Diagnóstico bioclimático para animais de produção na região dos Cocais-MA / Bioclimatic diagnosis for farm animals in the Cocais region of-MA

Aldivan Rodrigues Alves, Airla Da Costa Silva, Maria Veronica Meira Andrade, Joyce Bitencourt Athayde Lima, Liduína Da Silva Pinto

Abstract


Realizou-se o diagnóstico bioclimático para bovinos, caprinos, ovinos, aves e suínos para região dos Cocais – MA. Os dados obtidos foram tomados como base a temperatura mínima, média e máxima, bem como da Umidade Relativa do Ar (UR) coletada de fevereiro de 2013 a fevereiro de 2014 na estação meteorológica do IFMA, Campus Caxias – MA. As médias para temperatura ambiente (TA) e UR foram utilizadas na estimativa do índice de temperatura e umidade (ITU) = 0,8TA + UR(TA-14,3) / 100 + 46,3. De acordo com os resultados os valores médios dos fatores climáticos encontram-se superiores, com TA de 27 a 31ºC em média e UR com valores médios variando de 65 a 85%. O diagnóstico bioclimático mostrou diferenças entre as espécies animais e, consequentemente na utilização de estratégias ao longo das diversas idades e estágio produtivo. Para os bovinos indica que os de origem indiana encontram neste ambiente maior zona de conforto quando comparados a europeus. Para pequenos ruminantes, ovinos e caprinos, foram semelhantes entre si, estando os animais na zona de conforto na maioria dos meses do ano independentemente da idade, apresentando apenas nos meses de setembro e outubro temperaturas superiores a zona de conforto. Para as aves e suínos, há necessidade de aquecimento nas fazes iniciais e resfriamento na fase final de vida. O diagnóstico bioclimático indica a necessidade de oferecer condições adequadas a cada espécie e assim promover o favorecimento do bioclima. Para tanto, pode-se utilizar de modificações ambientais primárias e/ou secundárias, com finalidade de proporcionar ambiente adequado para que os animais produzam satisfatoriamente.


Keywords


bioclimatologia, conforto cérmico, pecuária, temperatura, umidade

References


ABREU, P.G.; ABREU, V.M.N. Diagnóstico bioclimáticos para produção de aves no centro norte da Bahia. XXXIV Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Canoas – RS. 2005.

BAÊTA, F.C.; SOUZA, C. [1997]. Ambiência em edificações rurais: conforto animal. Viçosa: UFV, 246 p.

BEEDE, D.K.; COLLIER, R.J. Potential nutritional strategies for intensively managed cattle during thermal stress. Journal Animal Science, v.62, p.543-555, 1986.

BUFFINGTON, D.E.; COLLIER, R.J.; CANTON, G.H. [1982]. Shede managemente systems to reduce heat stress for dairy cows. St. Joseph: American Society of Agricultural Engineers, v.82, 1982.

CARVALHO, G.B.; LOPES, J.B.; SANTOS, N.P.S.; REIS, N.B.N.; CARVALHO, W.F.; SILVA, S.F.; CARVALHO, D.A.; SILVA, E.M.; SILVA, S.M. Comportamento de frangos de corte criados em condições de estresse térmico alimentados com dietas contendo diferentes níveis de selênio. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v.14, n.4, p.785-797, 2013.

COSTA, J.H.S.; SANTOS, L.F.D.; DANTAS, R.T. Diagnóstico bioclimático para produção de aves. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável (Mossoró – RN), vol. 7, n. 4, p.45 – 49, 2012.

CURTIS, S. E. Environment management in animal agriculture. Iinois: Animal Environment Services, 1981. 130 p.

CURTIS, S.E. Environmental management in animal agriculture, 2ed. Ames, Iowa: Iowa State University Press, 1983. 407p.

DAMASCENO, J.C.; BACCARI JR., F.; TARGA, L.A. Respostas fisiológicas e produtivas de vacas holandesas com acesso à sombra constante ou limitada. Revista Brasileira de Zootecnia, v.27, n.3. p.595-602, 1998.

ENCARNAÇÃO, R.O. A ameaça do estresse. A Lavoura, n. 602, 1993.

FURTADO, D.A.; AZEVEDO, P.V.; TINÔCO, I.F.F. Análise do Conforto térmico em galpões avícolas com diferentes sistemas de acondicionamento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.7, n.3, p.559-564, 2003.

HAFEZ, E.S.E. Adaptacion de los animales domésticos. Barcelona: Labor, 1973. 563 p.

HAHN, G.L. Management and housing of farm animals en hot environments. In: YOUSEF, M.K. (Ed.) Stress physiology in livestock. Boca Raton: CRC Press, 1985. v.2. p.151-174.

LIMA, H.J.D; SOUZA, L.A.Z.; MORAES, B.C. Diagnóstico bioclimático e manejo do conforto térmico de codornas de postura em campo verde, Cuiabá e Diamantino – MT. Revista Eletrônica de Pesquisa Animal, v.01, n.01, p.18-26, 2013

MACHADO, M. S.; GRODZKI, L. Aspectos climáticos regionais e a ecologia zootécnica. In: IAPAR (Londrina – PR). A produção animal na agricultura familiar do Centro-Sul do Paraná. Londrina, 1994. P.23-37. (IAPAR. Boletim Técnico 42.)

McDOWELL, R.E. Economic viability of crosses of Bos taurus and Bos indicus for dairyng in warm climates. Journal Dairy Science, v.79, p.1292-1303, 1996.

