Fatores que influenciam a taxa de gestação em fêmeas da raça nelore submetidas ao protocolo de IATF / Factors that influence the pregnancy rate in female nelore submetted to the FTAI protocol

Matheus Ribeiro Coelho, Ítalo Alves Correia, Diego Azevedo Mota, Adalfredo Rocha Lobo Júnior, Wilson Júnior Alcebíades, Jeanne Broch Siqueira

Abstract


Objetivou-se verificar a taxa de gestação de fêmeas da raça Nelore submetidas ao protocolo de inseminação artificial em tempo fixo (IATF), avaliando a influência das categorias das fêmeas, número de utilizações do implante de progesterona e fazendas. Foi utilizado banco de dados contendo protocolos de IATF de 1.580 fêmeas da raça Nelore nos meses de janeiro a março de 2019, distribuídas em quatro fazendas no estado de Minas Gerais. As fêmeas, divididas em categorias de acordo com o status reprodutivo (precoce, novilha, primípara e multípara) foram submetidas ao protocolo de IATF e posteriormente a ressincronização tradicional por duas vezes consecutivas. Para análise estatística foi utilizado o software Statistical Analysis System (SAS, versão 9.2). As comparações de médias foram avaliadas por ANOVA e a taxa de gestação pelo teste do Qui-quadrado. Em relação à categoria animal, na primeira IATF, as multíparas apresentaram valores superiores de taxa de gestação (61,06%) em comparação com as primíparas, novilhas e precoces (41,18, 35,14 e 27,17%, respectivamente; p<0,0001). Comportamento semelhante foi verificado nas ressincronizações subsequentes. As fêmeas que utilizaram implante de progesterona de primeiro uso, na primeira IATF, apresentaram valores superiores para taxa de gestação (59,97%), em relação ao segundo, terceiro e quarto uso. Nas primeira e segunda ressincronizações não houve diferença na taxa de gestação quando se considerou a reutilização do implante de progesterona. Em relação ás fazendas, a fazenda 2 (dois) e 4 (quatro) apresentaram os melhores resultados para taxa de gestação (58,49 e 53,46%, respectivamente; p<0,0001) em comparação com a fazenda 01 (um) e 03 (três), na primeira IATF. A mesma situação foi verificada na primeira ressincronização em relação à taxa de gestação entre as fazendas. Obteve-se 50,63% de taxa de gestação no primeiro protocolo de IATF, 40,69% na primeira ressincronização e 44,44% na segunda ressincronização, totalizando 71,58% de fêmeas prenhes ao final de 3 IATFs. Concluiu-se que vacas multíparas e a utilização do dispositivo de progesterona de primeiro uso, apresentaram os melhores índices de gestação, assim como houve diferença nas taxas de gestação de acordo com a fazenda. A ressincronização tradicional por duas vezes não foi suficiente para inseminar número maior de fêmeas no início da estação reprodutiva.

 


Keywords


Bovinocultura de Corte. Estação de monta. Categoria animal. Reutilização de implante de progesterona. Ressincronização.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA AS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNE. BeefReport: Perfil da Pecuária no Brasil. ABIEC, 2019. Disponível em: . Acesso em 18 de março de 2020.

BARUSELLI, P. S.; REIS, E. L.; MARQUES, M. O. Técnicas de manejo para aperfeiçoar a eficiência reprodutiva em fêmeas boss índicus. Grupo de Estudo de Nutrição de Ruminantes – Departamento de Melhoramento e Nutrição Animal – FCA – FMVZ – Unesp, Botucatu, São Paulo, 2004.

BARUSELLI, P. S. et al. History, evolution and perspectives of timed artificial insemination programs in Brazil. Animal Reproduction, Edinburgh, v. 9, n. 3, p. 139-152, 2012.

BARUSELLI, P.S. et al. Review: Using artificial insemination v. natural service in beef herds. Animal, v.12, p.45-52, 2018.

