Abordagem cirúrgica de fratura panfacial com foco na sequência da reconstrução dos pilares ósseos: relato de caso / Surgical approach to panfacial fracture with focus on the sequence of bone pillar reconstruction: a case report

Raphael Lobo Blanquet Ribeiro, Eduardo Cezar Lima Silva de Miranda, Thainá Araújo Pacheco Brito, Rafael Cruz de Almeida, Gabriel Machado de Cerqueira e Silva, Esdras Fabrício dos Santos Costa, Rafael Menezes da Costa Guerra Sales, Ravy Silva Carvalho

Abstract


Objetivo: relatar um caso clínico de fratura panfacial, com foco na sequência da reconstrução dos pilares ósseos. Introdução: A face é responsável por abrigar estruturas complexas e nobres que estão estritamente relacionados com a vitalidade do indivíduo. Nesse contexto as fraturas panfaciais, ou fraturas complexas da face, representam-se como o acometimento simultâneo dos terços superior, médio e inferior da face, onde todos apresentam múltiplas fraturas. São traumas importantes que demanda um bom conhecimento da anatomia facial do cirurgião. A etiologia das fraturas múltiplas da face normalmente está relacionada com o trauma facial de alta energia, como acidentes automobilísticos, agressões físicas e ferimentos por projétil de arma de fogo. Relato de caso: Paciente do gênero masculino, 39 anos, vítima de acidente motociclístico, admitido ao Hospital Geral do Estado (HGE – Salvador/BA), cursando com múltiplas fraturas em face. Através da avaliação clínica e de exames complementares, o paciente foi diagnosticado com fratura do COZM bilateralmente, arco zigomático esquerdo, Le Fort I, lannelongue, corpo mandibular direito e ramo mandibular esquerdo. Como conduta e tratamento, foram planejadas a redução e fixação das fraturas mais estáveis para as menos estáveis. Discussão: As diversas abordagens existentes na literatura para tratamento cirúrgico das fraturas panfaciais, são motivos de discussão entre inúmeros autores. Fraturas panfacias possuem peculiaridades e desafios, tornando seu processo terapêutico único e individualizado para cada caso.    Conclusão: O diagnóstico e planejamento dos traumas panfaciais devem ser estabelecidos visando a adequada redução e fixação dos fragmentos fraturados, alcançando o resultado funcional e estético satisfatório e o bem-estar ao paciente, reabilitando-o ao convívio social. 


Keywords


Traumatismos Faciais; Ossos Faciais; Fixação de Fratura; Fraturas Múltiplas

References


Gassner R, Tuli T, Hächl O, Rudisch A, Ulmer H. Cranio-maxillofacial trauma: A 10 year review of 9543 cases with 21 067 injuries. J Cranio-Maxillofacial Surg. 2003;31(1):51–61.

Alvi A, Doherty T, Lewen G. Facial fractures and concomitant injuries in trauma patients. Laryngoscope. 2003;113(1):102–6.

Naveen Shankar A, Naveen Shankar V, Hegde N, Sharma, Prasad R. The pattern of the maxillofacial fractures - A multicentre retrospective study. J Cranio-Maxillofacial Surg. 2012;40(8):675–9.

Zamboni RA, Wagner JCB, Volkweis MR, Gerhardt EL, Buchmann EM, Bavaresco CS. Levantamento epidemiológico das fraturas de face do Serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre-RS. Rev Col Bras Cir. 2017;44(5):491–7.

Kim JJ, Huoh K. Maxillofacial (midface) fractures. Neuroimaging Clin N Am. 2010;20(4):581–96.

Muñoz I Vidal J, García Gutiérrez JJ, Gabilondo Zubizarreta FJ. Organización en el tratamiento del traumatismo panfacial y de las fracturas complejas del tercio medio. Cir Plast Ibero-Latinoamericana. 2009;35(1):43–54.

Tang W, Feng F, Long J, Lin Y, Wang H, Liu L, et al. Sequential surgical treatment for panfacial fractures and significance of biological osteosynthesis. Dent Traumatol. 2009;25(2):171–5.

He D, Zhang Y, Ellis E. Panfacial Fractures: Analysis of 33 Cases Treated Late. J Oral Maxillofac Surg. 2007;65(12):2459–65.

Kelly KJ. Soft-tissue injury of the face. Oper Tech Plast Reconstr Surg. 1998;5(3):246–56.

de Oliveira e Cruz GA, Ono MCC, Junior IM. Fraturas panfaciais: experiência do ano 2011 Panfacial fractures: experience of 2011. Rev Bras Cir Craniomaxilofac. 2012;15(2):79–82.

Abreu RAM, Genghini EB, Faria JCM. Fraturas crânio-maxilo-faciais associadas a outras lesões no paciente politraumatizado. Rev Bras Cir Craniomaxilofac. 2010;13(3):156-60.

Mendonça JCG, Freitas GP, Lopes HB et al. Tratamento de fraturas complexas do terço médio da face: relato de caso Treatment of complex fractures of the midface: a case report. Rev Bras Cir Craniomaxilofac. 2011;14(4):221-224.

Kim J, Choi JH, Chung YK. Panfacial Bone Fracture and Medial to Lateral Approach. Archives of Craniofacial Surgery. 2016;17(4):81

Dongmei H, Zhang H, Ellis III E. Panfacial fractures: Analysis of 33 cases Treated Late. J Oral Maxillofac Surg 2007;65(12):2459-65.

Ali K, Lettieri SC. Management of Panfacial Fracture. Seminars in Plastic Surgery. 2017;31(2):108-117.

Correa APS, Mello RA, Pelizzer EP. Princípios de redução das fraturas panfaciais: revisão de literatura. Currículo Lattes. 2013:41-45.

Rodrigues CMC, Sol I, Santos DM et al. ABORDAGEM CIRÚRGICA DE FRATURAS COMPLEXAS DE FACE: A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO SEQUENCIAL. 2018;4(4).

Yun S, Na Y. Panfacial bone fracture: cephalic to caudal. Archives of Craniofacial Surgery. 2018;19(1):1-2.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30430

Refbacks

  • There are currently no refbacks.