O desenvolvimento do ser social no cenário atual é um desafio para a formação de educadores / The development of the social being in the current scenario is a challenge for the training of educators

Silmara de Mattos Sgoti, Sebastião Jacinto dos Santos

Abstract


O artigo objetiva promover a reflexão sobre os desafios da formação do educador no contexto social atual e o desenvolvimento do Ser Social. A fonte principal para as justificativas são as obras de Baumann, que veiculam a ideia de que, no mundo líquido moderno, de fato, a solidez das coisas, tanto quanto a solidez das relações humanas, vem sendo interpretada como uma ameaça:  a valorização do ter sobre o ser. À luz de Dussel e de Paulo Freire, é possível pensar em práticas pedagógicas libertadoras, que possibilitem ao sujeito ser crítico e problematizador, com autonomia para realizar suas escolhas e desenvolver soluções para transitar em uma sociedade moderna e líquida. A proposta é refletir sobre uma formação do educador para o desenvolvimento do Ser Social em sua integralidade. Nesse sentido, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) indica a importância de interagir, explorar, colaborar, ter empatia e ética e aponta para a necessidade de mediar capacitações socioemocionais, para os sujeitos lidarem com as relações humanas e com a rápida transformação provocada pela tecnologia. A partir da pedagogia social, propõe-se pensar em um desenvolvimento crítico em relação às mazelas sociais presentes no mundo moderno e líquido e assim desenvolver um sujeito criativo e atuante na sociedade em que está inserido. Para isso, consideramos que é preciso revisitar a formação docente e refletir sobre a formação inicial e continuada nos cursos de pedagogia e licenciatura, que precisam considerar os desafios para o exercício da docência em sala de aula na contemporaneidade.


Keywords


Formação do Educador, Ser Social, Educação, Pedagogia Social, Autonomia.

References


ARENDT, H. Entre o passado e o futuro. 7. ed. Trad. Mauro W. Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 2013.

BAUMAN, Z. Trabajo, consumismo y nuevo pobres. Barcelona: Gedisa, 1999.

______. Modernidade Líquida. Trad. Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

______. A sociedade individualizada: vidas contadas e histórias vividas. Trad. José Gradel. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

______. Capitalismo parasitário: e outros temas contemporâneos. Trad. Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

______. Sobre educação e juventude. Trad. Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

______. Cegueira moral: a perda da sensibilidade na modernidade líquida. Trad. Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

CASTORIADIS, C. Encruzilhadas do labirinto V: Feito e a ser feito. Trad. Lílian do Valle. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

CICOGNA, Júlia I.R, HALLAL, Ana L C., HILLESHEIM, Danúbia. Mortalidade por suicídio de adolescentes no Brasil: tendência temporal de crescimento entre 2000 e 2015. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 68 (1), 2019. Disponível em . Acesso em 24 abr. 2020.

DUSSEL, E. Para una ética de la liberación latinoamericana I. Buenos Aires: Siglo XXI, 1973.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, P. Filosofía de la liberación. 4. ed. Bogotá: Nueva América, 1996.

HICKER, C. Enrique Dussel: o professor à luz do conceito de mestre em uma práxis pedagógica libertadora. 2005. 100 f. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Instituto Ecumênico de Pós-Graduação em Teologia, Escola Superior de Teologia, São Leopoldo, 2005.

KESTRING, B. Educação política do professor e a formação para a cidadania. 2003. 128 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Teologia e Ciências Humanas, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2003.

RODRIGUES, N. Responsabilidade do estado e da sociedade. Tecnologia educacional, [s.l.], v. 20, n. 101, p. 12-19, 1991.

RUZ, Fernanda Alves Davidoff. O impacto do uso de mídias digitais na qualidade de vida de adolescentes. 2014. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2014.

BRASIL, Ministério da Saúde, Secretária da Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico. Vol. 50, nº 24, Set. 2019. Disponível em . Acesso em 24 abr. 2020.

SOUZA NETO, J. C. . Pedagogia Social: Formação do educador social e seu campo e atuação. Cadernos de Pesquisa em Educação PPGE-UFES , v. 16, p. 29-64, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29555

Refbacks

  • There are currently no refbacks.