A importância das tecnologias da informação e comunicação no aperfeiçoamento do professor e resistências/ The importance of technologies of information and communication in perfecting the teacher and resistances

Luiz Claudio Correia dos Santos, Carlos Alberto de Vasconcelos

Abstract


As Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) são fundamentais e imprescindíveis para vários segmentos da sociedade e não é diferente na educação. Sendo assim, o presente artigo baseado em referências bibliográficas que embasam o assunto, tem como objetivo verificar, discutir e demonstrar a importância e benefícios que as tecnologias apresentam para professores e alunos no processo ensino-aprendizagem. Aborda também, as dificuldades e resistências que alguns profissionais apresentam para não utilizar as TIC. Embora haja por parte de diversos profissionais da educação resistência em utilizar as mídias tecnológicas, faz-se necessário destacar que o mundo vive na era informacional, tecnológica. Portanto, é importante destacar que os professores que não sabem lidar com essas interfaces devem se aperfeiçoar para tê-las como aliadas no progresso das suas aulas de modo a tornar mais eficaz o ensino-aprendizagem.


Keywords


Tecnologias da Informação e Comunicação, Ensino-Aprendizagem, Educação, Professores.

References


ALMEIDA, Maria Elizabet. Informática e formação de professores. Brasília: Ministério da Educação (MEC), 2000.

BELLONI, Maria Luiza. Educação a Distância. 2. ed. São Paulo: Autores Associados, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação (MEC). Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: MEC/SEF, 2000.

BRASIL. Ministério da Educação (MEC). Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

FARIA, Eliane Turk. O professor e as novas tecnologias. In: ENRICONE, Délcia (Org.). Ser Professor. 4. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. p. 57-72.

FREIRE, Paulo. A Educação na cidade. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 62. ed. Rio de Janeiro, São Paulo: Paz e Terra, 2019.

KENSKI, Vani Moreira. Novos processos de interação e comunicação no ensino mediado pelas tecnologias. Cadernos de Pedagogia Universitária. São Paulo: USP, 2008.

KENSKI, Vani Moreira. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus, 2010.

MORAN, J. M. As múltiplas formas de aprender (Entrevista). Revista Atividades & Experiências, jul. 2005. Disponível em http://ucbweb.castelobranco.br/webcaf/arquivos/23855/6910/positivo.pdf. Acesso em: 25 jun. 2020.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos T.; BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 7. Ed. Campinas: Papirus, 2000.

OLIVEIRA, Celina Couto de; COSTA, José Wilson da; MOREIRA, Mércia. Ambientes informatizados de aprendizagem. Campinas: Papirus, 2001.

VASCONCELOS, Carlos Alberto. Tecnologias, currículo e diversidades: substratos teórico-práticos da/na educação. São Cristóvão: Edufal, 2017.

VIEIRA, Rosângela Souza. O papel das tecnologias da informação e comunicação na educação: um estudo sobre a percepção do processo/aluno. Formoso-BA: Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), 2011, v. 10, p. 66-72.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30409

Refbacks

  • There are currently no refbacks.