BATISTA, D. S. N. et al. Índices reprodutivos do rebanho Nelore da fazenda Nhumirim, Pantanal da Nhecolândia. Acta Scientiarum, Maringá, v. 34, n. 1, p. 71-76, 2012.

BISINOTTO, R.S.; SANTOS, J.E.P. The use of endocrine treatments to improve pregnancy rates in cattle. Reproduction, Fertility and Development, v.24, p.258-266, 2012.

BRUNORO, et al. Reutilização de implantes de progesterona em vacas Nelore de diferentes categorias submetidas a IATF. Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.41, n.4, p.716-722. 2017.

CARVALHO, J.S. et al. Eficiência da inseminação artificial em tempo fixo em fêmeas zebuínas na mesorregião Sudeste do Pará, Brasil. Rev. Cienc. Agrar. v. 62, 2019.

COSTA, A.R. Características tricológicas e fisiológicas de bovinos da raça nelore submetidos a diferentes graus de sombreamento no cerrado brasileiro. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.

ERENO, R. L. et al. Taxa de prenhez de vacas Nelore lactantes tratadas com P4 associada à remoção temporária de bezerros ou aplicação de gonadotrofina coriônica equina. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 36, p. 1288-1294, 2007.

FERNANDES, L.A.M.; FIGUEREDO, V.C.S., BEZERRA, A.R.A.; et al. Taxa de prenhez em vacas leiteiras com uso de programa de IATF na região Norte de Minas Gerais. Brazilian Journal of Development. V. 5., n.11, 2019.

GRILLO, G. F. et al. Comparação da Taxa de Prenhez entre novilhas, primíparas e multíparas da raça nelore submetidas à inseminação artificial em tempo fixo. Revist. Bras. de Med. Vet. v. 37, n. 3, p. 193-197. Rio de Janeiro, 2015.

GUEDON, L.; SAUMANDE, J.; DESBALS, B. Relationships between calf birth weight, prepartum concentration of plasma energy metabolites and resumption of ovulation postpartum in Limousine suckled beef cows. Theriogenology, v. 52, p. 779-789, 1999

INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA. INMET, 2019. Disponível em: http://sisdagro.inmet.gov.br/Acesso em: 21/10/2020.

LOSI, T.C. et al. Protocolos de sincronização da ovulação a base de progesterona e estradiol em vacas de corte paridas. 1: Avaliação de diferentes doses de prostaglandina. In: Congresso Brasileiro De Reprodução Animal, Goiania, 16, 2005.

LOWMAN, B. G.; SCOTT, N.; SOMERVILLE, S. Condition scoring of cattle. Bulletin East Scotland College Agriculture, n°6, p. 1-31, 1976.

MALUF, D.Z. Avaliação da reutilização de dispositivo intravaginal contendo progestágenos para controle farmacológico do ciclo estral e ovulação em vacas de corte. Dissertação (Mestrado). Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2002.

MAPLETOFT, R. J.; BÓ, G. A.; ADAMS, G. P. Techniques for synchronization of follicular wave emergence and ovulation: Past, present and future. Biotecnologia da Reprodução em Bovinos. Simpósio Internacional de Reprodução, v.3, p. 15-25, 2008.

MARQUES M. O. et al. Ressincronização em bovinos de corte. in 5º Simpósio Internacional de Reprodução Animal Aplicada, 2012. Anais. Londrina, p. 82-92, 2012.

MARQUES, M. O. et al. Influence of category – heifers, primiparous and multiparous lactating cows – in a large scale resynchronization fixed-time artificial insemination program. Journal of Veterinary Science, 2015.

MARTINS, J.R. et al. Protocolos de sincronização de ovulação a base de progesterona, estradiol e remoção de bezerros, em vacas de corte paridas. 2: Avaliação de diferentes doses de eCG. In: Congresso Brasileiro De Reprodução Animal, Goiana,16, 2005.

