de defeso, ao pescador profissional que exerce a atividade pesqueira de forma artesanal. Disponível em: . Acesso em: 7 jan. 2018.

CAPELLESSO, A. J.; CAZELLA, A. A. Pesca artesanal entre crise econômica e problemas socioambientais: Estudo de caso nos municípios de Garopaba e Imbituba (SC). Revista Ambiente e Sociedade, Campinas, v. XIV nº. 2 jul. /dez., 2011.

CHAVES, Sidney Soares. Micro e pequenas empresas em arranjos produtivos locais: um estudo do setor pesqueiro da Foz do Rio Itajaí-Açú/SC. Florianópolis, 2004. 193f. Dissertação (Mestrado em Economia Industrial) – Universidade Federal de Santa Catarina, 2004.

LIMA, Sueli Maria Furtado; DIAS, Marco Antonio Harms; BRANCO, Joaquim Olinto. Certificação Profissional dos Pescadores e Sua Contribuição à Pesca de Itajaí, SC. Anais do Encontro Mãos de Vida, v. 3, n. 1, 2017.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política (vol. 1, tomo 2). Trad. R. Barbosa; F. R. Kothe. 2 ed. São Paulo: Nova Cultural, 1985.

MPA. Registro Geral da Atividade Pesqueira. Ministério da Pesca e Aquicultura. Disponível em: < http://sistemas.agricultura.gov.br/sisrgp/>. Acesso em: 7 jan. 2018.

PEREZ, Maria Isabel Lopes. Certificação de saberes da experiência. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 4, p. 19304-19316, 2020.

POLETTE, M.; LONGARETE, C.; BENAVENTE, J.. Risco, Percepção e Vulnerabilidade às variações climáticas em comunidades costeiras. Anais II Congresso Ibero Americano de Gestão Integrada de Áreas Litorais. Florianópolis, SC. 2016.

RAIS. CAGED RAIS vínculos. Disponível em: < http://bi.mte.gov.br/bgcaged/login.php>. Acesso em: 7 jan de 2018.

REBOUÇAS. G. N.; FILARDI A. C. L.; VIEIRA P. F. GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA DA PESCA ARTESANAL: potencialidades e obstáculos no litoral do Estado de Santa Catarina. Revista Ambiente e Sociedade, Campinas, v. IX nº. 2 jul./dez., 2006.

SEBRAE Santa Catarina. Coletânea de informações socioeconômicas de Santa Catarina. Documento elaborado para o Planejamento Plurianual do Sebrae/SC. Florianópolis: Sebrae/SC, 2013.

WAMBAR, F. G. Potencialidades e obstáculos à promoção da governabilidade de sistemas de pesca costeira em Santa Catarina: Estudo de caso na região do Baixo Vale do Itajaí no período de 2003 a 2010. Dissertação (Mestrado em Sociologia Política) – Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Florianópolis, p. 177. 2012.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-071

Refbacks

  • There are currently no refbacks.