Panorama da gestão de recursos naturais e energéticos no ENEGEP: Um estudo bibliométrico de 2015-2019 / Overview of the management of natural and energy resources in ENEGEP: A 2015-2019 bibliometric study

Francisco Hélio Duarte Silva, Erikys Tobias Sousa Timbó, Francisco Marciunilio Amancio Gomes, Eliana De Jesus Lopes, Raimundo Alberto Rêgo Júnior

Abstract


O estudo trata da aplicação das técnicas bibliométricas à gestão de recursos naturais e energéticos tendo como objetivo analisar a produção científica na base de periódicos do ENEGEP, publicações realizadas nos últimos cinco anos (2015 – 2019), relativas ao tema proposto. Através da análise dos dados pretende-se identificar os principais focos de abordagem; os principais autores e a evolução desta temática no meio acadêmico. A metodologia adotada foi a pesquisa com abordagem quantitativa aplicada com as técnicas bibliométricas, aliando-se a pesquisa exploratória e descritiva. Foi possível perceber que a preocupação com gestão ambiental nos processos produtivos vem crescendo ao longo dos últimos anos e que o gerenciamento dos recursos naturais está cada dia mais presente nos estudos publicados nesse evento. Ao analisar as publicações sobre gestão de recursos naturais e energéticos, percebe-se que a quantidade de publicações nessa área do conhecimento ainda é pequena nesse evento, correspondendo a apenas 6% das publicações, mas que tem se apresentado como importante discussão para estes profissionais, mostrando uma evolução nos últimos anos. Deste modo, espera-se que esse trabalho contribua para a construção de uma visão sistemática da produção cientifica existente nesta base, de forma a estimular que mais pesquisadores brasileiros se interessem pelo tema.


Keywords


Gestão Energética, Gestão de Recursos Naturais, Engenharia de Produção, Análise Bibliométrica.

References


ABNT NBR ISO 14001. Sistema de Gestão Ambiental. Requisitos, 2015.

ANDERSSON et al. Decarbonization of industry: Implementation of energy performance indicators for successful energy management practices in kraft pulp mills. Energy Reports, v. 7, n. 1, p. 1808-1817, 2021.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 50.001: Sistemas de gestão da energia – Requisitos com orientações para uso. Rio de Janeiro, jun. 2011. 24p

CAMPOS, L. M.S et al. Environmental performance indicators: a study on ISO 14001 certified companies. Journal of Cleaner Production, v. 99, n. 1, p. 286-296, 2015.

ENERGIA BRASIL. Capacitação de empreendedores na área de serviços de eletricidade. Governo Federal, Casa Civil da Presidência da República, p.11, 2002.

ENERGIA BRASIL. Guia de eficiência energética nas micro, pequenas e médias empresas. Governo Federal, Casa Civil da Presidência da República, p.7, 2001.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2018.

GOLDEMBERG, J.; MOREIRA, J. Política energética no Brasil. Estudos avançados, v. 19, n. 55, p. 215-228, 2005.

HRISTOV et al. The role of the environmental dimension in the performance management system: A systematic review and conceptual framework. Journal of Cleaner Production,v. 293, n. 1, 126075, 2021.

IKRAM et al. Do environmental management systems help improve corporate sustainable development? Evidence from manufacturing companies in Pakistan. Journal of Cleaner Production, v. 226, n. 1,p. 628-641, 2019.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia científica. 7. Ed. São Paulo, Atlas, 2017.

MEDEIROS, M. F. S. ; COLOMBO, C. R. . Tecendo boas práticas de Educação Ambiental na Universidade Federal do Rio Grande do Norte/Brasil. Ambientalmente sustentable , v. II, p. 1153-1169, 2015.

NAWROCK, D.; PARKER, T. Finding the connection: environmental management systems and environmental performance. Journal of Cleaner Production, v. 17, n. 6, p. 601-607, 2009.

OBERLE, Bruno et al. Global Resources Outlook: 2019 . Painel de recursos internacionais, Envio das Nações Unidas, 2019.

OLIVEIRA FILHO, Renato Santos de et al. Fomento à publicação científica e proteção do conhecimento científico. Acta Cirúrgica Brasileira, v. 20, p. 35-39, 2005.

ONILE et al. Uses of the digital twins concept for energy services, intelligent recommendation systems, and demand side management: A review. Energy Reports, v. 7, n. 1, p. 997-1015, 2021.

PAULA, M.L.de; JORGE, M. S. B.; MORAIS, J. B. de. O processo de produção científica e as dificuldades para utilização de resultados de pesquisas pelos profissionais de saúde. Interface (Botucatu), v. 23, n. 1, p. 1-15, 2019.

PHILIPPI, A. Jr.; PELICIONI, M. C. F. Educação ambiental e sustentabilidade. In: Educação ambiental e sustentabilidade[S.l: s.n.], 2014.

POTTI, C. M.; ESTRELAII, C. C. Histórico ambiental: desastres ambientais e o despertar de um novo pensamento. [s. l.], 2017.

PRITCHARD, A. Statistical Bibliography or Bibliometrics. Journal of Documentation, 25, 348-349, (1869).

SARTORI, S.; LATRONICO, F.; CAMPOS, L. M.S.. Sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: uma taxonomia no campo da literatura. Ambient. soc., São Paulo , v. 17, n. 1, p. 01-22, Mar. 2014.

SILVA, J. C. T. da. Tecnologia: novas abordagens, conceitos, dimensões e gestão. Production, v. 13, n. 1, p. 50-63, 2003.

SOLA, A. V. H.; KOVALESK, J. L. Eficiência energética nas indústrias: cenários & oportunidades. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 24. 2004, Florianópolis-SC. Anais eletrônicos..., Florianópolis: ABEPRO, 2004.

SOUZA, M. Produção científica brasileira: caminhos norteadores para instituições de fomento à pesquisa. Brazilian Journal of Information Studies: Research Trends, v. 12, n. 1, p. 46-60, 2018.

TEJERO-GÓMEZ, Juan A.; BAYOD-RÚJULA, Angel A. Energy management system design oriented for energy cost optimization in electric water heaters. Energy and Buildings, v. 243 , n. 1, 111012, 2021.

TODARO et al. Antecedents of environmental management system internalization: Assessing managerial interpretations and cognitive framings of sustainability issues. Journal of Environmental Management, v. 247, n. 1, p. 804-815, 2019.

VAN RAAN, A. F. J. Measurement of central aspects of scientific research: Performance, interdisciplinarity, structure. Measurement, v.3, n.1, p.1-19, 2005.

VAZ, S. A. S.; STUMPF, I. R. C. Procedimentos e ferramentas aplicados em estudos bibliométricos. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 20, n. 2, p. 67-75, maio/ago., 2010.

VIEIRA, P. F.; BERKES, F. e SEIXAS, C. S. Gestão Integrada e Participativa de Recursos Naturais: conceitos, métodos e experiências. Florianópolis: APED & SECCO, 2005.

WADA, J. K. O. et al. Comparação entre a climatização por chiller de parafuso e por chiller centrífugo. Revista SODEBRAS, v. 11, n.1, p. 152-158, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29873

Refbacks

  • There are currently no refbacks.