A utilização de pistas diretas planas no tratamento da mordida Cruzada Funcional: uma revisão de literatura / The use of flat direct tracks in treatment of functional cross bite: a literature review

Roberta Carolino Antunes Gondim, Karina Dutra Pinto Pereira, Marton de Moura Gondim, Marcelo Paulo Balbino Teixeira Júnior, Pedro Diniz Rebouças

Abstract


A má oclusão está apontada como a terceira doença bucal mais prevalente e é frequentemente encontrada na odontologia infantil. A mordida cruzada é desenvolvida quando os dentes do arco superior não se posicionam adequadamente sobre os dentes do arco inferior e sua classificação pode ser: esquelética, dentária e funcional, essa última identificada quando a mandíbula é deslocada para um dos lados, causando assimetria condilar e desalinhamento da linha média, ao realizar a máxima intercuspidação. O cirurgião-dentista deve intervir logo que diagnosticada a má oclusão, preservando o sistema estomatognático, sendo o tratamento feito através da Reabilitação Neuroclusal, utilizando as Pistas Diretas de Planas, que propõe eliminar os fatores que causam essa desarmonia oclusal. O estudo teve como objetivo relatar as técnicas de Pistas Diretas de Planas, através de revisão integrativa da literatura, incluindo artigos em português, inglês e espanhol, dos últimos dez anos, tendo sido selecionados 11 artigos, em que os autores argumentam a eficácia e as vantagens da técnica nos tratamentos das mordidas cruzadas funcionais. Conclui-se que é uma técnica de baixo custo, de fácil execução e não depende da colaboração do paciente, no entanto, o profissional cirurgião-dentista clínico deve ter domínio sobre a técnica, para executá-la e gerar bons resultados.


Keywords


Reabilitação Neuroclusal, Pista Direta de Planas, Mordida Cruzada Funcional.

References


ARTENIO, J. I. G.; PERES, G. T.; SALIBA, T. A.; WAKAYAMA, B.; GARBIN, C. S. A. Neuro-occlusal rehabilitation by the Planas direct tracks method: case report. Annali di Stomatologia. v. 9, n.1, p. 53-58, 2018.

BATISTA, E. R.; SANTOS, C. D. L. Mordida cruzada posterior em dentição mista. Revista de Odontologia da Universidade Cidade de São Paulo, v. 29, n. 1, p. 66-74, jan./abr. 2016.

BAUMAN, J. M.; SOUZA, J. G. S.; BAUMAN, C. D.; FLORIO, F. M. Padrão epidemiológico da má oclusão em pré escolares brasileiros. Ciência e Saúde Coletiva. v. 23, n. 11, p. 3861-3868, 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Pesquisa nacional de saúde bucal 2010. Brasília, dez. 2010. Disponível em: http://idisa.org.br/img/File/SAUDE%20BUCAL--NotaParaImprensa-28dez2010%20(2).pdf. Acesso em: 20 abr. 2021.

CAMACHO, G.; WALDEMARIN, R. Conceitos restauradores de oclusão: relação cêntrica. 2019. Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Pelotas, Rio Grande do Sul, 2019.

CARDOZO, M. A.; MARTÍNEZ, J. M.; MOLINA, N.; HERNANDEZ, J. Á. Efectos de la ortopedia funcional de los maxilares sobre las dimensões de los arcos dentales em pacientes com mordida profunda em denticion primaria. Revista Estomatologia, Colombia, v. 24, n. 3, p. 18-23, 2016.

CARVALHO, T. M; MIRANDA, A. F. Relato de caso clínico: ortopedia e ortodontia em crianças com síndrome de down. Revista Ciências e Odontologia, v. 1, n. 1, p. 29-34, 2017.

CHIBINSKI, A. C. R.; CZLUSNIAK, G. D. Avaliação do tratamento da mordida cruzada posterior funcional da dentição utilizando as vias diretas de Planas. Indian Journal of Dental Rescarh, v. 22, p. 654-658, 2011.

FIGUEIREDO, P. B. A.; FERRAZ, R. P.; SILVA, V. C.; JÚNIOR J., M. P.; SILVA, A. R. Q.; SILVA, A. I. Plano inclinado no tratamento da mordida cruzada anterior: relato de caso clínico. Revista da Faculdade de Odontologia, Passo Fundo, v. 19, n. 2, p. 229-233, maio./ago. 2014.

GARBIN-I, A. J.; WAKAYAMA, B.; ROVIDA, T. A. S.; GARBIN, C. A. S. Intervención temprana de la mordida cruzada por la pista directa de Planas: relato de siete años de seguimento. Revista Ciência e Salud, Bogotá, v. 18, n. 2, p. 119-128, mayo./ago. 2020.

GARBIN-I, A. J.; WAKAYAMA, B.; ROVIDA, T. A. S.; GARBIN, C. A. S. Reabilitação neuroclusal e pistas diretas de planas na correção da mordida cruzada posterior. Revista Gaúcha de Odontologia, Campinas, v. 65, n. 2, p. 109-114, abr./jun. 2017.