McDOWELL, R.E. O papel da fisiologia na produção animal para as áreas tropical e subtropical. Revista de Zootecnia, n.1, v.5, p.25-37, 1967.

MEDEIROS, L.F.D.; VIEIRA, D.H. Bioclimatologia animal. 1997. Disponível em: http://www.iz.ufrj.br/zootecnia_draa/biblioteca/Fernando/apostila%20I.pdf. Acesso em: 12 nov. 2013.

MOURA, D.J. Ventilação na suinocultura. In: SILVA, I.J.O (Ed.) Ambiência e qualidade na produção industrial de suínos. Piracicaba: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz. p.149-179, 1999.

MOURA, D.J. Ambiência na avicultura de corte. In: SILVA, I.J.O. Ambiência na produção de aves em clima tropical. Piracicaba: FUNEP, 2001. v. 2, p. 75-149.

MULLER, P.B. Bioclimátologia aplicada aos animais domésticos. Porto Alegre: Sulina, 1989, 262 p.

MURAKAMI, A.E.; GARCIA, E.R.M. Manejo de codornas de postura. In: IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL III CONGRESSO BRASILEIRO DE COTURNICULTURA, 2010. Lavras, Anais... 2010, p.35-49.

NÄÄS, I.A. [1989]. Princípios de conforto térmico na produção animal. São Paulo: ed. Ícone, 183 p.

OLIVEIRA, P. A. V.; GUIDONE, A. L.; BARONI JÚNIOR, W.; DALMOURA, V. J.; CASTANHA, N. Efeito do tipo de telha sobre o acondicionamento ambiental e o desempenho de frangos de corte. In: Conferência Apinco de Ciência e Tecnologia Avicolas, 1995, Curitiba. Anais... Curitiba: FACTA, 1995. p.297-298.

PERDOMO, C.C. Projetos para construção rurais e ambiência. XXVII CONBEA - Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Pelotas, RS. 1999.

PERDOMO, C.C. Uso do PVC (viniagro) na melhoria do condicionamento ambiental de frango de corte. Embrapa Suínos e aves, Concórdia – SC, 1998.

PERDOMO, C.C.; KOZEN, E.A.; SOBESTIANSKY, J. et al. Considerações sobre edificações para suínos. In: CURSO DE ATUALIZAÇÃO SOBRE A PRODUÇÃO DE SUÍNOS, 4., Concórdia, 1985. Anais.., Concórdia: EMBRAPA – CNPSA, 1985.

PEREIRA, J.C.C.; MIRANDA, J.J.F. 1979. Bioclimatologia Animal. Belo Horizonte: Escola de Veterinária - UFMG. 1979. 62 p.

QUINIOUN, N.; MASSABIE, P.; GRANIER, R. Diurnally variation of ambient temperature around 24 ou 28º: Influence on performance and feeding behavior of growing pigs. In: INTERNATIONAL CONFERENCE, 1., 2006, Iowa. Proceedings... p.332-339.

ROSALEN, K.; CAMERINI, N.L.; PIAZZETTA, H.V.L.; BERENCHTEIN, B.; MOTA, D.A. Avaliação da temperatura corporal de frangos de corte usando imagens termográficas. BrazilianJournal of Development, Curitiba, v. 6, n. 6, p.42176-42184, 2020.

SILVA, I.J.O.; PANDORTH, H.; ACARARO JR., E. et al. Efeitos da climatização do curral de espera na produção de leite de vacas Holandesas. Revista Brasileira de Zootecnia, v.31, n.5, p.2036-2042, 2002.

SILVA, R.G. Introdução à Bioclimatologia Animal. São Paulo: Nobel, 2000. 286p.

SOUZA, C.E.O.; CONCEIÇÃO, G.M. Espécies de Cyperaceae de ocorrência no município de Caxias, Maranhão, Brasil. Pesquisa em Foco, v. 17, n.2, p. 26-31, 2009.

SOUZA, S.R.L.; NÄÄS, I.A.; MARCHETO, F.G.; SALGADO, D.D. [2004]. Análise das condições ambientais em sistemas de alojamento ‘freestall’ para bovinos de leite. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.8, n.2/3, 2004. Disponível em: < http://www.agriambi.com.br.> Acesso em: 09 nov. 2013.

SYRSTAD, O. Dairy cattle crossbreeding in the tropics: choice of crossbreeding strategy. Tropical Animal Health Production, v.28, p.223-229, 1996.

TINÔCO, I. F. F., Ambiência e instalações para avicultura industrial. CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 27, Poços de Caldas, MG, Anais..., Terceiro Encontro Nacional de Técnicos, Pesquisadores e Educadores de Construções Rurais. Editado por Victor Hugo Teixeira, Lúcia Ferreira. Lavras: UFLA/SBEA, 1998. p.1-86.

WEST, J.W. Physiological effects of heat stress on production and reproduction. In: TRI-STATE DAIRY NUTRITION CONFERENCE, 2002, Fort Wayne. Proceedings... Fort Wayne: Eastridge, M.D., 2002. p.1-9.

WOLOSZYN, N. Procedimentos básicos para a produção de suínos nas fases de reprodução, maternidade e creche. Concórdia: Embrapa Suínos e Aves, 2005. 61 p. (Embrapa Suínos e Aves. Documentos, 100)

YOUSEF, M. K. [1985]. Stress physiology in livestock. Boca Ratton: CRC PRESS, 1985, 217p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30079

Refbacks

  • There are currently no refbacks.