O professor de geografia e a seleção de livros didáticos para o ensino fundamental / The geography teacher and the selection of textbooks for elementary school

Hugo Gabriel da Silva Mota, Daniel Mallmann Vallerius

Abstract


Este texto possui dois objetivos principais no que se refere ao trabalho do professor e o processo de escolha dos livros didáticos de Geografia. O primeiro é discutir os critérios e elementos importantes quando da escolha das coleções de livros didáticos para o subsidio ao trabalho docente e, segundo, apresentar uma metodologia sistematizada de análise do livro didático que amplie os critérios e mecanismos até então utilizados para este processo. Para este trabalho foram entrevistados 25 professores de Geografia atuantes nos anos finais do ensino fundamental na cidade de Goiânia, que fazem uso frequente do livro didático durante suas aulas. Os dados revelam que os professores não possuem um método – claramente identificável - para a análise e seleção do material didático a ser utilizado, revelando, portanto, a importância de uma proposta de sistematização de critérios para orientar o professor durante o processo de escolha dos livros didáticos.


Keywords


Formação continuada, Livro didático, Trabalho docente

References


DÍAZ. Omar Rolando Turra. A atualidade do livro didático como recurso curricular. Linhas Críticas, Brasília, DF, v. 17, n. 34 p. 609-624, set./dez. 2011.

KAERCHER, Nestor André. Se a geografia escolar é um pastel de vento o gato come a geografia crítica. Porto Alegre: Evangraf, 2014.

MOTA, Hugo Gabriel da Silva. O livro didático mediando a construção do conhecimento na formação continuada do professor de Geografia [Dissertação de Mestrado]. Instituto de Estudo Socioambientais (IESA), Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO. 2015, 172f.

SILVA, Ezequiel Theodoro. Livro didático: do ritual de passagem a ultrapassagem. Em Aberto, Brasília, ano 16, n.69, jan./mar. 1996




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30566

Refbacks

  • There are currently no refbacks.