Modelos para condução elétrica em solução eletrolítica propostos por estudantes de graduação / Models for conduction electric in electrolytic solution proposed for graduation students

Ivanice Ferreira dos Santos, Lailton Passos Cortes Junior, Débora Correia dos Santos

Abstract


Este trabalho teve o objetivo de analisar os modelos de condução elétrica em soluções eletrolíticas propostos por alunos iniciantes da graduação em turmas de Química Geral. Após uma atividade experimental, a seguinte questão foi levantada: Como os íons conduzem corrente elétrica em solução? Os 58 modelos obtidos foram classificados em quatro categorias: representação macro, micro, macro/micro e simbólica. Os alunos apresentaram grande dificuldade no desenvolvimento do modelo a nível microscópico, atribuindo o fenômeno apenas ao processo de dissolução. Esse resultado pode ser um reflexo da falta de material didático que aborda a discussão do fenômeno a nível microscópico.


Keywords


Modelos de ensino, Concepções, Solução eletrolítica, Íons, Condutividade elétrica.

References


BOFF, E.T. de O.; Frison, M.D.; Explorando a existência de cargas elétricas na matéria. Quím. Nova Na Escola. (1996), n.3.

BRADY, J.E. e SENESE, F.; Química: A matéria e suas transformações. 5 ed, São Paulo, Editora LTC, 2009, v.1.

CARDOSO, A. A.; SOUZA, K. A. de F. Aspectos macro e microscópicos do conceito de equilíbrio químico e de sua abordagem em sala de aula. Química Nova na Escola. (2008), n.27.

CARMO, M.P. do; MARCONDES, M.E.R.. Abordando Soluções em Sala de Aula – uma Experiência de Ensino a partir das Ideias dos Alunos. Quim. Nova na Escola, 2008, n. 28.

CARVALHO, A.M.P e PÉREZ, D.G. Formação de professores de Ciência: tendências e inovações. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2000.

COELHO, Ronaldo Cunha. Utilização do kit móvel de análise de água como ferramenta de ensino para conteúdo de Química do 2ºANO do ensino médio. Brazilian Journal of Development. (2021), v.7, n.1, p.6178-6191.

DOS SANTOS, Ângela Sales Andrade; SANTOS, Matheus Liniker de Jesus; MENDONÇA, Mylaine Santos; LIMA JUNIOR, Edmilson Batista. Investigando concepções alternativas nas aulas de ciências: possibilidades dentro do processo de ensino/aprendizagem. Brazilian Journal of Development. (2019), v. 5, n. 12, p. 31482-31492.

ECHEVERRÍA, A.R. Como os estudantes concebem a formação de soluções; Química Nova na Escola. (1996), n. 3.

HODSON, D. Time for action: science education for an alternative future. International Journal of Science Education. (2003), 25, 645-670.

HOLANDA, Letícia Maria de Morais; DE SOUSA, Arielle Silva; COSTA, Josicleia Oliveira;

JOHNSTONE, A. H. Macro- and micro-chemistry. School Science Review. (1982), 64, 377–379.

JUSTI, R.; GILBERT, J. K. Modelling, teachers’ views on the nature of modelling, and implications for the education of modellers. International Journal of Science Education. (2002), 24, 369-387.;

LEMES, A.F.G.; SOUZA, K.A.F.; CARDOSO, A.A. Representações para o Processo de dissolução em Livros Didáticos de Química: o Caso do PNLEM. Química Nova Na Escola. (2010), v. 32, n. 3.

MACHADO, A. H.; MOURA A. L. A.. Concepções sobre o papel da linguagem no processo de elaboração conceitual em química. Quim. Nova na Escola. (1995), n. 2.

MILAGRES, V.S.O.; JUSTI, R.S. Modelos de ensino de equilíbrio químico: algumas considerações sobre o que tem sido abordado em livros didáticos no ensino médio. Pesquisa no ensino de química. Química Nova na Escola. (2001), n.13, p.1-6.

PAGANOTTI, Arilson; VOELZKE, Marcos Rincon; SANTOS, André Lucas Matthaeus; DO ROSÁRIO, Juarez de Paula. Concepções de alunos da rede pública de minas gerais sobre planetas e planetas anões do sistema solar. Brazilian Journal of Development. (2019), v. 5, n. 6, p. 7211-7225.

SCHNETZLER, R. P.; ARAGÃO, R. M. R.; Importância, sentido e contribuições de pesquisas para o ensino de química. Quim. Nova na Escola. (1995), n.1.

TALANQUER, Vicente. Macro, Submicro, and Symbolic: The many faces of the chemistry “triplet”. International Journal of Science Education. (2011), v. 33, n. 2, p. 179–195.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30041

Refbacks

  • There are currently no refbacks.