Comportamento do concreto reforçado com cavacos de aço e alumínio: resistência à tração por compressão diametral / Behavior of concrete reinforced with steel and aluminum chips: tensile strength by diametral compression

Júlio César Resende Dias, João Victor Valle Mazzaro, Silas César Reis, Gabriel Vieira Nunes, Frank de Mello Liberato

Abstract


O objetivo deste artigo é analisar o comportamento do concreto reforçado com inserção de cavacos de aço e alumínio. O cavaco é o material removido do tarugo durante o processo de usinagem, com o objetivo de alcançar as dimensões e formas desejadas para a peça final. Ao incorporar esse cavaco no concreto damos a ele outro método de reutilização econômica diferente da simples refusão, onde se tem problemas de poluição do ar devido à queima do óleo lubrificante que impregna as partículas de cavacos e melhoramos as propriedades mecânicas do concreto. Este artigo apresenta uma análise comparativa de amostras com adição de cavacos de aço e alumínio e sem adição de cavacos. O percentual escolhido para adição de cavacos foi de 1% do volume do concreto produzido. Para realizar tal comparação foi feito ensaios de tração por compressão diametral (ABNT NBR 7222, 2011). Os resultados de resistência do concreto foram determinados para o tempo de 28 dias de cura úmida. Com a análise dos resultados notou-se um aumento médio de 19% na resistência à tração por compressão diametral do concreto com a adição de cavacos de aço quando se comparado ao concreto sem adição. Já para o concreto com adição de cavacos de alumínio não houve acréscimo de resistência.


Keywords


Concreto, Cavacos, Resistência, Tração por Compressão Diametral.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12.655: Concreto de cimento Portland – Preparo, controle e recebimento – Procedimento. Rio de Janeiro, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Moldagem e cura de corpos-de-prova cilíndricos ou prismáticos de concreto. NBR 5738, ABNT, Rio de Janeiro.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7222: Concreto e argamassa – Determinação da resistência à tração por compressão diametral de corpos de prova cilíndricos. Rio de Janeiro, 2011.

KAEFER, Luís. A EVOLUÇÃO DO CONCRETO ARMADO. São Paulo 1998.

FIGUEIREDO, Antônio Domingues. Concreto com fibras de aço. São Paulo 2000. Tese de doutorado, USP.

GONÇALVES, Bruno Henrique. LIMA, Glauco Francisco de. GONÇALVES, Bruno Henrique. Comportamento do concreto reforçado com fibras de aço carbono: resistência à compressão e tração por compressão diametral. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 04, Ed. 04, Vol. 06, pp. 83-131. Abril de 2019. ISSN: 2448-095.

GÓIS, Fernanda Alves Pinto. AVALIAÇÃO EXPERIMENTAL DO COMPORTAMENTO DE CONCRETO FLUIDO REFORÇADO COM FIBRAS DE AÇO: Influência do fator de forma e da fração volumétrica das fibras nas propriedades mecânicas do concreto. 2010. 157 f. Tese (Doutorado) – Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal de Alagoas Centro de Tecnologia, Maceió- Al, 2010.

SOUZA, Leandro Moreno. Adição de Fibras de Lata de Alumínio e Aço Em Concreto. Araguaína, Brasil.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30294

Refbacks

  • There are currently no refbacks.