Desafios para o ensino de biologia evolutiva no Amazonas, Brasil / Challenges for teaching evolutionary biology in Amazon, Brazil

Luciane Lopes de Souza, Silvia Regina Sampaio Freitas

Abstract


O objetivo deste trabalho foi analisar a percepção de estudantes de Ciências Biológicas e professores do ensino médio sobre a evolução. Participaram do estudo 115 acadêmicos iniciantes, 34 acadêmicos finalistas e 21 professores de biologia; todos naturais do estado do Amazonas. Os resultados obtidos a partir de questionários específicos indicaram que a maioria dos acadêmicos dos anos iniciais da graduação possuem nível de conhecimento elementar sobre a evolução. Entre os acadêmicos finalistas verificou-se baixa adesão aos preceitos das teorias evolutivas. Resultado similar foi observado entre os professores. A partir desse panorama percebe-se que o ensino da Biologia Evolutiva, no estado do Amazonas, possui desafios a serem superados com capacitação continuada dos professores, material didático com linguagem acessível entrelaçado com práticas ativas de ensino.


Keywords


Evolução, Avaliação, Ensino Médio, Ferramentas Didáticas.

References


ALMEIDA, Q. R.; ALEXANDRE, M.; OLIVEIRA, G. S. Attitudes of biology teachers on teaching evolution of biological. Scientific Electronic Archives, v. 6, p. 63-66, 2014.

ALMEIDA, Edslei Rodrigues; CHAVES, Andrea Carla Leite. O ensino de biologia evolutiva: as dificuldades de abordagem sobre evolução no ensino médio em escolas públicas do estado de Rondônia. In: Simpósio Nacional de Ciência e Tecnologia, n. 6, 2014. Ponta Grossa. Anais... Ponta Grossa: UTFPR, 2014, p. 1-12.

BARBOSA, José da Silva; CERQUEIRA, Joaci dos Santos; ALBUQUERQUE, Isis Correia Sales; ALBUQUERQUE, Helder Neves. Professores de ciências biológicas e a influência da religiosidade na formação e na sua práxis. Revista Espacios, Caracas, v. 38, n. 10 p. 2-12, 2016.

BARTH, Adriane. Desafios do ensino de biologia evolutiva na formação de licenciandos em biologia. In: MONTEIRO, Solange Aparecida de Souza (Org.). Pensando as licenciaturas 2. Ponta Grossa: Atena Editora, 2019. p. 80-87.

BIZZO, Nelio; SANO, Paulo; MONTEIRO, Nico. Registros escritos do conhecimento mútuo entre Gregor Mendel e Charles Darwin: uma proposta para trabalho em sala de aula com história contrafactual da ciência e didática invisível. Genética na Escola, Ribeirão Preto, v. 11, p. 294-309, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Orientações curriculares para o ensino médio: volume 2 – Ciências da Natureza, matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC/SEB, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Curricular Comum. Brasília: MEC/SEB, 2016.

COLLENS, Adena; KELLEY, Emma; KATZ, Laura. The concept of the hologenome, an epigenetic phenomenon, challenges aspects of the modern evolutionary synthesis. Journal of Experimental Zoology Part B: Molecular and Developmental Evolution, Montreal, v. 332, n. 8, p. 349-355, 2019.

COSTA, Leandro; CUNHA MELO, Paula Leite; TEIXEIRA, Flavio Martins. Evolução–tensões e desafios no ensino médio. In: Encontro Nacional Pesquisas em Educação e Ciências, n. 7, 2009. Florianópolis. Anais... Santa Catarina: ABRAPEC, 2009. p. 1-12.

COSTA, Leandro; CUNHA MELO, Paula Leite; TEIXEIRA, Flavio Martins. Reflexões acerca das diferentes visões de alunos do ensino médio sobre a origem da diversidade biológica. Ciência & Educação, v. 17, n. 1, p. 115-128, 2011.

