A decolonialidade no currículo mínimo de sociologia do estado do Rio de Janeiro / La descolonialidad en el currículo mínimo de Sociología del Estado de Río de Janeiro

Vitória Marinho Wermelinger

Abstract


A educação ocupa um papel central no processo de reconhecimento cultural, todavia durante a experiência escolar vivenciamos um ensino que normalmente apresenta os fatos através de uma ótica colonizadora. Vide o modo que o  poder do colonizador acomete o imaginário do colonizado, este trabalho expõe a análise do Currículo de Sociologia do Rio de Janeiro, buscando a presença de conteúdos referentes a representatividade étnico-racial e cultural dos povos negros e indígenas. Primeiramente foram feitos estudos sobre as teorias do currículo, a decolonialidade e os temas propostos pelas leis 10.639/03 e 11.645/08, para então analisar-se o currículo, concluindo que o documento curricular não apresenta temáticas voltadas à questões étnico-raciais, como o garantido pelas leis citadas.


Keywords


Decolonialidade; Currículo de Sociologia; Leis 10.639/03 e 11.645/08

References


BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais para o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana. Disponível em: . Acesso em: Agosto de 2019.

BRASIL. Lei 10.639/03. Disponível em: . Acesso em: Agosto de 2019.

BRASIL. Lei 11.145/08. Disponível em: . Acesso em: Agosto de 2019.

CANDAU, Vera Maria (org.). Educação intercultural na América Latina: entre concepções, tensões e propostas. Rio de Janeiro: documento eletrônico, 2009.

CHAVES, José Ignácio “Iñaki”. Pensamiento decolonial o descolonizar el pensamiento: una reflexión inconclusa. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 5, n. 6, p. 5194-5210, jun. 2019

GOMES, Nilma Lino. Relações étnico-raciais, educação e descolonização dos currículos . Currículo sem fronteiras, v.12, n.1. pp. 98-109, jan/abr 2012.

OLIVEIRA, L. F.; Candau, V. M. F. Pedagogia decolonial e educação antirracista e intercultural no Brasil. Educação em Revista, Belo Horizonte: UFMG, v. 26, n. 1, p. 15-40, abr. 2010 .

REIS, Maurício de N.; ANDRADE, Marcilea F. F. de. O pensamento decolonial: análise, desafios e perspectivas. Revista Espaço Acadêmico, Maringá: UEM, n. 202, p. 1-11, mar. 2018.

RIO DE JANEIRO. Currículo Mínimo. Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro. 1ª ed., 2011. Disponível em . Acessado em agosto 2019.

_____________. 2ª ed., 2012. Disponível em Acessado em agosto de 2019.

ROSEVICS, Larissa. Do pós-colonial à decolonialidade. In: CARVALHO, Glauber. ROSEVICS, Larissa (Orgs.). Diálogos internacionais: reflexões críticas do mundo contemporâneo. Rio de Janeiro: Perse, 2017.

SACRISTÁN, G. J. Currículo e diversidade cultural. In: Silva, Tomaz Tadeu da. Territórios Contestados. Petrópolis: Vozes, 1998.

SILVA, Tomaz Tadeu da e MOREIRA, Antônio F. Documentos de Identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30165

Refbacks

  • There are currently no refbacks.