Sistemas de informações geográficas para avaliação de bens culturais tombados na freguesia de Sambaqui, Florianópolis / geographic information system for cultural heritage assessment in Sambaqui´s parish, Florianópolis

Helenne Jungblut Geissler

Abstract


O trabalho utilizou Sistema de Informação Geográfica (SIG) para analisar o estado de conservação em bens culturais tombados. A área de estudos são as Freguesias do município de Florianópolis, Estado de Santa Catarina, Sul do Brasil. Os materiais foram bases cartográficas e ortofotos. O método incluiu consulta a tombamentos, revisão bibliográfica, levantamentos e entrevistas com foco em Sambaqui na Praia das Flores. Selecionou-se 5 quadras com parcelas e edificações para análises mais detalhadas. Nas quadras subdividiram-se os temas unidades preservadas (UP) e de acompanhamento (UA). Utilizou-se o QGIS para realizar análises espaciais e gerar mapas temáticos. Desenvolveu-se banco de dados para 77 edificações da Freguesia de Santo Antônio de Lisboa, 36 edificações de Sambaqui e de 151 edificações do Ribeirão da Ilha, contendo código cadastral, tipologia, quantidade de pavimentos, uso e ocupação do solo, estado de conservação, sistema construtivo, cores e outros aspectos específicos. Geraram-se resultados temáticos e textuais sobre o estado de conservação de bens culturais na Freguesia de Sambaqui.                                                                                           


Keywords


Arquitetura, bens culturais materiais, SIG, mapas temáticos.

References


CASTRO, P. Poder Local no Brasil e em Portugal Disponível em : < https://jus.com.br/duvidas/343893/poder-local-no-brasil-e-em-portugal > ac. ago. 2020.

CARVALHO, A. C. Preservação do patrimônio histórico no Brasil: estratégias. Revista PPG-PMUS Unirio. MAST, Rio de Janeiro, vol. 4 no 1. p. 117-126. 2011

Fundação Catarinense de Cultura. Tombamentos estaduais. Florianópolis: FCC, 2018.

HEIDTMANN Jr, D.E.D.; ZEN, C.B.; SOUZA J.C.; CORRÊA, L.B. Emprego do geoprocessamento na gestão do patrimônio edificado de Laguna. In: 12o. Congresso de Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial. Anais COBRAC... , 2016.

LOPIS, E.A. Patrimônio histórico cultural: preservar ou transformar? Uma questão conflituosa, Revista Mosaico, Rio de Janeiro, v. 8, n. 12, p. 9-23. 2017

OLIVEIRA, M.T.; PEREIRA, T.C.F.K.; MEIRELES, E. CARVALHO, R.C.R.; LIMA, C.A.M. Avaliação do uso e ocupação de solo no município de São Sebastião Do Paraíso–MG após implementação do plano diretor. Braz. J. of Develop., Curitiba, , v.7, n.2, p.12784-12797. feb. 2021

PMF/IPUF/SEPHAN. Processo de preservação: tombamento e enquadramento em categorias de preservação de APC-1 segundo a lei complementar 482/14. Tombamento e Enquadramento em Categorias de Preservação de APC-1 segundo a LC 482/2014 Santo Antônio de Lisboa e Praia das Flores (Sambaqui). Retificação do decreto processo de tombamento nº 03/2013. Florianópolis : IPUF, 2014. 9p. (e anexo I - 5p.)

PMF/IPUF/SEPHAN. Plano Diretor de Florianópolis: Patrimônio Histórico e Cultural de Natureza Material: Diretrizes Básicas. Florianópolis: IPUF, 2008 (revisão).

PEREIRA, C.C. A importância do cadastro técnico multifinalitário para elaboração de planos diretores. Dissertação (Mestrado Engenharia Civil). UFSC : Florianópolis, 2009.

SILVA, E. D. da; NOGUEIRA, Adriana Dantas. O meio físico como condicionante no projeto de implantação urbano-paisagística. Braz. J. of Develop., Curitiba, v.7, n.3, p.27087-27104. mar. 2021.

VIEIRA Filho, D.; NIZZOL, L.J.; FREITAS, A.; CASTILHOS, L.L.P. ; PEREIRA, V.M. ; CASTRO, E.T. et alia. As Freguesias Luso-Brasileiras na Região da Grande Florianópolis. Florianópolis: IPHAN, 2015. 184p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.30027

Refbacks

  • There are currently no refbacks.