A prevalência da hipertensão arterial em adultos e fatores associados / The prevalence of hypertension in adults and associated factors

Ariely Ingrid Mesanini Souza, Flávia Hammerschmidt, Gabriel Pedot, Giovanna Mayumi Kamiya Viotto, Sofia Santos Flôres, Yone Vogel Matos, Zaira Barbara da Silva

Abstract


Ao se tornar adulto a população torna-se mais propensa a ter uma pressão arterial mais elevada. Segundo a Organização Mundial da Saúde (2020), as doenças cardiovasculares, são a maior causa de morte no mundo constituindo 31% das mortes mundiais. Incorporando este contexto, o objetivo desse estudo é verificar a prevalência da hipertensão arterial em adultos de uma unidade básica de saúde com vista a contribuir para um maior conhecimento da patologia e suas complicações. Trata-se de um estudo descritivo – analítico, de caráter quantitativo. Para a coleta de dados, inicialmente, os indivíduos foram abordados e apresentados aos objetivos propostos pelo estudo de forma clara, mediante a autorização utilizou-se o método de aplicação de um questionário não identificado, com perguntas diretas, tendo em vista o levantamento das seguintes variáveis: sexo, raça, doenças associadas, estresse, obesidade, uso de medicamentos, tabagismo e pressão arterial. De acordo com os resultados os participantes deste estudo em sua maioria são negros (58%), do sexo feminino (66%) com idade entre 40 a 49 anos (66%), são hipertensos (86%) e caracterizam como fator associado ao aumento da pressão, o estresse (82%). É possível concluir, que a hipertensão arterial é caracterizada como um problema de saúde pública, devendo ser vista pelo governo como uma prioridade a ser trabalhada. É preciso que seja disponibilizado maior atenção aos fatores contribuintes, implantando programas educativos voltados para a conscientização, esclarecimento e acompanhamento dos níveis pressóricos da população, para que dessa forma, possa minimizar estes problemas e ter efeitos favoráveis a longo prazo.


Keywords


Hipertensão Arterial, Fatores de risco, Autorrelato, Adulto

References


BESEN, Candice Boppré et al. A estratégia saúde da família como objeto de educação em saúde. Saude soc., São Paulo, v. 16, n. 1, p. 57-68, Apr. 2007. Available from . access on 01 Nov. 2020.

BISI MOLINA, Maria del Carmen et al. Hipertensão arterial e consumo de sal em população urbana. Revista de Saúde Pública, v. 37, p. 743-750, 2003.

BURGOS, P. F.M. et al.A obesidade como fator de risco para a hipertensão. V. 21. São Paulo.Rev Bras Hipertens. 2014.

DIAS, Ernandes Gonçalves et al. An integrative review of the methods used for cortisol assessment in clinical studies investigating the association between Blood Pressure and Cortisol Hormone. Journal of Epidemiology and Infection Control, [S.l.], v. 9, n. 1, jan. 2019. ISSN 2238-3360. Available at:

. Date accessed: 01 nov. 2020.

FIGUEIRINHA, Flavio; Herdy, Gesmar Volga Haddad. Hipertensão arterial em pré-adolescentes e adolescentes de Petrópolis: prevalência e correlação com sobrepeso e obesidade. International Journal of Cardiovascular Sciences, v. 30, n. 3, p. 243- 250, 2017.

GONÇALVES, Vivian Siqueira Santos et al. Prevalência de hipertensão arterial entre adolescentes: revisão sistemática e metanálise. Revista de Saúde Pública, v. 50, p. 27, 2016.

MALTA, Deborah Carvalho et al. Prevalência e fatores associados com hipertensão arterial autorreferida em adultos brasileiros. Revista de Saúde Pública, v. 51, p. 11s, 2017.

MATTOSO, Priscila Pinato. A hipertensão arterial sistêmica na atenção básica. 2014.

MOXOTÓ, Glória de Fátima Araújo et al. Raiva, Stress Emocional e Hipertensão: Um Estudo Comparativo. V. 31 n2. Rio de Janeiro. Psicologia: Teoria e Pesquisa. 2015. ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE

SAÚDE. Doenças cardiovasculares. Brasília (DF): OPAS/OMS, 2020.

PORTH, Carol Mattson; GROSSMAN, Sheila. Fisiopatologia. 9ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 2015.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA. 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial. Rio de Janeiro (RJ). V. 107, Nº 3, Supl. 3, Setembro 2016.

YUGAR-TOLEDO Juan Carlos. Revista Brasileira de Hipertensão. Brazilian Journal of Hypertension. São Paulo (SP). Volume 25, n°1, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30281

Refbacks

  • There are currently no refbacks.