COSTA, Lucinete Gadelha. Educação do campo das águas e das florestas: uma reflexão sobre a formação de professores no contexto amazônico. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 4, p. 34331-34342, 2021.

DIAS, Fernanda Malta Guimarães; BORTOLOZZI, Jehud. Como a evolução biológica é tratada nos livros didáticos do Ensino Médio. In: Encontro Nacional Pesquisas em Educação e Ciências, n. 7, 2009. Florianópolis. Anais... Santa Catarina: ABRAPEC, 2009. p. 24-30.

DORVILLÉ, Luís Fernando Marques; SELLES, Sandra Lúcia Escovedo. Criacionismo: transformações históricas e implicações para o ensino de ciências e biologia. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 46, n. 160, p. 442-465, 2016.

DORVILLÉ, Luís Fernando; TEIXEIRA, Pedro. O crescimento do criacionismo no Brasil: principais influências e avanços recentes. In: Encontro Nacional Pesquisas em Educação e Ciências, n. 10, 2015. Ponta Grossa. Anais... Paraná: ABRAPEC, 2015. p. 21-24.

EL-HANI, Charbel; MEYER, Diogo. A evolução da Teoria Darwiniana. ComCiência, Campinas, n. 107, p. 1-4, 2009.

ENGELKE, Douglas Senna. A teoria da evolução é um fio condutor nos livros didáticos de Biologia do ensino médio? In: ARAÚJO, Leonardo Augusto Luvison (Org.). Evolução Biológica: da pesquisa ao ensino. Porto Alegre: Editora Fi, 2017, p. 396-411.

FUTUYMA, Douglas Joel. Biologia Evolutiva. 3ª. ed. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2009.

GABRIELY, Melissa; SANTOS, Charles Morphy. Em direção a uma síntese estendida da teoria evolutiva: estado da arte e perspectivas futuras. Revista Brasileira de Iniciação Científica, Itapetininga, v. 6, n. 5, p. 60-76, 2019.

GILBERT, Scott; BOSCH, Thomas; LEDÓN-RETTIG, Cristina. Eco-Evo-Devo: developmental symbiosis and developmental plasticity as evolutionary agents. Nature Reviews Genetics, California, v. 16, n. 10, p. 611-622, 2015.

GOEDERT, Lidiane; DELIZOICOV, Nadir Castilho; ROSA, Vivian Leyser. A formação de professores de Biologia e a prática docente: o ensino de evolução. In: Encontro Nacional Pesquisas em Educação e Ciências, n. 4, 2003. Bauru. Anais... São Paulo: ABRAPEC, 2003. p. 21-24.

JARVELA, Alys Cheatle; PICK, Leslie. Evo-Devo: Discovery of Diverse Mechanisms Regulating Development. Current Topics in Developmental Biology, California, v. 117, p. 253-274, 2016.

MORNING, Peter. Beyond the modern synthesis: A framework for a more inclusive biological synthesis. Progress in Biophysics and Molecular Biology, California, v. 153, p. 5-12, 2020.

NOBRE, Suelen Bomfim; SOARES, Natalia Aparecida; FARIAS, Maria Eloisa. Campos de interação entre o Ensino de Biologia Evolutiva e o Pensamento Complexo. Acta Scientiae, Canoas, v. 19, n. 3, 2017.

NOBRE, Suelen Bomfim; LOPES, Leticia Azambuja; FARIAS, Maria Eloisa. Ensino de biologia evolutiva (bio-evo): concepções de professores pós-graduandos em ensino de ciências. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Cruzeiro do Sul, v. 9, n. 1, p. 88-102, 2018.

OLEQUES, Luciane Carvalho; BARTHOLOMEI-SANTOS, Marlise Ladvocat; BOER, Noemi. Evolução biológica: percepções de professores de biologia. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, Vigo, v. 10, n. 2, p. 243-263, 2011.

