Microempreendedor individual: uma análise dos desafios enfrentados na pandemia do covid-19 / Individual microentrepreneur: an analysis of the challenges faced in the covid-19 pandemic

Virginia Tomaz Machado, Lindolfo Teixeira Macial, Talles Vasconcelos Medeiros, Marcelo de Oliveira Feitosa, Fernando Antônio Portela da Cunha, Pavlova Christinne Cavalcanti Lima, Luiz Carlos Machado de Souza Filho

Abstract


O Brasil, por ser um país subdesenvolvido, possui uma alta taxa de empreendedores na informalidade, isso o governo brasileiro criou a Lei Complementar n ° 128/2008, dessa forma nasceu a figura do Microempreendedor Individual (MEI), que veio milhões de empreendedores com a formalização, porém estes MEI estão enfrentando desafios com a crise socioeconômica provocada pela doença da covid-19. Tal estudo tem por objetivo conhecer as vantagens em se tornar um Microempreendedor e elencar as principais dificuldades enfrentadas no primeiro ano da pandemia do covid-19. Trata-se de uma pesquisa classificada como exploratória, descritiva e de opinião pública, abordagem qualitativa e quantitativa. Para a coleta dos dados foi utilizado um questionário semiestruturado, contendo perguntas objetivas e subjetivas, totalizando 17 (dezessete) questões, tratadas em março de 2021, a uma amostra de 30 (trinta) empreendedores individuais do município cajazeirense, que teve como critério de inclusão estar cadastrados no SEBRAE como Microempreendedores, está atuando no mercado e se dispor a responder de livre e espontânea vontade ao questionário. Após a compilação e tratamento dos dados, não-se identificar que os MEI estão pareados com a promulgação da Lei Complementar n ° 128/2008, que obrigou a formalização das atividades empresariais, pois lhes permite vantagens como: o acesso a direitos previdenciários (INSS ), custo baixo para o processo de formalização e o acesso ao crédito e operações bancárias, porém, com a crise mundial provocada pela pandemia do covid-19, veio a mudança no cenário econômico, trazendo dificuldades com: redução dos recursos financeiros; a falta de habilidades no manejo da tecnologia, dificultando o acesso ao cliente e a visibilidade da empresa; e, por último, falta de conhecimento na gestão. Diante de tais dificuldades, 40% dos microempreendedores introduzidos de contribuir com os tributos e pontuaram não está conseguindo dar continuidade na manutenção dos processos empresariais.


Keywords


Microempreendedor Individual, Pandemia da covid-19, Dificuldades financeiras, Conhecimento da gestão, Manejo da tecnologia

References


ALVARENGA, Darlan. País já tem 8,1 milhões de microempreendedores formais; veja atividades em alta entre MEIs. [S. l.], 3 abr. 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/04/03/pais-ja-tem-81-milhoes-de-microempreendedores-formais-veja-atividades-em-alta-entre-meis.ghtml.

BRASIL. Lei Complementar nº. 123 de 14 de dezembro de 2006. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte; altera dispositivos das Leis nº.s 8.212 e 8.213, ambas de 24 de Julho de 1991, da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto- Lei nº. 5.452, de 1º de maio de 1943, da Lei nº. 10.189, de 14 de fevereiro de 2001, da Lei Complementar nº. 63, de 11 de janeiro de 1990; e revoga as Leis nº.s 9.317, de 5 de Dezembro de 1996, e 9.841, de outubro de 1999. Disponível em

BRASIL. Lei Complementar nº. 128 de 19 de dezembro de 2008. Altera a Lei Complementar nº. 123, de 14 de dezembro de 2006. Disponível em

BRASIL. Código Civil Lei n° 10406 de 10 de janeiro de 2012. Artigo 966 - Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços. Disponível em

BRASIL. Resolução CGSN nº. 58, de 27 de abril de 2009. Dispõe sobre o microempreendedor Individual - MEI. Disponível em

BANGS J. R.; DAVID, H. Guia Prático – Como Abrir seu Próprio Negócio: um guia completo para novos empreendedores. Tradução Rosa Krausz. São Paulo: Nobel, 1999.

DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 2.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

DATASEBRAE. Perfil do MEI. [S. l.], 2019. Disponível em: https://datasebrae.com.br/perfil-do-microempreendedor-individual/

FENACON; SEBRAE. Cartilha do empreendedor individual. Brasilia: Copyright, 2009.

GIUNGI, A.; NICOLINI, A. T. Remuneração dos sócios, empresários, acionistas e administradores. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2016.

GREGÓRIO, Vinícius. Cenário das Empresas MEI, ME e EPP. [S. l.], 18 fev. 2016. Disponível em: https://www.apoioempresario.com.br/cenario-das-empresas-mei-me-e- epp/#:~:text=O%20com%C3%A9rcio%20%C3%A9%20o%20principal,professores%2C%20palestrantes%2C%20entre%20outros

IBGE. Brasil tem mais de 10 milhões de Empresas na informalidade. Disponível em:

LAZARINI, Maria. Benefícios do MEI: quais são e quem tem direito? [S. l.], 16 out. 2019. Disponível em

LAGO, Adriano et al. Potencialidades e Espaços ao Empreendedorismo. Revista do Departamento de Ciências Econômicas, do Departamento de Ciências Administrativas e do Programa de Pós-Graduação em Administração. Nº 27, pp. 78-101, jan./junho, 2008. Disponívelem:

MCKIBBIN, W.; FERNANDO, R. The Global Macroeconomic Impacts of COVID-19: Seven Scenarios. CAMA Working Paper, [S.l.], 19/2020. Disponível em: http://henryjenkins.org.

MCKIBBIN, W. J.; TRIGGS, A. Modelling the G201, CAMA. Working Paper, [S.l.], v. 17, April 2018. Disponível em: https://cama.crawford.anu.edu.au/sites/default/files/publication/cama_crawford_anu_ edu_au/2018-04/17_2018_mckibbin_triggs_v1.pdf.

PORTAL DO EMPREENDEDOR. Estatísticas, 2020. Disponível em

PORTAL DO EMPREENDEDOR. 2.5 - Quais documentos ou dados são necessários para me formalizar como MEI? Após a formalização, o que devo fazer? [S. l.], 2020. Disponível em:

PORTAL DO EMPREENDEDOR. 5.1 - Quais os benefícios previdenciários do MEI?. [S. l.], 2020. Disponível em: Acesso em: 7 abr. 2020.

RESOLUÇÃO Nº 510, DE 7 DE ABRIL DE 2016, DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, 24 maio 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 abr. 2020.

RODRIGUES, Lino. (2010) Economia informal no Brasil movimenta R$ 578 bilhões, mais que o PIB argentino. Disponível em

SANTIAGO, Silas. Simples nacional: o exemplo do federalismo fiscal brasileiro. – São Paulo: Saraiva, 2011.

SOTTO, Débora. Tributação da microempresa e da empresa de pequeno porte. São Paulo: Quartier Latin, 2007.

SEBRAE NACIONAL. Cartilha do Microempreendedor Individual. [S. l.], 2020. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/UFs/PB/Sebrae%20de%20A%20a%20Z/Para%20voc%C3%AA:%20MEI/cartilha-do-Mei-2020.pdf.

TAGPLUS. Os maiores desafios do MEI e como superá-los. [S. l.], 13 set. 2015. Disponível em: https://blog.tagplus.com.br/os-maiores-desafios-do-mei-e-como-supera-los/.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29973

Refbacks

  • There are currently no refbacks.