GARBIN-I, A. J.; WAKAYAMA, B.; ROVIDA, T. A. S.; GARBIN, C. A. S. A utilização da pista direta Planas no tratamento precoce da mordida cruzada posterior: relato de caso. Archives of Health Investigation, v. 5, n. 4, p. 182-185, 2016.

GISFREDE, T. F.; KIMURA, J. S.; REYES, A.; BASSI, J.; DRUGOWICK, R.; MATOS, R.; TEDESCO, T. K. Hábitos bucais deletérios e suas consequências em odontopediatria. Revista Brasileiras de Odontologia. Rio de Janeiro, v.73, n. 2, p. 144-149, abr./jun. 2016.

HAUDEMAND, M. G.; MALVICINO, A. C.; ROLLIÉ, J. Tratamiento temprano de la mordida cruzada anterior: informe de un caso clínico. Revista de lá Asociación Odontológica Argentina, v.105, n. 1, p. 12-18, mar. 2017.

MACHADO, Márcia Sabrina Barbosa. Princípios de uma oclusão ideal. Monografia (Especialização em Prótese Dentária) – Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

MARTINS, L. P.; BITTENCOURT, J. M.; BENDO, C. B.; VALE, M. P.; PAIVA, S. M. Má oclusão e vulnerabilidade social: estudo representativo de adolescentes de Belo Horizonte, Brasil. Ciência e Saúde Coletiva, v. 24, n. 2, p. 393-400, 2019.

MOREIRA, A. F.; PINTO, L. S.; PINTO, K. V. A.; CÔRREIA, P. G.; JEZIORSKI, S. A. Z.; VELASQUE, K. S. Impacto da má oclusão na dentição decídua e permanente na qualidade de vida de crianças e adolescentes: revisão de literatura. Revista Brasileira de Odontologia, Rio de Janeiro, v. 72, n. 1/2, p. 70-75, jan./jun. 2015.

OLIVEIRA, M. F.; ARAÚJO, K. P.; ARAÚJO, K. P.; BUELAN, M. I. M.; BUELAN, P. J. Reabilitação neuroclusal em pacientes odontopediátrico com mordida cruzada posterior unilateral – relato de caso. Revista da Faculdade de Odontologia, Passo Fundo, v. 24, n. 1, p. 31-47, jan./abr. 2019.

PEREIRA, A. P. S.; PRESTES, G. B. R.; SARMENTO, N.; DUTRA, A. L. T.; BRAGA, V. S. L.; CARVALHAL, C. I. O. Pista direta planas para tratamento de mordida cruzada anterior funcional: relato de caso. Orthodontic Science and Practice, v. 14, n. 53, p. 56-61, 2021..

PETTER, Odara Íris. Utilização de pista direta planas para tratamento de mordida cruzada posterior na dentição decídua. Monografia (Especialização em Odontopediatria) – Departamento de Estomatologia, Setor de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

PINHO, T.; MENDES, D.; ARCIS, C. B. Tratamento interceptivo da mordida cruzada anterior: série de casos. Birth and Growth Medical Journal, Porto, v. 27, n. 2, p. 119-125, jun. 2018.

RAMIREZ, L. M. R.; GALBIATT, R. F.; OLIVEIRA, R. C. G. Bionator de Balters – Manual de Confecção: relato de caso. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, Ano 04, Ed. 07, v. 07, p. 75-115, jul. 2019.

ROSSI, L. B.; PIZZO, K. D. C.; BOECK, E. M.; LUNARDI, N.; GARBIN, A. J. I. Correção de mordida cruzada anterior funcional com a terapia de pista diretas planas: relato de caso. Faculdade de Odontologia de Lins/Unimep, v. 22, n. 2, p. 45-50, jan./jun. 2012.

SANTOS, R. R.; GARBIN-I, A. J.; GARBIN, C. A. S. Correção antecipada da má oclusão usando trilhas diretas de planas. Case Reports in Dentistry, São Paulo, set. 2013.

SILVA, D. F. R. Mordida cruzada funcional: definição, diagnóstico e tratamento. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – União Metropolitana de Educação e Cultura, Lauro de Freitas, Salvador, 2017.

VEDOATTO, P. A.; WAKAYAMA, B.; GARBIN, C. A. S.; SALIBA, T. A.; GARBIN, A. J. I. Reabilitação neuroclusal e a intervenção precoce na má oclusão: relato de 6 anos de acompanhamento. Arch Health Invest, v. 7, (Spec Iss 3), p. 366, maio. 2018.

ZÓZIMO, T. I. L.; SANTOS, G. R. P.; SILVA, J. V. B. S.; SILVA, G. S. G. da; SILVA, S. M. S. da. Correção de mordida cruzada anterior funcional com pistas planas diretas: relato de caso clínico. Arch Health Invest, v. 7, (Special Issue 5), p. 72, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30547

Refbacks

  • There are currently no refbacks.