Mortalidade por acidentes, homicídios e suicídios em Porto Velho, no período de 2008 a 2012 / Mortality for accidents, homicides and suicides in Porto Velho, from 2008 to 2012

Tharles Maia Castro, Kátia Fernanda Alves Moreira, Jeanne Lúcia Gadelha Freitas, Karla da Silva Guimarães Rocha, Maria Juliana Vasconcellos Bragado, Marcos Antônio Sales Rodrigues, Tamiris Vitória Coelho Costa Oliveira, Lerissa Nauana Ferreira

Abstract


As causas externas por acidentes de trânsito representam cerca de um quarto de todas as mortes. São consideradas causas externas traumatismos, lesões ou quaisquer outros agravos à saúde, intencionais ou não, de início súbito, em consequência imediata de violência ou outra causa exógena. Este estudo teve como objetivo descrever o perfil epidemiológico da mortalidade por homicídios, acidentes de transporte e suicídios no município de Porto Velho, Rondônia, no período de 2008 a 2012. Trata-se de um estudo de base populacional, de série temporal, construído a partir de dados oficiais do Sistema de Informações sobre Mortalidade, disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho. No período estudado, foram registrados 2.040 óbitos por acidentes, homicídios e suicídios, no qual prevaleceu os óbitos no sexo masculino (82,0%) e predomínio na faixa etária de 15 a 29(42,0%) anos. Os resultados demonstram uma tendência crescente para a mortalidade por acidentes de trânsito, homicídios e suicídios, com maior prevalência de óbitos por acidentes de trânsito sobretudo em adultos jovens, que respondem por grande parte da população produtiva no país. Portanto, é fundamental a implantação de estratégias de prevenção desses agravos e a construção de redes de apoio à redução da morbimortalidade por causas externas, na região estudada.


Keywords


Causas externas, Acidentes de trânsito, Homicídio, Suicídio

References


BARRETO, M. DA S. et al. Mortalidade por acidentes de trânsito e homicídios em Curitiba, Paraná, 1996-2011. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 25, p. 95–104, mar. 2016.

CALAZANS BATISTA, J. F.; DE OLIVEIRA JÚNIOR, J. H.; LIMA DANTAS, B. L. Morbidade por causas externa como fator de Internação Hospitalar no Brasil em 2019. Caderno de Graduação - Ciências Biológicas e da Saúde - UNIT - SERGIPE, [S. l.], v. 6, n. 3, p. 109, 2021. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/cadernobiologicas/article/view/9964. Acesso em: 28 abr. 2021.

CORASSA, R. B. et al. Evolução da mortalidade por causas externas em Diamantina (MG), 2001 a 2012. Cadernos Saúde Coletiva, v. 25, n. 3, p. 302–314, jul. 2017.

JUNIOR, W. O. R. et al. Análise epidemiológica da mortalidade por causas externas em Sobral, Ceará, no período de 2013 a 2017. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 12, n. 9, p. e3893–e3893, 13 ago. 2020.

MENDES, J. D. V. Mortalidade por causas externas no Estado de São Paulo de 2000 a 2016. BEPA, Bol. epidemiol. paul. (Impr.), p. 11–24, 2019.

MODESTO, J. G. et al. FATORES QUE INFLUENCIAM NA MORTALIDADE DE JOVENS POR CAUSAS EXTERNAS NO BRASIL: UMA REVISÃO DA LITERATURA. Multidebates, v. 3, n. 2, p. 137–155, 17 nov. 2019.

MOURA, E. C. DE et al. Mortality in Brazil according to gender perspective, years 2000 and 2010. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 19, n. 2, p. 326–338, jun. 2016.

OLIVEIRA, L. et al. Avaliação da mortalidade por causas externas segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) em Goiás, no período de 2009 a 2013. Revista Educação em Saúde, v. 6, n. 1, p. 10–22, 28 set. 2018.

OMS, O. W. H. World Health Statistics 2016: Monitoring Health for the SDGs Sustainable Development Goals. [s.l.] World Health Organization, 2016.

OMS, O. W. H. World Health Statistics 2016: 10 principais causas de morte no mundo por grupo de renda economica.[s.l.] World Health Organization, 2016. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5638:10-principais-causas-de-morte-no-mundo&Itemid=0. Acesso em 28.04.2021.

PREIS, L. C. et al. Epidemiologia da mortalidade por causas externas no período de 2004 a 2013. Revista de Enfermagem UFPE on line, v. 12, n. 3, p. 716–728, 3 mar. 2018.

SILVA, M. M. DA; MESCHIAL, W. C.; OLIVEIRA, M. L. F. DE. Mortalidade de adolescentes por causas externas no estado do Paraná: análise de dados oficiais. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde/Brazilian Journal of Health Research, v. 18, n. 3, p. 17–23, 2016.

ZHOU, M. et al. Mortality, morbidity, and risk factors in China and its provinces, 1990–2017: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2017. The Lancet, v. 394, n. 10204, p. 1145–1158, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29843

Refbacks

  • There are currently no refbacks.