MELO, P. C. H. et al. Fixed timed artificial insemination (FTAI) through progestagen (CIDR) of 1st, 2nd, 3rd and 4th uses in bovine: II. Conception rate related to times of CIDR use, to the semen used, to artificial insemination technician and to farm management. Livestock Research for Rural Development, Cali, v. 24, n. 4, p. 1-8, 2012.

NASCIMENTO, V.A., TORRES, C.A.A., OLIVEIRA, M.M.N.F. Synchronized ovultion protocols in Nelore breed cows by the reutilization of the progesterone device. International Symposium on Animal Biology of Reproduction, 15-18, 292, 2006.

NERI, H. L. D.; FERNANDES, C. A. C.; PALHÃO, M. P.; ROSSI, J. R.; VARAGO, F. C. Perfil de progesterona em novilhas com diferente atividade luteal e tratadas com implantes vaginais. Arq. Bras. de Med. Vet. e Zoote, Belo Horizonte, v. 67, n. 2, p. 405-410, 2015.

NONATO, M.S.; COSTA, M.G.; BEZERRA, A.R.A.; et al. Programa de IATF em novilhas puberes e prepuberes. Brazilian Journal of Development. V.5., n.11, 2019.

OLIVEIRA, D. J. G.C. de. Inseminação Artificial em Tempo Fixo: Uma biotecnologia a serviço do empresário rural. 2007. Artigo em Hypertexto. Disponível em: . Acesso em: 18/3/2020.

OLIVEIRA, V. S. A.; BONATO, G. L.; SANTOS, R. M. Eficiência reprodutiva de vacas primíparas da raça nelore. Acta Scientiae Veterinariae. v. 39, n. 2. Porto Alegre/RS, 2011.

PEREIRA, L. L. et al. Effect of body condition score and reuse of progesteronereleasing intravaginal devices on conception rate following timed artificial insemination in Nelore cows. Reproduction in Domestic Animals, Linköping, v. 53, n. 3, p. 624-628, 2018.

PERES, R.F.G. et al. Strategies to improve fertility in Bos indicus postpubertal heifers and nonlactating cows submitted to fixed-time artificial insemination, Theriogenology, v.72, p.681–689, 2009.

RODRIGUES, B.L.F. Fatores que afetam a taxa de prenhez em vacas da raça Nelore-PO submetidas a inseminação artificial em tempo fixo. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Viçosa, 2010.

SÁ FILHO, O.G. et al. Fixed-time artificial insemination with estradiol and progesterone for Bosindicus cows II: strategies and factors affecting fertility. Theriogenology, v. 72, p. 210-218, 2009.

SÁ FILHO, M. F. et al. Resynchronization with unknown pregnancy status using progestin based timed artificial insemination protocol in beef cattle. Theriogenology. p. 284-290, 2014.

SANTOS, M. A. S. et al. Caracterização do nível tecnológico da pecuária bovina na Amazônia brasileira. Revista de Ciências Agrárias, Belém, v. 60, n. 1, p. 103- 111, 2017.

SAVIO, J. D. et al. Effects of induction of lowplasma progesterone concentrations with a progesterone-releasing intravaginal device on follicular turnover and fertility in cattle. J Reprod Fertil, v.98, p.77-84, 1993.

SOUZA, A.L.B. et al. Timed artificial insemination (TAI) based on CIDR first, second or third use in Bos indicus cows. Arquives of Veterinary Science, v. 20, n. 4, p.82-87, 2015.

TAVARES, A. F.; FARIA, M. B. Desempenho reprodutivo de vacas nelore submetidas protocolos de inseminação artificial em tempo fixo. Monografia (Bacharelado em Zootecnia) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Paragominas, 2019.

YAVAS, Y.; WALTON, J. S. Postpartum acyclicity in suckled beef cows: a review. Theriogenology. 54, p.25–55, 2000.

WILTBANK, J.N. Research needs in beef cattle reproduction. Journal of Animal Science, v.31, n.4, p.755-762, 1970




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29576

Refbacks

  • There are currently no refbacks.