OLIVEIRA, Graciela da Silva; BIZZO, Nélio. Aceitação da evolução biológica: atitudes de estudantes do ensino médio de duas regiões brasileiras. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 11, n. 1, p. 57-79, 2011.

OLIVEIRA, Thais Benetti; CESCHIM, Beatriz; ANDRADE CALDEIRA, Ana Maria. Ensino de evolução biológica por uma perspectiva integradora. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 242-262, 2018.

OLIVEIRA, Camila Laranjeira Costa; MENEZES, Maria Cilene Freire; DUARTE, Olívia Maria Pereira. O ensino da teoria da evolução em escolas da rede pública de Senhor do Bonfim: análise da percepção dos professores de ciências do ensino fundamental II. Revista Exitus, Santarém, v. 7, n. 3, p. 172-196, 2017.

OLIVEIRA COSTA, Leandro et al. Reflexões acerca das diferentes visões de alunos do ensino médio sobre a origem da diversidade biológica. Ciência & Educação, v. 17, n. 1, p. 115-128, 2011.

REECE, Jane; URRY, Lisa; CAIN, Michael; WASSERMAN, Steven; MINORSKY, Peter; JACKSON, Robert. Biologia de Campbell. 10ª ed. Porto Alegre: Artmed Editora, 2015.

SANTOS, Charles Morphy Dias; CALOR, Adolfo Ricardo. Ensino de biologia evolutiva utilizando a estrutura conceitual da sistemática filogenética-I. Ciência & Ensino, Campinas, v. 1, n. 2, p. 1-8, 2007.

SANTOS MEDRADO, Franklin; SELLES, Sandra Escovedo. A inserção de temas evolutivos em livros didáticos de Biologia. Justificativas para a inserção de conteúdos de Evolução em livros didáticos de Biologia. In: Encontro Nacional Pesquisas em Educação e Ciências, n. 10, 2015. Ponta Grossa. Anais... Paraná: ABRAPEC, 2015, p. 1-8.

SEPULVEDA, Claudia; EL-HANI, Charbel Niño. Analisando as relações entre educação científica e educação religiosa: II. O uso de casos históricos de cientistas com crenças religiosas como ferramenta na formação de professores. In: III Encontro Nacional de Pesquisa em Educação Científica, 2001. São Paulo. Anais... São Paulo: 2001.

SHIGUTI, Wanderley Akira; SHIGUTI, Valéria. Apostila de Estatística. Brasília, 2006. Disponível em: http://www.inf.ufsc.br/~paulo.s.borges/Download/Apostila5_INE5102_Quimica.pdf. Acesso em: 05 de jan. 2020.

SILVA, Heslley Machado; SILVA, Paloma Rodrigues; SOUZA, Ana Carolina Lopes; ARAUJO, Elaine Sandra Nicolini Nabuco. A influência da religiosidade na aceitação do evolucionismo: um estudo em uma amostra da população brasileira. Conexão Ciência, n. 1, 2013. Formiga. Anais...Minas Gerais: UNIFOR, 2013, p. 01-19.

TEIXEIRA, Pedro; ANDRADE, Marcelo. Entre as crenças pessoais e a formação acadêmica: como professores de biologia que professam fé religiosa ensinam evolução? Ciência & Educação, Bauru, v. 20, n. 2, p. 297-313, 2014.

TIDON, Rosana; LEWONTIN, Richard. Teaching evolutionary biology. Genetics and Molecular Biology, Ribeirão Preto, v. 27, n. 1, p. 124-131, 2004.

TOMOTANI, João Vitor; SALVADOR, Rodrigo Brincalepe. Análise do conteúdo de Evolução em livros didáticos do Ensino Fundamental brasileiro. Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza, Campina Grande, v. 1, n. 1, 2017.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS. Sobre a UEA. Disponível em: http://www2.uea.edu.br/sobre.php?dest=apresentacao. Acesso em 05 de jun. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29528

Refbacks

  • There are currently no refbacks.